Embaixadora destaca papel de Fidel Castro.

tn

O comandante Fidel Castro, líder histórico da revolução cubana, desempenhou um papel humanista de destaque na luta pela libertação de Angola e de muitas outras regiões africanas, destacou na segunda-feira, em Luanda, a embaixadora daquele país, Esther Cárdenas.

A diplomata, que falava durante uma cerimónia alusiva ao 92.º aniversário de Fidel Castro assinalado ontem, sublinhou que o antigo presidente sempre colocou de lado a busca pelas riquezas de Angola e privilegiou o internacionalismo cubano para libertar África e o Mun-do do colonialismo e do neo-colonialismo.No encontro, que decorreu no Centro de Imprensa Aníbal de Melo, a diplomata afirmou que “o eterno comandante cubano está em constante presença nas mentes de todos os cubanos, angolanos e cidadãos de outros países amigos, pois deixou em cada um de nós um exemplo de valentia, humanismo e confiança para um Mun-do melhor”.
No acto, o presidente da Associação da Comunida-de de Cubanos Residentes em Angola (ACCRA), Carlos Moncada, exaltou a integridade, humanismo, amor ao próximo e nacionalismo de Fidel Castro. O secretário-geral da Associação de Amizade e Solidariedade Angola-
-Cuba (ASAC), o angolano Fernando Jaime, considerou Fidel Castro “personalidade marcante na luta pela Independência de Angola, África e o Mundo”.
“Se há continente, sub-região e país que deveria fes-tejar efusivamente o aniversário de Fidel é África, a sua região Austral e, em particular, Angola”, salientou.
O responsável lembrou que, a partir de Cuba, Fidel Castro apoiou a libertação de países africanos ao destacar combatentes para a Argélia, Etiópia, Moçambique e Angola, entre outras regiões, para recuperarem a sua soberania.
Durante o evento foi apresentado um documentário sobre a contribuição de Fidel Castro na luta de libertação de Angola, em particular, e da África Austral, em geral. O encontro abordou ainda a cooperação daquele país latino-americano com o continente africano.
Participaram membros da comunidade cubana, bem como académicos e outras personalidades angolanas.
Fidel Alejandro Castro Ruz, nascido a 13 de Agosto de 1926, em Birán, foi presidente de Cuba de 1976 a 2008. O antigo líder da revolução cubana, que chegou ao poder a 1 de Janeiro de 1959, faleceu a 25 de Novembro de 2016, em Havana, capital cubana.

Categories: AMERICA LATINA, CUBA, CUBA-ANGOLA, HISTORIA, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: