#Escudo antimísseis na #Europa pode gerar corrida armamentista (#Russia #EUA)

Fonte: Prensa Latina

O escudo antimísseis (DAM) dos Estados Unidos na Europa pode gerar uma corrida armamentista entre Washington e Moscou, que não conseguem coincidir em suas posições sobre este tema, destacou nesta segunda, na Rússia um canal de televisão.

Ao comentar as recentes declarações do premiê Dmitri Medvedev ao canal de televisão CNN , o canal 24 Horas recordou que o DAM é o principal obstáculo nas relações entre a Federação da Rússia e os Estados Unidos.

A Rússia continua aberta ao diálogo, segundo as fontes, mas a contraparte não oferece as garantias jurídicas exigidas pelo Kremlin como prova de que o DAM não está voltado contra seu território.

Na entrevista, Medvedev expressou a preocupação de que as futuras gerações de políticos possam tomar decisões que abram uma nova página na corrida armamentista. Ressaltou que essa ameaça é real e sublinhou que ainda existe a possibilidade de se chegar a um acordo.

Ao referir-se ao presidente estadunidense, Barack Obama, expressou confiança de que durante seu segundo mandato possa discutir algumas coisas mais abertamente, algo reconhecido pelo chefe da Casa Branca durante uma conversa privada que eles tiveram em Seul em 2012.

Medevedev criticou a Ata Magnitski, aprovada pelo Congresso dos Estados Unidos e assinada pelo presidente Obama, que proíbe a entrada nos EUA de funcionários públicos russos por supostas violações aos direitos humanos.

O chefe de gabinete considerou que o Congresso cometeu um erro quando, ao mesmo tempo em que anulou a emenda Jackson-Vanik, que restringia o comércio bilateral desde os tempos da União Soviética, introduziu a lei que leva o nome de Magnitski.

É muito ruim que um Parlamento estrangeiro adote decisões com relação a outro Estado. E é pior ainda que declare todo um grupo de pessoas culpadas de delitos, criticou o premiê russo.

Em relação à lei russa Dima Yakolev, que por sua vez proíbe que os estadunidenses adotem crianças na Rússia, Medvedev sublinhou que foi aprovada pelos legisladores russos sob o efeito de uma resposta provocada pela medida dos Estados Unidos.

Anúncios
Categories: ESTADOS UNIDOS, EUROPA, POLÍTICA | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: