Massacres! Saiba por que os colombianos migram maciçamente (+ a palha no olho dos outros)

Si colocamos en un buscador de internet las palabras masacre y Colombia, nos conseguiremos con más de 8,020,000 resultados

Se colocarmos em um mecanismo de busca na internet as palavras massacre e Colômbia, teremos mais de 8.020.000 resultados
Underground Bogotá

A Venezuela contemporânea é majoritariamente jovem, 70 ou 80% tem menos de 35 anos. Talvez seja por isso muitos não se lembra ou não conhece o passado sangrento da Colômbia, um país que tem sido imersos em um conflito armado desde o assassinato do candidato presidencial Jorge Eliécer Gaitán, em 1948; Este fato é conhecido como El Bogotazo.

Quando pensamos em massacres, sempre nos referimos ao México, mas bem ao lado do rio Arauca, há muitas mortes que contam no conflito armado.

Com a assinatura da Paz, em 2016, não pare as muitas vítimas ou desaparecimentos de irmãos colombianos e são cada vez mais aqueles que fazem parte do êxodo, que não só nos afeta a migração líquida, mas a proximidade e dor nossos irmãos.

“A Colômbia é um país que tem vivido nos últimos 40 anos um dia para comemorar a morte”, por isso Juan Carlos Tanus disse o ativista colombiano baseado na Venezuela e diretor da Associação dos colombianos na Venezuela.

E é que, quando entramos no passado próximo, revisamos que, infelizmente, essa afirmação é insuficiente, em algumas datas do calendário corresponde a dois massacres por dia.

Se colocarmos em um motor de busca na Internet as palavras de abate e Colômbia, temos mais de 8,020,000 resultados são fundamentais, e se nós procuramos qualquer ambiente web, como o jornal El Tiempo na Colômbia, meio digital onde apenas notícias negativas da esquerda mundial, mais ainda no caso da Venezuela, pudemos encontrar pelo menos trinta notícias de diferentes massacres, a maioria dos quais ainda não foram esclarecidos.

Um exemplo é o caso dos massacres em Tierralta, departamento de Córdoba, na quinta-feira, 26 de setembro, 1990, quando cinco paramilitares morto a tiros no bairro Escola 10 pessoas, incluindo quatro crianças, uma ferida que ainda não tem foi curado pela justiça.

As cifras:

De acordo com o site do jornal El Espectador, artigo Colômbia e massacres publicada em 25 de Agosto de 2018, um figuras comoventes de mortes no país são apresentados neogranadino.

Paramilitar 8.902 assassinatos, massacres 1.166 7.160 mortos, 371 casos de tortura e crueldade, mais de 1.000 crianças recrutadas e desapropriação ou o abandono de cerca de 800.000 hectares de terra.

Guerrilheiros: 24,482 sequestros, 3.900 assassinatos seletivos, mais de 700 mortes de civis em ações militares, 854 ataques às cidades, 77 ataques terroristas, 343 massacres, mais de 4.323 ataques contra civis e bens saque de cerca de 800.000 hectares de terra, quase 4.000 crianças recrutado.

força pública: 2.399 assassinatos, massacres com o número 870 158 mortos, 182 ataques contra bens civis, 71 civis mortos na ação militar, determinado de casos de detenção arbitrária, tortura e desaparecimentos forçados.

Tanus diz que os governos colombianos desde o Bogotazo à corrente (26 para ser exato), ter sido responsável pela colocação de refugiados genuínos para os seus concidadãos com a sua completamente longe de políticas de paz. Verdadeira paz, com justiça, o que significaria curar uma região inteira.

Retirado de ConelmazoDando

Publicado por tudoparaminhacuba

Adiamos nossas vozes hoje e sempre por Cuba. Faz da tua vida sino que toque o sulco, que floresça e frutifique a árvore luminoso da ideia. Levanta a tua voz sobre a voz sem nome dos outros, e faz com que se veja junto ao poeta o homem. Encha todo o teu espírito de lume, procura o empenamento da cume, e se o apoio rugoso do teu bastão, embate algum obstáculo ao teu desejo, ¡ ABANA A ASA DO ATREVIMENTO, PERANTE O ATREVIMENTO DO OBSTÁCULO ! (Palavras Fundamentais, Nicolás Guillen)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: