Assembleias Provinciais do Poder Popular são constituídas em #Cuba (#FAR #PoderPopular #eleiçoes #AssembleiasProvinciais)

Fonte: Prensa Latina

As 15 Assembleias Provinciais do Poder Popular para seu 11º período de mandato ficarão constituídas neste domingo (10) por um período de cinco anos.

Nas sessões tomarão posse de seus cargos os 269 mil delegados eleitos no domingo passado, que terão que eleger entre eles, como seu primeiro ato decisório, o presidente e vice-presidente deste órgão em cada território.

As assembleias se caracterizam por representarem todos os setores da sociedade: 670 estão vinculados à produção ou os serviços (52,8%), deles, 350 são operários, chefes intermediários, técnicos diretos e empresários; 71 pertencem ao setor camponês e cooperativo; 85 trabalham na saúde e 155 na educação; 30 se relacionam com o esporte, 20 com a pesquisa, 33 são escritores, artistas ou atuam em outras esferas da cultura.

Vinte deles trabalham na imprensa, rádio e televisão e nove realizam atividades não estatais; há 22 dirigentes políticos, 45 das organizações de massas, 10 das estudantis e 44 integram as Forças Armadas Revolucionárias e o Ministério do Interior.

Além disso, fazem parte quatro representantes de instituições religiosas e cinco aposentados, entre outros. Do total, 46,4% são delegados de base.

Com respeito a outros indicadores de composição: 641 são mulheres (50,5%); a média de idade é de 45 anos, sendo o grupo majoritário o de 41 a 50, com 648, dois têm 16 e 45 mais de 60; há 218 negros, 810 brancos e 241 mestiços; 994 possuem nível de escolaridade superior, 258 média superior e 17 média básica.

Também – destacam os meios de imprensa – foram renovados 950 delegados do mandato anterior e ratificados 319.

De acordo com a Constituição, as assembleias do Poder Popular, constituídas em 15 demarcações político-administrativas em que se dividen o país, são os órgãos superiores locais do poder do Estado.

Em consequência, estão investidas da mais alta autoridade para o exercício das funções estatais em suas respectivas demarcações e para isso, dentro do marco de sua competência, e ajustando à lei, exercem governo.

Categories: POLÍTICA, SOCIEDADE | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: