João Lourenço Mestre de xadrez.

A imagem pode conter: 1 pessoa

É a primeira grande entrevista nas vésperas da chegada a Lisboa. Exímio xadrezista, o Presidente angolano é tão cauteloso como cáustico. Fala dos traidores à pátria, de José Eduardo dos Santos e dos filhos, do repatriamento de capitais e do caso Manuel Vicente. Mas não esquece Portugal: a Galp, o BCP, o investimento. E abre a porta a professores, médicos e enfermeiros portugueses. Por Gustavo Costa em Luanda

Anúncios
Categories: ANGOLA, Angola y Portugal, ÁFRICA, Portugal, Revolução Angola Y Portugal, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: