Emirados Árabes concedem ajuda a Angola.

 

Angola recebeu ontem, em Luanda, dos Emirados Árabes Unidos medicamentos, equipamentos e mobiliários hospitalares, no âmbito da cooperação entre os dois países.

Os medicamentos doados ontem vão ser distribuídos às províncias mais carenciadas
A doação chegou por meio aéreo e foi entregue no Terminal Militar. No total, chegaram ontem a Luanda 49 toneladas de medicamentos e 110 paletas com equipamentos e mobiliário hospitalares.
Fátima Viegas, secretária dos Assuntos Sociais do Presidente da República, valorizou a ajuda humanitária vinda dos Emirados Árabes Unidos, na medida em que o sector da Saúde vive ainda dificuldades.
Em declarações à imprensa, Fátima Viegas disse que os medicamentos vão ser distribuídos às províncias mais carenciadas em termos de medicamentos e de equipamentos afins.
A secretária dos Assuntos Sociais do Presidente da República disse existir já um plano para a distribuição dos medicamentos e dos equipamentos e mobiliários hospitalares oferecidos pelos Emirados Árabes Unidos.
Fátima Viegas disse ser bem-vindo o gesto dos Emirados Árabes Unidos porque “vai servir para diminuir dificuldades dos nossos hospitais”.
O embaixador de Angola nos Emirados Árabes Unidos, José de Lemos, afirmou que “a doação é mais um passo que serve para demonstrar que realmente os Emirados Árabes Unidos tencionam estar cada vez mais próximo de Angola”.
O diplomata angolano acentuou que “é com base nesse espírito de solidariedade que vamos continuar a desenvolver essas relações”, que, na sua opinião, tendem a crescer.
O embaixador lembrou que as relações entre os dois países estão abertas não só no ramo humanitário e social como também nas áreas da Agricultura, Pescas, Energia, entre outras. O diplomata confirmou a intenção manifestada pelos Emirados Árabes Unidos de aumentar a cooperação económica. />
Angola manifesta interesse
O Governo manifestou, recentemente, o interesse e a disponibilidade de trabalhar para o incremento da cooperação económica com os Emirados Árabes Unidos. As áreas do Comércio e Investimento, Energia, Defesa, Transportes,  Exploração Mineira, Agricultura, Pesca, Banca e Telecomunicações estão entre os sectores que Angola quer ver aumentada a sua cooperação com o Emirados Árabes Unidos.
As áreas de cooperação entre os dois países estão assentes em pilares que potenciem os eixos de desenvolvimento, que permitem afinar, com objectividade, a relação política, económica e social.
Num encontro de negociações entre os dois países ficou cimentada a ideia de que as oportunidades de negócios existentes devem ser aperfeiçoadas, incluindo os mecanismos institucionais e os instrumentos jurídicos de cooperação, para facilitar o enquadramento e a dinamização das grandes acções.
No quadro desta cooperação, o Governo angolano ambiciona dar maior prioridade aos grandes sectores, como os da Energia, Transportes, Comunicações e Indústria Pesada e de Transformação, pelo papel estruturante que têm no processo económico e social.
A troca de informações nos domínios do Ambiente e o combate ao terrorismo, aos crimes transfronteiriços, à imigração ilegal e ao tráfico de drogas e de seres humanos, entre outros, são também defendidos como prioritários.
A cooperação com os Emirados Árabes Unidos é um dos pilares estratégicos do Governo voltados para a atracção de investimentos estrangeiros para Angola.</br

Angola manifesta interesse
O Governo manifestou, recentemente, o interesse e a disponibilidade de trabalhar para o incremento da cooperação económica com os Emirados Árabes Unidos. As áreas do Comércio e Investimento, Energia, Defesa, Transportes,  Exploração Mineira, Agricultura, Pesca, Banca e Telecomunicações estão entre os sectores que Angola quer ver aumentada a sua cooperação com o Emirados Árabes Unidos.
As áreas de cooperação entre os dois países estão assentes em pilares que potenciem os eixos de desenvolvimento, que permitem afinar, com objectividade, a relação política, económica e social.
Num encontro de negociações entre os dois países ficou cimentada a ideia de que as oportunidades de negócios existentes devem ser aperfeiçoadas, incluindo os mecanismos institucionais e os instrumentos jurídicos de cooperação, para facilitar o enquadramento e a dinamização das grandes acções.
No quadro desta cooperação, o Governo angolano ambiciona dar maior prioridade aos grandes sectores, como os da Energia, Transportes, Comunicações e Indústria Pesada e de Transformação, pelo papel estruturante que têm no processo económico e social.
A troca de informações nos domínios do Ambiente e o combate ao terrorismo, aos crimes transfronteiriços, à imigração ilegal e ao tráfico de drogas e de seres humanos, entre outros, são também defendidos como prioritários.
A cooperação com os Emirados Árabes Unidos é um dos pilares estratégicos do Governo voltados para a atracção de investimentos estrangeiros para Angola.

Anúncios
Categories: #salud, ANGOLA, ÁFRICA, Emirados Árabes Unidos, SAÚDE, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: