Sandy Hook,resposta mercantilista (#EUA #Newtown #armas)

Fonte: Juventud Rebelde

NÃO podia ser outra que uma resposta empreendedoramente mercantilista, buscadora de lucros, criadora de necessidades consumistas: compre uma mochila escolar antibalas para seu menino. Negócio redondo que não perde a ocasião.

A proteção ante as mentes criminosas duma sociedade doentia foi ideia de empresas especializadas, como a Amendment II, cínica resposta a partir do seu próprio nome — Emenda II, que na Constituição dos EUA permite portar armas: existem 300 milhões de armas num país de 350 milhões de habitantes.

Há seis meses, essa companhia lançou ao mercado três modelos diferentes destas mochilas — uma para adolescentes, com a sobriedade das cores preta e cinzenta, quase rememorando um caixão — outra com as imagens de Os vingadores, um episódio de violência. E a terceira, para os mirins, com imagens das princesas de Disney.

Dizem que a Amendment II triplicou suas vendas, depois da chacina de Newtown, onde 20 crianças, entre seis e sete anos de vida morreram, baleadas várias vezes, bem como seis adultos.

Acontece que não só esta empresa é a única dedicada a “proteger” os escolares, aproveitando-se da comoção nacional. Depois do massacre de Columbine, por exemplo, nasceu a Bullet Blocker.

Eis alguns dos preços, que dependem da marca e do modelo: US$199 a mais econômica e até US$300 a mais cara. Acontece que as mais caras são precisamente os modelos infantis. Dizem que é por causa das imagens das princesas e dos animais mais pequenos. Tenham em conta que proteger as crianças, “não tem preço”.

Contudo, ao mesmo tempo que eles aumentam seus capitais “protegendo” com seus coletes antibalas, outros também enchem os bolsos no Natal ou em agosto — segundo a época do ano — aumentando as vendas, mas nesse caso de… armas.

Numa cultura da violência nada é mais “normal” que buscar essas duas soluções: mochilas antibalas e mais balas, quando os pais ensinam seus filhos a disparar para “proteger-se” e nisso os treinam.

Assim fez Nancy Lanza, e foi vítima de seu próprio comportamento. Foi um dos adultos assassinados por seu próprio filho, Adam Lanza, juntamente com as 20 crianças da escola Sandy Hook. As três armas empregadas pelo jovem de 20 anos, e com as quais disparou quase à queima-roupa, várias vezes, contra cada uma das vítimas, estavam registradas com seu nome.

Enquanto os Estados Unidos, comovidos, seguem as regras do caos, outros de seus filhos também disparam aos montes, mas neste caso morrem crianças afegãs ou paquistanesas, cadáveres que ninguém vê, como não sejam seus familiares, nalguma aldeia perdida na montanha, onde os drones não-tripulados causam a destruição, enquanto numa habitação cheia de tecnologia digital, jovens militares apertam os botões da morte, como se fosse um videojogo de computador.

Neste caso é o terror do Estado, o outro é privado…

Então, o objetivo desse caos é criar a paranoia da insegurança e da guerra, lucro absoluto destes pescadores do complexo militar-industrial da mídia, levado aos palcos da guerra em suas próprias ruas em guerra.

Nancy Lanza era seguidora dum movimento estadunidense que está em auge: o “preparacionista”. Sua casa era uma fortaleza e nela reuniu cinco armas e suprimentos, porque se aproximava o caos social com o colapso da economia.

Os Estados Unidos abalam-se, mas ainda não apresentaram, nas circunstâncias atuais, uma lei que modifique a compra de armas. Tudo o contrário, um congressista republicano disse que a tragédia de Sandy Hook se teria evitado se o pessoal da escola tivesse armas para proteger o centro, eles próprios e os alunos.

Assim continua a loucura, a oficial e a privada, com uma mochila e mais balas.

Categories: EDUCAÇÃO, ESTADOS UNIDOS, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “Sandy Hook,resposta mercantilista (#EUA #Newtown #armas)

  1. Pingback: Fábrica propõe roupa blindada para crianças (#estadosunidos #colombia #Newtown) « Tudo Para Minha Cuba

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: