#Cuba: Declaração do Ministério das Relações Exteriores (#Cincoheróis #Minrex #EUA #RenéGonzález #)

O herói da república de Cuba, René González Sehwerert, foi alvo duma nova arbitrariedade por parte do governo dos Estados Unidos, que acirra as condições de sua liberdade supervisionada, fazendo com que estas se assemelhem mais a uma prisão, com o propósito de continuar castigando-o, depois de tantos anos de tratamento injusto e cruel.

Desde setembro de 2012, o Departamento de Estado denegara todas as solicitações da Repartição de Cuba em Washington para que os funcionários diplomáticos cubanos realizem visitas consulares a René, as quais tinha autorizado permanentemente durante os 13 anos que esteve preso e nos primeiros meses de sua liberdade supervisionada, quando saiu da prisão. Até agora, nossa missão diplomática nos EUA tem apresentado ao Departamento de Estado, infrutiferamente, várias alternativas para continuar as visitas consulares regulares a René, as quais têm sido rejeitadas.

Este fato constitui uma violação flagrante das obrigações do governo dos Estados Unidos da Convenção de Viena sobre Relações Consulares de 1963, que ampara o direito de René González a comunicar-se livremente com os funcionários da Repartição de Cuba em Washington e destes a fazer o mesmo e a visitá-lo.

Esta decisão deliberada e cruel também representa um castigo adicional, que adere as já estritas condições da liberdade supervisionada de René, que é obrigado a permanecer por mais três anos nos Estados Unidos, separado de sua família, depois de ter cumprido, até o último dia, sua longa e injusta sanção.

Cuba denuncia energicamente esta decisão arbitrária das autoridades dos Estados Unidos, que viola os direitos de René, de vez que responsabiliza o governo norte-americano pela seguridade e integridade física do lutador antiterrorista.

Cuba continuará denunciando ante o mundo estes abusos e continuará lutando para conseguir o retorno a Pátria de René, de Gerardo Hernández Nordelo, Ramón Labañino Salazar, Antonio Guerrero Rodríguez e Fernando González Llort, presos injustamente nos Estados Unidos por quase 15 anos.

Havana, 27 de fevereiro de 2013.

Categories: ÁFRICA, BLOQUEIO VS CUBA, CONTRA-REVOLUÇÃO EM MIAMI, CUBA - ESTADOS UNIDOS, ESTADOS UNIDOS, EUROPA, LIBERDADE PARA OS CINCO CUBANOS, POLÍTICA, Relações Estados Unidos Cuba | Etiquetas: , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: