Daily Archives: 16 de Maio de 2012

I Conferência Nacional da União dos Trabalhadores da Hotelaria e Turismo em Cuba. A restauração e turismo: duas chaves da economía cubana.

Como obter uma maior eficácia económica desde a qualidade nos serviços e o controlo interno, será o eixo central da I Conferência da União Nacional dos Trabalhadores da hotelaria e turismo, que terá lugar o próximo 19 de Maio. 

Odalys Aguilera Fuerte, membro do Secretariado Nacional da organização explicou que já foram realizadas conferências provinciais, com uma ênfase no tema da aplicação das directrizes e avanço no evento. O dirigente salientou que o dia 18 vai começar as discussões em três grupos de trabalho: hotéis, apartamentos e áreas de apoio ao turismo, com uma agenda que inclui atenção ao homem, às condições de trabalho e sindicais.
Por seu lado Victor Manuel Sanchez Lemagne, Secretário-Geral do grémio, relatou que os 150 delegados presentes na conferência vão a representar a mais de 75 mil trabalhadores que compõem a União da Hotelaria e Turismo Indústria no país. Disse ele, que a conferência irá igualmente dar seguimento aos acordos do último congresso da união realizada em 2005 e tem como diferença a participação de uma representação dos 219 trabalhadores por conta própria, que no país têm sido associadas com seu sindicato. (artigo tomado de Juventud Rebelde)

Ratings de Tudoparaminhacuba.hazblog.com

· 1 vista
Anúncios
Categories: ECONOMIA, TURISMO | Deixe um comentário

Cuba: criar drogas únicas, uma receita contra o bloqueio.

Já desenvolveram duas substâncias que podem combater tumores malignos: Vidatox, feito com base em elementos venom de escorpião e CimaVax, a primeira vacina terapêutica contra o câncer de pulmão.

eja o Reportagem no site:http://actualidad.rt.com/economia/view/44707-Cuba-crear-f%C3%A1rmacos-%C3%BAnicos,-una-receta-contra-embargo

Além disso, no passado mês de Março os pesquisadores estavam na vanguarda na luta contra a SIDA, depois de iniciar a fase de testes em seres humanos de um método inovador.

Várias invenções que não têm análogos no mundo passo a passo estão fazendo a indústria farmacêutica uma locomotiva da economia cubana. Economicamente já é o segundo sector, após a remoção do níquel, que fornece mais lucro para os cofres do estado. Mas também tem melhores perspectivas para um dia romper o bloqueio contra Cuba, imposto pelos Estados Unidos. Pelo menos esto acham os que trabalham neste sector. Criar medicamentos únicos, faz com que, muitos países (mesmo aqueles que mantêm o embargo), procurem meios para comprar estes medicamentos. Trata-se de uma táctica da Havana, e umadas suas primeiras armas nessa batalha virtual é a vacina Heperprot P, uma descoberta que permite evitar amputações aos diabéticos que sofrem de úlceras nos pés.

Essa droga, disse o director do Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia, Gerardo Guillén, “quebra o paradigma de que sempre produtos novos foram desenvolvidos em países desenvolvidos, na Europa ou EUA. UU. “. Antes não havia tratamento avançado para as úlceras, por isso é um produto único, exclusivo, com patentes cubanas, garante o científico.

Contra vento e maré. Hoje, em dezenas de países, cuja legislação não proíbe o comércio com Cuba, esta substância é uma droga de livre acesso. Nos EE. UU., onde a sua venda é impossível devido às restrições, este mal implica anualmente que mais de 80.000 pessoas recebam operações de amputação.As conquistas dos cientistas cubanos são ainda mais valiosas, considerando o facto de que alcançam seus objectivos  contra vento e maré: os fornecedores de equipamento técnico e alguns produtos químicos necessários para a pesquisa, têm de superar as muitas barreiras de exportar produtos para Cuba. Os bio tecnologistas cubanos já fixaram o seguinte objectivo: encontrar os remédios contra os males que no momento são incuráveis: a AIDS e o câncer de pulmão. Tendo em conta a dedicação dos especialistas cubanos e o grande investimento recebido, não seria de estranhar que seja na ilha, onde irão a encontrar a esperada fórmula.  Já desenvolveram duas substâncias que podem combater tumores malignos: Vidatox, feito com base em elementos venom de escorpião e CimaVax, a primeira vacina terapêutica contra o câncer de pulmão. Além disso,  no passado mês de Março os pesquisadores estavam na vanguarda na luta contra a  SIDA, depois de iniciar a fase de testes em seres humanos de um método inovador. O que torna o sistema de saúde de Cuba no melhor do mundo – um facto reconhecido pela Organização Mundial de Saúde – não são apenas os avanços no sector farmacêutico, mas também sua aplicação em centros clínicos do país, imediata e gratuitamente. O que torna o sistema de saúde de Cuba no melhor do mundo – um facto reconhecido pela Organização Mundial de Saúde – não são apenas os avanços no sector farmacêutico, mas também sua aplicação em centros clínicos do país, imediata e gratuitamente.

Ratings de Tudoparaminhacuba.hazblog.com

· 5 vistos ate 27 maio 2012
Categories: BLOQUEIO VS CUBA, ECONOMIA, SAÚDE | Deixe um comentário

O FIM DUM DINOSSAURO

Publicada por PÁGINA GLOBAL 

Martinho Júnior, Luanda

Todos os anos a Assembleia Geral da ONU se reúne para condenar massivamente o bloqueio contra Cuba, uma política típica da hegemonia unipolar imposta por via dos Estados Unidos, uma política com mais de 50 anos de existência.

O bloqueio é não só um “dinossauro” típico das geo estratégias do período da Guerra Fria, mas também um resíduo que vingou com a hegemonia unipolar erigido pela aristocracia financeira mundial, no quadro de suas políticas capitalistas neo liberais mais conservadoras, saudosistas das mais cruéis ditaduras da América Latina do século passado.

Com as novas gerações e com o crescimento relativo das comunidades de origem latino americana nos Estados Unidos, o bloqueio começa a dar os primeiros sinais de brecha em vários dos estados norte americanos, mas também na Florida, onde se encontra concentrada a migração cubana que se tem manifestado fanaticamente contra a Revolução do seu país de origem e das suas tão significativas conquistas.

 A Odebrecht, empresa brasileira multinacional presente em muitos países da América Latina, da Europa e de África, está a ser protagonista de um dos últimos episódios de tensão: de um lado a hegemonia unipolar, com seus mais conservadores “lobbies”, que começam a dar sinais de fragilização e contradição nos próprios Estados Unidos, do outro a emergência interdependente e multipolar arreigada aos BRICS, neste caso com o Brasil à cabeça.

A Odebrecht é neste caso duplamente desafiadora por que em primeiro lugar possui negócios na Florida e em Cuba, em segundo lugar, a obra do porto de Mariel, a oeste de Havana, permitirá o surgimento dum entreposto oceânico que será utilizado principalmente pelos emergentes, com a China e o Brasil num plano dinamizador, contribuindo para impulsionar o comércio dos interdependentes que se propõem ao multipolarismo.

Em Mariel, as mercadorias provenientes da Ásia serão recebidas dos grandes cargueiros trans-Pacífico, para depois, via cabotagem, seguir para os portos da costa Atlântica da América, Europa e África!

Poucos poderão avaliar qual será o desfecho da presente batalha que se reflectirá no bloqueio a Cuba, mas uma coisa é certa: o “dinossauro” dá sinais de estar em vias de extinção!

De facto, conforme a Presidente Dilma: “não há diálogo entre desiguais” e a Florida, por si, ou acompanha a mudança dos paradigmas globais, ou fragilizará suas potencialidades por manifesta auto-exclusão em relação ao futuro!

Ratings de Tudoparaminhacuba.hazblog.com

7 vistos ate 27 maio 2012

0 comentarios

Categories: BLOQUEIO VS CUBA, ECONOMIA, ESTADOS UNIDOS, POLÍTICA, Relações Estados Unidos Cuba | Deixe um comentário

Servimed Cuba, combina turismo, saúde e novas terapias no campo da medicina

 

Todas  as especialidades são desenvolvidas por professores e pesquisadores considerados internacionalmente como especialistas em suas disciplinas.

Neste site voce podera encontrar informaçoes sobre, novas terapias no campo da medicina, algumas com as técnicas e procedimentos exclusivamente cubanos, compõem a principal programas médicos da empresa. Os tratamentos constam que os programas são realizados em centros hospitalares de primeiro nível.

Podera tambem ter Acesso a informaçoes sobre :

  • Qualidade de vida
  • Programas médicos
  • Pedido de atenção
  • Villas Exposição
  • Vendas Online
  • Garantia de saúde e consultas Online.
  • Programa cubano para a reabilitação das dependências
  • Programa Cubano para o tratamento da Retinite pigmentosa
  • programas de reabilitação e programas de restauração neurológica
  • Clínica Cirúrgica cirurgia estética
  • Programas de Ortopedia e Traumatologia
  • Programas para vitiligo e Psoríase
  • Programas de exames médicos
  • Programas para os idosos


Veja mais em: Turismo e Saúde http://www.servimedcuba.com/

 

Ratings de Tudoparaminhacuba.hazblog.com

2 vistos ate 27 maio 2012

0 comentarios

Categories: ECONOMIA, SAÚDE, SOCIEDADE | Deixe um comentário

O Governo de Espanha reconhece expresamente que “considera necessário pôr fim ao bloqueio económico, comercial e financeiro imposto a Cuba “

O Governo de Mariano Rajoy reconhece expressamente a porta-voz parlamentar da Esquerda Unida, José Luis Centella asiatica, que “considera necessárias para pôr fim ao comércio, bloqueio econômico e financeiro imposto a Cuba pelos Estados Unidos da América.

Esta avaliação está incluída na resposta por escrito enviado pelo Executivo do PP a Centella esta semana, como resultado da pergunta do senhor deputado da Esquerda Unida no início do último mês de Março, na qual ele se interessou sobre ” Que avaliação faz o Governo na sua política externa para o bloqueio dos Estados Unidos exercido sobre a República de Cuba, em qualquer altura que afetam os interesses de Espanha.”

A resposta completa a este item desde a Moncloa indica que “o bloqueio comercial é contrario as regras básicas do comércio internacional e foi condenado por várias vezes pela Assembleia Geral das Nações Unidas”.

“A Espanha tem apoiado inequivocamente estas sentenças no âmbito da Assembleia Geral, entre outras instâncias em que tiver sido levantado” Esta avaliação está incluída na resposta por escrito enviado pelo

Centella demonstra a sua “satisfação” por este pronunciamento do Governo espanhol que “clara e inequivocamente fala da ilegalidade da atuação dos executivos americanos.

É necessário que esta declaração sea traduzida em uma maior atividade do Governo de nosso país dentro da União Europeia, para que, a  condenação simbólica das  Nações Unidas passam do às exigência de efetivo direito internacional quebrado”.

Para o diputado por Sevilla de Izquierda Unida, as consequências materiais têm sido extensivamente quantificada por especialistas econômicos e revelaram que Cuba sofreu prejuízos diretos e indiretos em mais de $72.000 milhões, que não incluem os 54.000 milhões de dólares em danos diretos causados para os objectivos económicos e sociais no Cuba por actos de sabotagem e acções terroristas estimuladas, organizadas e financiadas pelos Estados Unidos”.  Esta avaliação está incluída na resposta por escrito enviado pelo Executivo do PP para

Centella observa que “os sofrimentos humanos e morais causados pelas sanções à população por esta persistente política de guerra contra Cuba são incalculáveis e afectam, mesmo, para a compra de produtos médicos tais como anestesia para crianças ou tratamentos para os asmáticos que proibiram a venda na ilha”.

O subcomandante da IU aponta para a necessidade de “a comunidade internacional vai obrigar o cumprimento das resoluções das Nações Unidas, é quase unanimes, eles gastaram anos denunciando esta agressão ao Direito Internacional e zombar da própria Organização das Nações Unidas”.

“Esta agressão e inútil demonstração de sua força – indica Centella asiatica – não pode ser separada da manutenção das sentenças de cinco prisioneiros cubanos nas cadeias dos estados unidos, em matéria de luta contra o terrorismo e que são acusados de espiões após expor a Eu das  atividades terroristas que foram preparadas em Miami contra interesses de Cuba”.

José Luis Centella está chamando para que a  “sociedade civil fez  a sua condenação do bloqueio,  por apoiar e reforçar o nível estadual de encontros de solidariedade com Cuba a ser realizada no próximo mês de Junho em Toledo”.  

Ratings de Tudoparaminhacuba.hazblog.com

2 vistos

0 comentarios

Categories: BLOQUEIO VS CUBA | Deixe um comentário

Perfuração em águas cubanas pode chegar rápidamente a reservas de petróleo.

A empresa REPSOL que esta a furar uma poça exploratória ao norte da Havana deverá em uma semana atingir o seu objectivo: reservas de petróleo que se acredita estar sob águas cubanas, aproximadamente a 60 milhas da Flórida. 

Assim afirmam os especialistas em energía e meio ambiente que se reuniram em Washington na quinta-feira para discutir os seus planos, a fim de evitar ou reagir a um potencial derramamento de óleo e proteger a delicada costa meridionais da Flórida. Os especialistas, que estão em contacto com os funcionários cubanos e a empresa petrolífera espanhola Repsol, afirmam que a perfuração tem sido feito devagar e com segurança.  Mas eles avisaram que os planos para responder a um eventual derrame ainda são prejudicados pelo bloqueio americano contra Cuba, que restringe o equipamento e pessoal que podem ser enviado em caso de explosão.  “Em todos os aspectos, penso que a abordagem Cubano a este projeto e responsávei e adequado ao risco a que estão expostos”, afirmou William K. Reilly, ex-Administrador da Agência de Proteção Ambiental no Governo do Ex-Presidente George H. W. Bush. Mas o Governo dos Estados Unidos, disse que:  “não interpretou sua política de sanções é nao esta disponível com antecedência o tipo de tecnologia que exigiria”.  Isto inclui o equipamento necessário de taponeo parar uma grande derramamento. E isso inclui até peças sobressalentes para os equipamentos de prevenção de explosões. Reilly e outros peritos da indústria petrolífera e o ambiente apelou ao Presidente Barack Obama para dar uma licença geral para as empresas norte-americanas para chegar rapidamente às águas cubanas sem qualquer restrição, a fim de ajudar a impedir um derramamento de óleo.,A área de armazenamento do equipamento necessãrio deve ser em Cuba para uma resposta rápida, eles disseram, no entanto, o montagem o esta a fazer Helix Energy Systems perto do  Tampa e o equipamento devem ser armazenados no sul da Flórida. O guarda-costas não pode entrar sem permissão do governo cubano para águas controladas por Cuba.  Mas funcionários do Serviço de Guarda-costas estao a dizer que os cubanos ajudariam a fechar o derramamento  na sua origem. As Perfurações iniciais estão a  uma semana para atingir a necessária profundidade esperado para atingir uma reserva ao abrigo das águas cubanas, disse Lee Hunt, ex-presidente da Associação Internacional de perfurações.  “É muito grande a conveniência de ter um posto de comando num porto de Cuba para a preparação de uma resposta para um derramamento deóleo”, disse Hunt. ” A posibilidade de isso acontecer? Nenhuma”.

Ratings de Tudoparaminhacuba.hazblog.com

· 5 vistos · 0 comentário 
Categories: ECONOMIA | Etiquetas: | Deixe um comentário

Novo capítulo TV programa de Julian Assange: sobreviver a Guantanamo

 

 

 

O saharawi Moazzam Begg antigo prisioneiro em Guantánamo, revela os segredos mais íntimos da histórica prisão numa entrevista com Julian Assange.

Veja a entrevista em http://assange.rt.com/es/

Ratings de Tudoparaminhacuba.hazblog.com

0  vistos · 0 comentário 
Categories: ESTADOS UNIDOS, POLÍTICA | Etiquetas: | 1 Comentário

O MODELO DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR CUBANO VIAJA AO REDOR DO MUNDO

A bem sucedida experiência cubana de educação pré-escolar hoje esta viajando pela América Latina e África, disse Maria de los Angeles Gallo, diretor nacional de educação pré-escolar do Ministério da Educação.

Os especialistas cubanos presente em  Venezuela, Colômbia, Brasil, México e El Salvador, todos na região, e a Guiné Equatorial, na África, será adicionado em breve a sua incorporação no Equador, disse esta manhã. “Em muitos países dar liberdade à criança de fazer o que quiser, acreditamos que é necessário ter um guia”, afirmou, “os eixos fundamentais na colaboração destacou o trabalho metodológico com prioridade nas brincadeiras infantis, mas com base -esclarecido- no controle adulto”.

O conselho, disse, é orientado mais para caminhos não-institucionais  porque, em todos os casos, o nao -convencional sao as formas predominantes em relação as creches, que em Cuba tem uma estimativa 134 mil crianças menores de seis anos, 18 por cento do total.

Principalmente o intercâmbio institucional é realizado com  México, Colômbia, Guiné Equatorial, disse Gallo, que salientou o interesse internacional na preparação dos educadores em Cuba e na articulação do ensino pré-primário e primário (fundamental).

Muitas vezes temos opiniões divergentes na estrutura organizacional, pessoal, preparação, colocação da criança no centro de qualquer actividade e a integralidade do processo educacional, acrescentou.

“A Havana também adquire experiências de outros países por ocasião do refinamento do seu currículo como o trabalho por meio de projetos em que a criança se junta com outros da sua idade ou seus familiares para investigar seu ambiente,” disse Gallo.

Até agora não temos explorado o trabalho através de projetos, uma experiência que podemos aplicar como parte do desenvolvimento de crianças em idade pré-escolar em sua relação com o ensino primário (fundamental), disse ele. .

Relacionado com esta sinergia entre os dois subsistemas de avanço educacional adelantou a próxima realização em cuba da preparaçao  de  professores venezolanos, como já aconteceu com os seus colegas no Brasil, Colômbia e México.

Gallo afirmou que, para os conselhos, está estudando como o mundo anda no que respeita às institucionais (já com 51 anos de experiência aqui) como no extra-institucional (programa que trabalha para educar seu filho, com 20 anos de existência).

Embora esta doutrina não é obrigatória, esse país caribenho dá prioridade às creches, os esforços, disse ele, são pagos com a ajuda de mais de 99 por cento das crianças de até seis anos para as creches como educar seu filho.

Mais de 24 mil professores e auxiliares educativos atendem aproximadamente 134 mil crianças em quase mil 100 instituições acadêmicas, o resto – mais de 458 mil- são preparados em parques, locais e salas vazias fornecidas por agências ou famílias para a modalidade não-institucionais. .

A família influencia muito, disse ele. Sugere-se que ¿Cómo enseñar as cores para a criança, como desenvolvê-los melhor pensado, como um puzzle, uma pirâmide, exemplificada.

A tono com as transformaçoes aplicadas em Cuba nos domínios económico e social, a diretora explicou que as quotas vão abrir tambem para as  mães que trabalham na auto-empregado, conhecido aqui “pela propia conta” (trabalhadores independentes).

Já temos filhos das trabalhadoras independentes, que foram empregados no sector estatal quando lhes foram atribuídos as capacidades, sublinhou.

Ratings de Tudoparaminhacuba.hazblog.com

· 2 vistos · 0 comentário  ate 27 maio 2012
Categories: EDUCAÇÃO | Etiquetas: | Deixe um comentário

“O inferno do Campo de Tortura de Guantánamo: local onde a infâmia é perpétua”.

Na opinião dos analistas políticos, o facto de que ainda existe uma centena e meia pessoas num limbo jurídico sem a formulação de acusação, é uma vergonha para o governo dos Estados Unidos que “certifica” o respeito pelos direitos humanos dos outros.

Desde há uma década, a prisão na Baía de Guantánamo, Cuba (gerenciada pelos Estados Unidos)  têm confinados presos em situação irregular, apesar das queixas da comunidade internacional que criticou a execução dos maus-tratos e de tortura contra eles. Em 11 de Janeiro de 2002, a administração do ex-presidente George W. Bush enviou para a instalação os primeiros prisioneiros suspeitos de cometer actos terroristas, alegados membros da Al Qaeda, Taliban, revoltosos e outras pessoas.

Desde então, 779 foram detidos, dos quais oito foram mortos e 169 ainda estão presos, indicam números do Departamento de Defesa.
Ameziane é um refugiado que havia deixado seu país no início dos anos noventa, fugindo da guerra civil. Ele viveu na Áustria e Canadá, trabalhando como chef de cuisine, até que foi negado o refúgio permanente.
Com Medo de serem deportados para a Argélia, ele se mudou para o Afeganistão, pouco antes da invasão dos Estados Unidos, em Outubro de 2001.
 Como milhares de outros refugiados, escapou ao Paquistão para fugir da guerra, mas foi preso e vendido para as forças dos eua em troca de uma recompensa, e levaram para o território ocupado pelos Estados Unidos arbitrariamente em Cuba.
Ameziane tem a esperança de que um outro país o reciba, talvez onde possa utilizar os seus conhecimentos de francês, inglês ou alemão, um lugar seguro. Mas, entretanto, vai continuar enquanto se aguarda uma decisão da Casa Branca de recuperar a sua liberdade.
O caso de Djamel Ameziane podem talvez ajudar a aprender mais a fundo a realidade escondida atrás do arame farpado da base naval americana.
As organizações de direitos humanos e sites como WikiLeaks digital têm denunciado o uso da tortura contra os arguidos, uma prática permitida pelo antigo Secretário da Defesa Donald Rumsfeld como parte da chamada “cruzada global contra o terrorismo”.
Revelado pela página wikileaks dedicada a filtrar documentos segredos mostra  a violação dos direitos humanos para muitos dos detidos, as condições miseráveis de vida na prisão e o mas importante pouca ou nenhuma relação de muitos dos detidos com Al Qaeda.
Também retrata a casos de idosos com Demência senil, doentes mentais ou 14 menores de 18 anos detidos no enclave no leste de Cuba.
Em outras prisões secretas que mantém Washington ao redor do mundo, os prisioneiros têm sofrido pressão psicológica, afogamento simulado, privação de sono e outros métodos de interrogatório proibidos pela Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos Humanos
Recentemente, o ex-agente da CIA Jose A. Rodriguez Jr., envergonhava-se dos principais dirigentes da al Qaeda detidos na prisão, defendeu a aplicação de tortura, à estimativa de que eram “totalmente legais e ajuda a salvar vidas de americanos”.
Rodriguez publica no início de Maio, o livro “Hard Measures” (medidas duras), que detectaram a controvérsia no país sobre a legitimidade com relação à utilização de tais procedimentos questionáveis. De acordo com o texto de Rodriguez, aposentado da CIA em 2007 após 31 anos de serviço.
Apesar de o próprio presidente Barack Obama reconheceu que o chamado “subaquático” e outras “técnicas melhoradas” são a tortura aos métodos, semelhantes aos praticados pelos nazis alemães e japoneses durante a Segunda Guerra Mundial, Rodriguez afirma e caso contrário.
A permanência da prisão no sudeste da ilha caribenha, território reivindicado pelo povo cubano, é uma das promessas não cumpridas do Presidente Obama, iniciativa aproximadamente quatro anos atrás para ganhar favor com os eleitores e ser feito presidente.
Em um passo que contradiz essa aspiração, o National Defense Authorization Act impede o fechamento do presídio e proíbe a transferência de reclusos em prisões federais.
A medida gerou críticas acerbas entre os activistas políticos, consolidou um dois princípios controversos da chamada guerra contra o terrorismo: a detenção por tempo indefinido de suspeitos sem encargos e prisão de cidadãos americanos sem submetê-las a um processo.
O representante para o Estado de Washington Adam Smith, no Comitê de serviços armados da Câmara dos Representantes, criticou a Casa Branca por “não ter em conta os benefícios que daí advêm para a segurança nacional o encerramento das instalações”.
Continuo a acreditar que o centro de detenção é um ponto preto na nossa nação para enfrentar no estrangeiro e temos a capacidade de desactivá-lo, algo para o qual devemos trabalhar, disse ele.
Jonathan M. Hansen, professor na Universidade de Harvard, disse artigo reproduzido pelo jornal The New York Times, que a base em Cuba é um “enclave imperialista relacionadas com o passado”.
Mais de uma década levaram à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) ao desafio pela primeira vez o governo dos Estados Unidos a favor da Argélia Djamel Ameziane, um dos prisioneiros da base naval americana na Baía de Guantánamo.
Tanto tempo depois, a CIDH, de credibilidade duvidosa e com um longo historial de ingerência nos assuntos internos da América Latina, junto ao Centro para os direitos constitucionais (CCR por sua sigla em inglês) e o Centro para Justiça e Direito Internacional (CEJIL) decidiu aplicar à Casa Branca pôr fim ao
injusto cativeiro de Ameziane.
Cercado por mais de 10 anos, sem culpa formada e sem direito a um julgamento justo, um habeas corpus foi protocolado antes do flagrante violação dos seus direitos humanos mais básicos. Tanto a CIDH e do CEJIL, com escritórios em Washington e intimamente ligada à controversa Organização dos Estados Americanos (OEA), uniu forças com a CCR, uma organização com sede em Nova Iorque e fundada em 1966 por advogados que representam os movimentos dos direitos civis, à luz do caso da prisão injusta de Ameziane. Segundo o parecer emitido a Comissão exercerá a sua jurisdição sobre o caso deste homem confinado em Guantánamo, e salientou que não há remédio doméstico eficaz às vítimas de prisão injusta e outros abusos na base.  Analisar exaustivamente além disso, o facto de o governo dos Estados Unidos para não transferir a Ameziane, nem qualquer otro detidos em Guantanamo durante este último ano.
A denúncia reconhece que é o período mais longo sem transferência da prisão ilegal foi aberto em Janeiro de 2002, o que constitui uma violação do direito internacional.
Os demandantes também reiterou a necessidade de revisão das medidas relacionadas com a aplicação do National Defense Authorization Act, assinada por Barack Obama em 31 de Dezembro de 2011, que autoriza a detenção por tempo indefinido de pessoas detidas e restringe sua transferência de Guantanamo. A decisão do então presidente George W. Bush, que permita a superlotação no aquartelamento de mais de 800 prisioneiros de 42 países, sob a acusação de pertencer à organização terrorista Al Qaeda e os Taliban grupos extremistas.
Há ainda um limbo jurídico sobre o destino dos 171 detentos, que são privados de qualquer possibilidade jurídica para defender os seus direitos, violados impunemente pelos Estados Unidos.
Como uma indelével mancha de sua carreira política, vai ser uma promessa não cumprida pelo Presidente Obama, para fechar a prisão militar de Guantanamo que seduzir milhões de eleitores em 2008. Os estabelecimentos prisionais da zona ocupada de Guantanamo são considerados os mais caros do mundo, ruíndo no bolso do contribuinte americano a um ritmo de cerca de 800 mil dólares anuais por cada prisioneiro. Segundo dados publicados no Bellingham Herald, este montante é 30 vezes superior ao custo de manutenção de um preso na penitenciária federal.
Muitas vozes clamaram durante esses 10 anos porque ele  pôr fim ao inferno de Guantánamo, após incontáveis alegações foram corroborados em suas instalações que os prisioneiros eram torturados e havia violação dos seus direitos humanos, aplicando o regime de prisão solitária.
As provas recolhidas contra os procedimentos utilizados pelos carcereiros americanos são impressionantes. Os relatórios da Cruz Vermelha Internacional e vazado em documentos do Federal Bureau of Investigation, reconhecindo ao uso da tortura táticas baseadas na coacção física e psicológica.
Também são conhecidos casos de prisioneiros obrigados a viver em prisão solitária sob segredo para vários anos, trabalhos forçados os presos em greve de fome e os interrogatórios realizados em condições extremas de temperatura, luz e ruído, perseguição e sofrimento humano para obter uma confissão.
O apelo da CIDH, além de contribuir para libertar estes homens privados de seus direitos, debe ser para colocar  os Estados Unidos no banco dos réus, enquanto o mundo e a justiça continuam à espera.
(Artigo Tomado de Prensa Latina)

Ratings de Tudoparaminhacuba.hazblog.com

· 2 vistos ·0 comentário  ate 27 maio 2012
Categories: POLÍTICA | Etiquetas: | 1 Comentário

E. U. A. acaba de Actualizar e Reforçar as Restrições sobre as Viagens a Cuba

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos intensifica a fiscalização das viagens a Cuba e anuncia que a violação das restrições será punida com multas de 65 mil dólares e até a suspensão das licenças, dentre outras acções.

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos intensifica a fiscalização dos viagens a Cuba e anuncia que a violação das restrições será punida com multas de 65 mil dólares e até a suspensão das licenças, dentre outras acções. Em um comunicado emitido pelo Gabinete de Controle de Activos Estrangeiros (OFAC), ligado ao Tesouro, o Governo do Presidente Barack Obama tinha avisado no passado mês de Março que iria retaliar contra qualquer tentativa de visitas sob a política adoptada pela Casa Branca.

A repreensão de Washington foi direccionado para anúncios que sugerem a possibilidade de os viajantes os quais terão tempo livre na ilha para actividades fora do programa educativo. Esta é uma ideia incorrecta e pode ser punida com a suspensão da licença, salientou a OFAC.

Este aviso da Administração Obama sobre a natureza não turística dos certificados de viagem responde a pressões recebidas dos legisladores cubano-americano conservadores contra o direito a intercâmbios culturais e educativos, disseram os analistas políticos.

A actualização para as proibições aplica-se a cidadãos americanos sem laços familiares com os cubanos, e a partir de agora os requerentes de licenças devem explicar por que que eles precisam encontrar-se com altos funcionários ilha caribenha, diz o meio digital Capitolhillcubans.com.

OFAC decidiu também que um representante do titular da licença viaje em cada viagem, e salientou que as viagens de turismo a Cuba são ilegais do ponto de vista da Casa Branca e pode ser multado com $65 mil.

Esta resolução do Tesouro seguiu uma procura do Senador Republicano da Flórida, Marco Rubio, que exige do Congresso novas revisões para os itinerários e o programa em geral, pois é difícil impedir a actividade ilegal, afirmou.

Em Janeiro de 2011 Obama testou uma relativa flexibilização na proibição de contactos com Cuba, ao permitir que as transportadoras aéreas e agências poderiam organizar viagens para a nação caribenha, mas apenas com fins culturais e educativos

No entanto, as primeiras licenças não foram concedidas pelo OFAC até seis meses depois e, ao mesmo tempo que a congressista conservadora Ileana Ros-Lehtinen foi a pedir ao Tesouro medidas legislativas anti-cubanas mais severas na presente secção legislativa.

O 25 de Julho último, a OFAC tivesse clarificado que a flexibilidade concedida por Washington sobre as visitas de norte-americanos à Cuba seria um erro interpretar-lha como uma promoção do turismo.

Estados Unidos mantiene desde 1962 un bloqueo económico, comercial y financiero contra Cuba que ha costado a la isla más de 975 mil millones de dólares y constituye una violación de la Carta de Naciones Unidas y de las normas del Derecho Internacional.

“Há uma exigência de que cada viajante deveria ter um itinerário completo de actividades de intercâmbio educacional. Publicidade que parece desviar-se deste requisito poderia ser objecto de verificação”, alertou o relatório federal. O texto enfatizou que o Instituto de Controlo “não vão autorizar operações relativas às actividades que estão essencialmente orientadas para o turismo”.

Estados Unidos têm mantido desde 1962 um bloqueio económico, comercial e financeiro contra Cuba que tem custado a ilha mais de 975 bilhões de dólares e constitui uma violação da Carta das Nações Unidas e as normas do Direito Internacional.

Ratings de Tudoparaminhacuba.hazblog.com

· 13 vistos · 1 comentário 
Palavras-chave (tags):  Politica do Bloqueio a Cuba 

Comentário de: Convidado [ Visitante ]

O Bloqueio dos Estados Unidos e injusto para o povo cubano. Abajo o bloqueio!!!
   19/05/2012 @ 14:51:37
Categories: BLOQUEIO VS CUBA, ECONOMIA, ESTADOS UNIDOS, POLÍTICA, Relações Estados Unidos Cuba | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: