Daily Archives: 20 de Maio de 2012

O verdadeiro rosto do 20 de Maio. Aquele que o império cada ano trata de disfarçar.

Cada 20 de Maio é lembrado como uma data de ultraje para nossa nação.

Máximo Gómez en su diario de campina, disse: … “ Os Americanos amarguraram com sua tutela imposta pela força, a alegria dos cubanos vencedores, e não adoçaram a tristeza dos vencidos”…”Triste foram-se eles [os Espanholes] e tristes tem quedado nós, porque uma potência estrangeira os tem substituído”.

José Martí, com a sua visão antimperialista, avisou da ingerência insaciável dos Estados Unidos em América, em vários de seus escritos.

Extracto do Ensaio “Nossa América”

José Martí Pérez, Revista Ilustrada de New York, 10 de Janeiro de l891

Acha o arrogante vaidoso que todo o mundo é a sua aldeia, e com tais que ele seja o prefeito, ou degrade ao rival ao qual removeu a namorada, ou que cresçam as suas poupanças, já dá como bom a ordem universal, sem saber dos gigantes que têm sete léguas nas botas e pode colocar as botas encima, nem da luta dos cometas no céu, que vão pelo ar dormindo tendo mergulhado mundos. O que restou da aldeia na América tem de acordar. Estes tempos não são para deitar com um lenço para a cabeça, mas com as armas baixo a almofada, como os homens de Juan de Castelhanos: as armas do julgamento, que vencem as outras.

Trincheiras de ideias valem mais que trincheiras de pedra.

……

Já não podemos ser o povo de folhas, que vive no ar, com o cálice cheio de flor, brandindo, segundo a acaricia o capricho da luz, ou o tundam as tempestades; as árvores têm de ser colocados em uma fila, para não passar o gigante das sete léguas! É o tempo da contagem, e da marcha unida, e temos de caminhar em quadrado apertado, como a prata nas raízes da Cordilheira dos Andes.

……

O soberbio acredita que a terra foi feita para servi-lhe como um pedestal, porque tem a caneta fácil ou a palavra de cores, e acusa de incapaz e irremediável à sua república nativa……A incapacidade não é no país emergente, que apela para formas que se acomodem e grandeza útil, mas em quem deseja governar povos originais, de composição única e violenta, com leis herdadas de quatro séculos de livre prática nos Estados Unidos

……

¡Porque já soa o Hino unânime; a geração actual leva nas suas costas, pelo caminho abonado pelo país sublimes, a América trabalhadora; desde o Bravo até Magalhães, sentado nas costas do condor, rego o Grande Zemí, pelas nações românticas do continente e pelas ilhas dolorosas do mar, a semente da América Nova!

Convidamos você a ler a reflexão de Fidel: Ou império e a ilha Independente (http://pt.cubadebate.cu/page/52/), escrito em 5 partes, que faz uma viagem pela história da nossa Cuba da ocupação dos Estados Unidos até os nossos dias.

I Parte: A imposição da Emenda Platt como apêndice da Constituição neocolonial cubana de 1901.

http://pt.cubadebate.cu/reflexoes-fidel/2007/08/14/o-imperio-e-ilha-independente-primeira-parte/

II Parte: A aplicação da Emenda Platt e o estabelecimento da Base Naval em Guantanámo como quadro  das relações entre Cuba e os Estados Unidos.

http://pt.cubadebate.cu/reflexoes-fidel/2007/08/16/o-imperio-e-ilha-independente-segunda-parte/

III Parte: A derrogação formal da Emenda Platt e a permanência da Base Naval em Guantánamo.

http://pt.cubadebate.cu/reflexoes-fidel/2007/08/16/o-imperio-e-ilha-independente-terceira-parte/

IV Parte: A Base Naval de Guantánamo desde a desaparição formal da Emenda Platt até o Triunfo da Revolução.http://pt.cubadebate.cu/reflexoes-fidel/2007/08/17/o-imperio-e-ilha-independente-quarta-parte/

V Parte: A Base Naval em Guantánamo desde o Triunfo da Revolução. http://pt.cubadebate.cu/reflexoes-fidel/2007/08/17/o-imperio-e-ilha-independente-quinta-parte/

Vea também emhttp://www.cubaperiodistas.cu/fotorreportaje/34.html

  1. Grandes momentos do fotojornalismo cubano (Jorge Oller Oller )
  2. 20 de mayo de 1902: Cuba, Uma República sem independência(Ángel Rodríguez Álvarez)

Ratings de Tudoparaminhacuba.hazblog.com

4 vistos

0 comentarios

Categories: POLÍTICA, Relações Estados Unidos Cuba | Etiquetas: | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: