Terroristas e vítimas pisam as mesmas ruas (#Cuba #Estadosunidos #Miami #Angola #Terrorismo)

torre-de-babel

Por: Arthur González.

Como se fosse a bíblica “Torre de Babel”, terroristas, assassinos, torturadores e suas vítimas vivem na cidade de Miami. Desde 1959, quando o governo dos EUA permitiu que a entrada ilegal no seu território dos assassinos e torturadores da ditadura do Presidente Fulgencio Batista, nas ruas de Miami eles caminham livremente,  com muitas de suas vítimas que mais tarde passaram  a residir na mesma cidade.

Assim as coisas, ex policiais, militares e membros de organismos repressivos batistianos fizeram o seu caminho naquele país, sem que eles já foram julgados por seus crimes, incluindo Esteban Ventura Novo, Conrado Carratalá, Francisco Tavern Dolz, Orlando Pedra Negueruela e muitos mais, como os pais dos irmãos Lincoln e Mario Díaz Balart e o da também congressista Ileana Ros Lehtinen, ambas “testa-ferros” do ditador.

Depois chegaram, Orlando Bosch e Luis Posada Carriles, terroristas assassinos, ambos  autores da detonação de um avião civil cubano que matou 73 pessoas inocentes e acções terroristas contra instalações do hotel de Havana, que causaram a morte do turista italiano Fabio Di Celmo. Adicionados à lista: Carlos Alberto Montaner, que após colocar bombas terroristas  para destruir lojas e cinemas em Cuba, tornou-se pela graça da CIA em “analista político” em Miami.

Também Guillermo Novo Sampoll, terrorista e participante do assassinato do ministro do exterior chileno Orlando Letelier e sua secretária, Ronni Moffitt; Gaspar Jiménez, assassino do diplomata cubano Dartagnan Díaz; Reinol Rodríguez, um cúmplice para o assassinato em Porto Rico de Carlos Muñiz Varela; Pedro Remón, assassino de diplomatas cubanos Félix García e Eulalio Negrín em Nova York, junto a Eduardo Arocena, Andrés García e Eduardo Losada, todos os residentes em Miami; Roberto Frómeta, terrorista e declarado, autor de acções terroristas contra Cuba; Eduardo Arocena, além de assassino, terrorista, chefe do comando que introduziu o vírus do Dengue, que causou a morte de 158 pessoas deles 102 crianças em Cuba e muitos outros, ele visita livremente o café Versalles e fala com orgulho de tudo o que tem feito, sem ser incomodado pelo FBI e muitas vezes coincidem com famílias das suas vítimas residentes hoje naquela cidade.

Até mesmo a família dos actuais senadores Marco Rubio e Edward Ted Cruz, também partiram de Cuba, fugindo-lhe a tortura e assassinatos de Ventura e Carratalá, para finalmente encontrar-se sob o mesmo céu.
Assim é como funciona para os Estados Unidos o “campeão” dos direitos humanos no mundo, com a moralidade nas cuecas tem o poder de acusar outros, enquanto eles são um verdadeiro ninho de ratos.
Onde está a justiça?
Os povos não se esquecem, por que não pode enganá-los com campanhas de propaganda e media.

 

Categories: BLOQUEIO VS CUBA, CONTRA REVOLUÇÃO EM CUBA, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, CUBA - ESTADOS UNIDOS | Etiquetas: , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: