Cydi Daniel.

14 de noviembre de 2016
Novas tendências na estética musical –

Cidy Daniel, uma das vozes promissoras da geração mais jovem de cantores, compositores e intérpretes, encerrou a noite musical do Palácio de Ferro, depois do nostálgico concerto de Santos Júnior.

Após uma breve introdução instrumental, Cidy Daniel interpretou “Muimbo ua Sabalu”, versão Rui Mingas, sobre um poema de Mário Pinto de Andrade, “Meninos do Huambo”, Rui Mingas, “Njicanjica”, Teta Lando, “Nzambi”, André Mingas, “Menina de Angola”, Teta lando, “Jisabu”, André Mingas, “Ntoyo”, Teta Lando, “Salalé”, “Bom gesto”, e “Mangoléyaya”, de Cidy Daniel, acompanhado por Pepelo dos Santos, guitarra solo e ritmo, Vando Moreira, guitarra baixo, Dadi Mampaci, teclas, Zuma Kabuiko, bateria, Gato Bedseyele, percussão, e Dagraça Daniel, coros.
Filho de Francisco Daniel e de Antonica Fernando, Carlos Fernando Daniel nasceu no Sumbe, província do Cuanza Sul, no dia 29 de Outubro de 1981. Começou a cantar como profissional há 17 anos no município do Sumbe com o seu irmão Dagraça Daniel e o seu primo Sandro Ferrão e juntos formaram, em1998, a Banda Apocalipse com Sandro Ferrão, guitarra ritmo, Dagraça Daniel, bateria, Fenomenal, viola baixo, Pegas e Maninho, teclas, e  Cidy Daniel na voz principal. A Banda Apocalipse experimentou a internacionalização na décima terceira edição do Festival Internacional de Santa Maria, Ilha do Sal, Cabo Verde, em 2001, tendo dividido o palco com Cesária Évora, Tito Paris, Martinho da Vila e os “Impactus 4”.
A Banda Apocalipse colocou no mercado o CD, “Primeiro olhar”, em 2005, com dez músicas, que inclui o sucesso, “Menina de Angola” de Teta Lando, um álbum que teve o apoio de Pedro Nzaji e Ruca Fançony, da produtora Kriativa. Cidy Daniel participou, em 2011, no CD do DJ Dias Rodrigues com “Salalé”, um tema de sua autoria, que teve a participação especial de Yuri da Cunha. Para além da Banda Apocalipse, Cidy Daniel fez parte do grupo musical, Sem Limites, comVando Moreira, baixo,  Tucas, guitarra solo, Armando Gobelice, teclas, e Jota, na bateria.
Para além de cantor e compositor, CidyDaniel frequentou com êxito o ensino Médio na Escola de Formação de Professores do Sumbe, na especialidade de Geografia e História. Licenciado em Ciências Políticas pela Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, Cidy Daniel é, actualmente, docente universitário da Academia Naval da Marinha de Guerra, onde lecciona as cadeiras de Introdução ao Direito e Direito Administrativo, e frequenta o Mestrado em Direito Económico e Integração Regional. Cidy Daniel conquistou o  segundo lugar na edição, 2008, do  “Variante”, realizado na cidade de Malanje, e, em 2009, venceu o Festival Nacional da Canção “Variante”, na Huíla, e, no mesmo ano, o Festival da Canção de Luanda.

Categories: ANGOLA, ÁFRICA, CULTURAIS, Uncategorized | Tags: , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

%d bloggers like this: