#Angola: Comissão Económica avalia destino das divisas disponibilizadas à economia (#ConselhodeMinistros #ChinaInternationalFund #Eurobonds #OrçamentoGeraldoEstado )

Fonte: Angop

A Comissão Económica do Conselho de Ministros constatou hoje, quinta-feira, em Luanda, no seu memorando sobre o destino das divisas disponibilizadas à economia, que as mesmas situaram-se na ordem de 18.612 milhões de dólares norte-americanos (USD), representando um crescimento absoluto de USD 3.723 milhões, comparativamente a 2011.

Segundo o comunicado de imprensa distribuído no final da reunião, orientada pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, os bancos comerciais declararam ter vendido, no mercado secundário, divisas avaliadas em USD 24.150,3 milhões, contra os USD 11.775,3 milhões em 2011, representando um crescimento de 105,1%.

No domínio financeiro, a Comissão Económica apreciou o Plano de Caixa Mensal referente ao mês de Março, cuja receita é estimada em 315.351 milhões de kwanzas (Akz) e o fluxo total de pagamentos em AKz 334.681 milhões, correspondendo, integralmente, à Despesa do Período.

Reunida na Sala de Reuniões do Palácio Presidencial, na Cidade Alta, a equipa económica apresentou o Plano de Endividamento para 2013 que estima um saldo líquido positivo de Akz 588,5 mil milhões (USD 5,9 mil milhões), estando em harmonia com o Orçamento Geral do Estado (OGE), alinhando o perfil dos desembolsos de financiamentos externos às despesas de capital previstas.

As emissões de Obrigações do Tesouro em moeda nacional, refere a nota, contemplam a emissão para capitalização do Banco Nacional de Angola com títulos a 20 anos, sem aplicação de juros de cupão, no montante de AKz 48.150 milhões.

O Plano prevê a emissão de títulos da dívida soberanos denominados de “Eurobonds” no montante de mil milhões de dólares americanos, para além do recurso às tradicionais linhas de crédito à exportação disponíveis para os projectos de investimento público.

A Equipa Económica, nesta sua 3ª Sessão Extraordinária de 2013, foi informada sobre o memorando de Entendimento entre o Ministério do Urbanismo e da Habitação da República de Angola e as empresas China Railway Construction Corporation Limited e a China International Fund, Lda para a Construção da Nova Cidade de Luanda, referentes aos contratos de engenharia e de aprovisionamento de material.

Categories: ÁFRICA, ECONOMIA, POLÍTICA | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: