Nasceu o primeiro bebé graças a transplante de útero de dadora morta.

Uma brasileira que recebeu o útero de uma dadora morta deu à luz uma saudável menina há um ano. É o primeiro caso de sucesso após um transplante deste género e também o primeiro na América Latina.

A menina nasceu a 15 de dezembro de 2017 por cesariana, com 35 semanas e 2,550 kg, noticia a revista científica The Lancet, com os detalhes de todo o procedimento de vários anos.

A mãe, de 32 anos, nasceu sem útero, mas com ovários. A dadora foi uma mãe de três filhos que morreu aos 40 anos com AVC. O transplante de útero realizou-se no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em setembro de 2016, numa operação que durou mais de 10 horas.

Além dos medicamentos contra a rejeição do novo órgão, a mãe submeteu-se depois a tratamentos de fertilidade, tendo começado a ter a menstruação cinco meses após a operação.

Foram então implantados os óvulos da mulher previamente retirados, fertilizados e congelados. Sete meses e 10 dias depois do transplante foi confirmada a gravidez.

39 TRANSPLANTES DE ÚTERO, 11 NASCIMENTOS

Desde o primeiro transplante de útero de uma dadora viva na Suécia em 2013, houve um total de 39 transplantes pelo mundo, incluindo de mães que dão às filhas. Destes, 11 resultaram num nascimento.

Todos os 10 transplantes de útero de uma dadora morta – nos EUA, na República Checa e na Turquia – falharam.

“O recurso a dadoras mortas pode aumentar consideravelmente o acesso a este tratamento [de fertilidade], os nossos resultados provam que pode funcionar e oferecer uma nova opção às mulheres com infertilidade de origem uterina”, declarou Dani Ejzenberg, que liderou a investigação.

Estima-se que a infertilidade afete entre 10% a 15% dos casais em idade reprodutiva a nível mundial. Deste grupo, 1 em 500 mulheres tem problemas uterinos. Para estas mulheres, as únicas soluções têm sido a adopção ou o recurso a uma “barriga de aluguer”.

 

Anúncios
Categories: CIÊNCIA, CURIOSIDADES, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: