Denunciam fraudes em consulta oposição venezuelana extrema-direita

Caracas, 17 de julho. As autoridades venezuelanas apresentou provas de hoje que demonstrar a fraude orquestrada pela oposição de extrema-direita em torno do referendo inconstitucional realizada no domingo passado em todo o país.

O chefe de estratégia e propaganda Constituinte Zamora Campanha Command 200, Jorge Rodríguez, na segunda-feira denunciou as irregularidades detectadas durante a consulta organizada pela oposição coalizão Mesa da Unidade Democrática (MUD).

De acordo com Rodriguez, “havia pessoas que votaram várias vezes e em diferentes lugares e citou o caso de uma pessoa ‘que votou 17 vezes’.

Ele também alegou que 10 anos de idade votado, bem como estrangeiros sem nacionalidade venezuelana.

‘Austríacos votou, brasileiros, americanos, milhares de crianças, está no registro eleitoral dos venezuelanos no exterior há 101 mil pessoas, mas de acordo com a oposição votou 693.000′, disse o líder bolivariano.’ Sin registro eleitoral não é você sabe qual foi a participação ‘(…)’ Como é que eles sabem que eles são pessoas diferentes? Por que o número do cartão, o nome ou marca? Como você faz? ‘Ele disse Rodríguez.

El também prefeito do município de capital Libertadores, insistiu que “as mentiras contadas pela oposição no domingo, tentando continuar a gerar violência na Venezuela’.De de acordo com os líderes da oposição venezuelana de extrema-direita, mais de sete milhões de pessoas participaram na consulta inconstitucional marcada para domingo passado, mas concordou que isso poderia acontecer que uma pessoa votou 17 vezes e fará auditorias para dissipar as dúvidas, mas eles queimaram as caixas com o elemento votos.

Otro a tomar nota é que, de acordo com a Constituição venezuelana, cada ato eleitoral de importância nacional deve ser apoiada, acompanhada ou pela máxima autoridade eleitoral no país, ou seja, o Conselho nacional eleitoral (CNE), e desta vez não aconteceu assim, o que resta força jurídica para a consulta.

Há também sem registro de eleitores e listas eleitorais emitido pela CNE na atual Registo Eleitoral é encontrado era, o que permite que uma pessoa a votar mais de uma vez.

Outra irregularidade foi que se uma sondagem funciona por 12 horas contínuas poderia servir um máximo de 720 eleitores. A maioria das estações de votação MUD só tinha um.

Mas se eles tinham três tabelas para cada centro, se cada participante leva um minuto para votar, o local de votação com três mesas dificilmente tem a capacidade de servir a dois mil 160 participantes, multiplicada por dois mil 30 assembleias de voto em todo o país, o resultado seria de quatro milhões 384 mil 800 eleitores, longe dos sete milhões 136 mil 170 pessoas que afirmam exercidas sufrágio.

 

Anúncios
Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: