Escolas apostam na qualidade.

As escolas de dança do município do Uíge estão a trabalhar de forma árdua com vista a formar bailarinos com qualidade para que possam participar e vencer o próximo concurso de dança kizomba e semba, segundo o anúncio divulgado recentemente na província.

Em declarações à Angop, os responsáveis e professores de dança declararam em unanimidade que o momento é para limar erros anteriores, para que, na actual edição, participem candidatos à altura do concurso. Mariana Baptista dos Santos, responsável e coreógrafa da escola Mamy, fez saber que a mesma está a trabalhar em aspectos  práticos para  moldar candidatos à altura das exigências do concurso.
“A escola está a eliminar erros existentes no seio do grupo em relação à dança, pois que o concurso é algo sério que envolve muito trabalho e maior atenção da parte dos concorrentes”, disse.  Na ocasião, explicou que oito pares estão em preparação para participar do casting municipal que vai apurar o representante da escola na fase provincial.
Segundo o professor da escola “Best Dance”, José Alfredo, os ensaios foram intensificados e garantiram aos formandos estar em condições de representar de forma condigna a escola.
Kilanda Afonso, também professor de uma escola de dança da cidade, assegurou que cinco pares estão já seleccionados para participarem com mestria no concurso de kizomba/semba. Doze escolas de dança estão empenhadas na preparação dos seus candidatos para participarem na 1ª fase  (casting municipal) a decorrer nos dias 24 e 25 de Fevereiro corrente.
A Companhia de Dança David está empenhada na preparação da IV edição do concurso de dança kizomba, anunciou ontem o seu director executivo, David António.
David António disse que actualmente estão a trabalhar na segunda etapa consagrada à solicitação e apresentação do projecto em diversas empresas com o intuito de conseguir parcerias para a realização com êxito do concurso.
Segundo o responsável, a presente edição tem maiores exigências com vista a evitar os  erros cometidos nas edições anteriores.
Na ocasião, David António disse que está a evidenciar esforços para conseguir patrocínios, assim como locais para acomodação dos participantes e convidados ao evento.
O responsável, que não anunciou o número dos candidatos já inscritos, disse que o concurso constitui um momento de oportunidades, para jovens que se dedicam à dança para divulgar os seus talentos.

Advertisements
Categories: ANGOLA, ÁFRICA, CULTURAIS, Musica Angolana, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: