O fumo e os danos à beleza feminina.

Os dano do hábito de fumar para a pele e a beleza em particular feminina são comentados hoje aqui depois da celebração de um congresso de medicina estética, especialistas italianos.

Mujer de fumar  Foto de archivo

As toxinas que acompanham o cigarro fazem com que a pele se torne opaca, seca e menos elástica, inclusive os cabelos mais finos e portanto mais propensos a serem maltratados, em alteração para nos poucos meses após abandonar o vício o rosto recupera seu brilho segundo especialistas.

Nadia Fraone, subdiretora da Escola de Medicina Estética do Hospital ‘San Giovanni dei Dio’, popularmente conhecido como Fatebenefratelli, se perguntou em relação com os temas do trigésimo nono congresso dessa especialidade celebrado nesta capital, por que as ‘mulheres vêm a nos pedir corrigir os danos’ quando ‘a solução é reduzir o tabaquismo’.

Conforme com a especialista, estudos científicos indicam que fumar reduz os mecanismos de reparo da pele e a síntese de colágeno, provoca uma ‘vasoconstrição que faz a pele mais opaca e irritada’, ademais diminui as reservas de vitamina A, necessárias para os processos reparativos da célula dérmica.

Tudo isso provoca que a fina capa protetora do corpo adquira um tom grisáceo e aumentam também as bolsas ao redor dos olhos e as rugas nos cantos da boca, comentou a também conselheira da Sociedade Italiana de Medicina Estética, conforme com meios de imprensa.

Igualmente apontou que a degeneração da estrutura dérmica é progressiva e os efeitos são proporcionais à quantidade de cigarros consumidos; portanto, deixar de fumar tem um efeito positivo evidente aos poucos meses.

De igual modo no próprio congresso apresentou-se um estudo publicado em SkinMed (Medicina Cosmética Especializada), sobre o qual a agência Ansa destacou aqui declarações de Adele Sparavigna, presidenta de Instituto de Investigações de Dermatologia de Milão que sustentou que ‘abster da fumaça do cigarro provoca um rejuvenecimiento mensurável da pele na cara’.

Comentou que a investigação consistiu em pedir a 60 fumantes abster-se do vício por nove meses e ao final a avaliação da mostra refletiu um aumento ‘muito considerável no brilho dos tecidos, redução das rugas ao redor dos olhos e a recuperação quase total das propriedades mecânicas da pele.

Outro dos especialistas em torno do tema opinou que a nicotina é a que menos danosa, mas existem milhares de outras substâncias derivadas da combustão, mais de uma centena delas conhecidas como cancerígenas e outras tantas nocivas ou muito nocivas.

 

Categories: #salud, ANGOLA, EDUCAÇÃO, Itália, SAÚDE, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: