Brincando com fogo

Original em Actualidad RT 

Na próxima semana no metrô de Nova York vai colar mais combustível para o fogo do poder islâmico pois vão colocar cartazes de publicidade que mostram aos muçulmanos como ‘selvagens’. 

A administração do metrô de Nova York inicialmente se recusou a publicar mensagens contra  indivíduos ou grupos com base em raça, cor ou religião. No entanto, a Justiça emitiu uma decisão judicial que autoriza a colocação no metro de cartazes de publicidade pró-Israel pelo menos em 10 estações.

Cada anúncio vai disser: “Em qualquer guerra entre um homem civilizado e um selvagem, seu apoio para o  homem civilizado.” Apoio para Israel. “Derrotar a Jihad”. Cada anúncio vai ser decorado com duas estrelas de David.

Em agosto deste ano um juiz norte-americano determinou que a publicação dos anúncios é parte do direito à liberdade de expressão do grupo responsável pela publicação, a iniciativa em defesa da liberdade. Por seu turno, a autoridade de Transporte Metropolitano (MTA) disse estar preparada para em breve rever as regras de publicidade e proibir toda a publicidade não comercial.

Autor: tudoparaminhacuba

Adiamos nossas vozes hoje e sempre por Cuba. Faz da tua vida sino que toque o sulco, que floresça e frutifique a árvore luminoso da ideia. Levanta a tua voz sobre a voz sem nome dos outros, e faz com que se veja junto ao poeta o homem. Encha todo o teu espírito de lume, procura o empenamento da cume, e se o apoio rugoso do teu bastão, embate algum obstáculo ao teu desejo, ¡ ABANA A ASA DO ATREVIMENTO, PERANTE O ATREVIMENTO DO OBSTÁCULO ! (Palavras Fundamentais, Nicolás Guillen)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: