A Posição conjunta da União Europeia contra Cuba: Inaceitável

Extracto da entrevista de Europa Press a Ricardo Alarcon de Quesada, Presidente da Assembleia Nacional de Cuba

Alarcón indicou que, na sua opinião, a posição do governo de Rajoy pode não ser a mesma da que seu antecessor, José Luis Rodríguez Zapatero, que buscava pôr fim a esta política que entrou em vigor em 1996. ” O governo anterior tinha proposto alterar a posição comum, mas parece-me que não é a estratégia actual. Não é escutado que o novo governo tenha dito que pretende fazer isso “, disse.

De acordo com Alarcon, a posição comum “é completamente inaceitável, em primeiro lugar, porque foi e é uma concessão unilateral de Europa aos Estados Unidos, que afecta e prejudica os interesses europeus e viola as regras da Organização Mundial do Comércio”.

Acrescentou que a posição comum é o resultado das negociações entre Washington e os governos da região pelos efeitos da lei Helms-Burton que reforça o bloqueio económico dos Estados Unidos para a ilha nas relações comerciais dos países europeus com Cuba.

Quando a posição comum foi estabelecida, recorda Alarcon, Washington disse que “daria os passos para modificar a lei que criou problemas para a Europa, no entanto, não deu, e a Europa não se queixou”.

“Já houve vários casos de multas e sanções (dos Estados Unidos) contra empresas europeias sobre a aplicação da lei Helms-Burton  e a Europa não tem falado sobre isso. Europa deve ser um pouco mais ciumenta da sua soberania, seus interesses e seus direitos “, sugeriu.

Alarcón disse que Cuba conseguiu manter as ligações e negócios com outros países europeus, apesar desta política. “Até agora, não obstante alguns conflitos menores, existe um interesse em manter as relações bilaterais que são convenientes para ambas as partes”, disse ele.   

Finalmente, acrescentou: “Alguns governos (na Europa) consideram necessário fazer um favor para Estados Unidos, e pedir a graça de se juntar a ele em sua campanha contra Cuba”, enquanto Washington “não fez absolutamente nada para não afectar os interesses europeus”.

FONTE: CUBADEBATE

Categories: BLOQUEIO VS CUBA, CUBA-EUROPA | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.