Daily Archives: 26 de Dezembro de 2018

No seu 20º aniversário, o Mailen entrega as primeiras fotos.

Para o mundo todo nunca devemos derrotar por algum motivo, essa garota lutou e lutou com aqueles médicos, que agiram com toda a dor e o AMOR que pode existir na frente de uma pessoa que vem à sua guarda e você tem que enfrentar dando tudo para sua vida. Parabéns Guerreiro.

No mesmo dia do seu vigésimo aniversário, as primeiras imagens de Mailen Díaz Almaguer vêm à luz, após o trágico acidente de avião de que ela era a única sobrevivente. A menina de 20 anos está vestida de preto por causa do luto que ela guarda devido à morte do resto dos passageiros. A encarregada de enviar as fotos era sua irmã Mailin Díaz em sua conta no Facebook, junto com uma mensagem emocional que o Cubadebate reproduz para seus leitores.

“Um dia como hoje mas em 1998 nasceu nossa rainha Mailen Díaz Almaguer e agora nossa guerreira cubana. Boneca irmã desejamos a todos vocês que amam você um dia lindo e feliz. Eu sei que nestes últimos meses você teve que passar por coisas muito duras e tristes. A perda de seu marido Michel, muito querida por todos nós, e que hoje do céu se orgulha da mulher corajosa que você é. Nós amamos você, minha rainha é tão bonita e com aquele sorriso e aquela alegria que o motiva a continuar cada dia à frente, que Deus preencha você a cada minuto com o poder dele e abençoe você para sempre, amém “.

Anúncios
Categories: #America Latina, #Cuba, ACIDENTE, ANIVERSARIO, SAÚDE, Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

As birras de Trump e seu muro.

Fazem com que o governo dos EUA feche suas portas.

Embora seja difícil acreditar, o governo dos EUA fechou parcialmente suas portas: o bloqueio atinge 25% das agências federais, o que pode afetar até 800 mil funcionários, onde agências como a agência aeroespacial NASA e o Departamento de Comércio, eles aparecem entre os mais prejudicados, mas, em vez disso, as Forças Armadas conseguiram financiamento.

Não está claro por quanto tempo o fechamento parcial durará, depois que o Senado adiou a reunião no sábado sem chegar a um acordo sobre o financiamento do muro que o presidente Donald Trump quer construir na fronteira com o México. Em uma sessão incomum no sábado, a Câmara dos Deputados e o Senado retomaram as discussões sobre o financiamento – de cinco bilhões de dólares para construir um muro na fronteira com o México – com uma contraproposta do vice-presidente Mike Pence aos legisladores democratas.

Para o presidente Donald Trump, o assunto não é fácil de lidar e ele teve que suspender sua viagem de Natal para a Flórida. Durante um almoço com legisladores conservadores, ele ouviu vozes dissonantes: alguns estavam dispostos a lutar pela construção do muro, enquanto outros preferiam avançar para a reabertura do governo. Trump twittou que ele estava negociando com os democratas sobre a segurança na fronteira “que é desesperadamente necessária” (gangues, drogas, tráfico de seres humanos e mais), mas pode ser uma longa permanência “.

O fechamento é parcial porque três quartos do governo, incluindo o Pentágono, têm financiamento até setembro de 2019, mas a gestão de recursos para os demais expirou à meia-noite de sexta-feira: entre eles os Departamentos de Segurança Nacional, Justiça, Transporte, Tesouro. , Interior e Agricultura.

“O presidente Donald Trump está mergulhando o país no caos”, disse o líder democrata no Senado, Chuck Schumer. “Abandone sua estratégia de fechamento … Você não terá o muro hoje, na próxima semana, ou em 3 de janeiro, quando os democratas assumirem o controle da Câmara”, alertou o congressista.

O líder da maioria republicana no Senado, Mitch Mc Connell, também lançou um pedido de apoio aos democratas: “Apertamos o botão de pausa até o presidente, que precisará de uma assinatura, e os democratas do Senado, que precisarão votos, chegar a um acordo “.

Com isso, a administração Trump acrescenta seu terceiro fechamento até agora este ano. Em janeiro, houve um bloqueio de dois dias e um mês depois outro de poucas horas, ambos devido a conflitos de imigração. Mas desta vez o presidente anunciou que o fechamento será por tempo indeterminado e tem a peculiaridade de ocorrer após várias renúncias em seu gabinete, incluindo a do secretário de Defesa James Mattis na semana passada.

Com as eleições legislativas de meio de mandato, a composição das câmaras do Congresso mudou, de modo que em 3 de janeiro a nova legislatura dos deputados contará com a maioria dos democratas, o que deixaria Trump e os republicanos em desvantagem para sua proposta orçamentária. A líder democrata na Câmara, Nancy Pelosi, disse que se Trump e os republicanos decidirem continuar com o fechamento do governo, a nova Câmara dos Representantes com maioria democrata adotará rapidamente a legislação em janeiro para reabrir a administração.

Democratas e republicanos culpam um ao outro. “A crise da atividade ilegal em nossa fronteira sul é real e não vamos parar até construirmos uma grande barreira de aço ou tijolo. Deixe o trabalho começar! “Trump twittou. Da Casa Branca consideram que a oposição é a que deve adaptar aos pedidos do Presidente e ceder, inclusive no orçamento os 5,000 milhões de dólares para o muro.

Em resposta, os líderes democratas culparam o presidente por ter rejeitado nesta semana uma lei que já havia sido aprovada pelo Senado com o apoio de democratas e republicanos para financiar o governo até 8 de fevereiro. Essa lei incluía 1.300 milhões de dólares para a segurança das fronteiras, mas Trump insistiu nos 5.000 milhões.

“O presidente Trump fez uma birra e convenceu os republicanos a empurrar o nosso país para um destrutivo ‘fechamento de Trump'”, disseram os líderes da Câmara Democrata no Congresso, Schumer e Pelosi, em um comunicado conjunto. O senador Bob Martinez foi adicionado a eles. “O presidente Trump queria um fechamento do governo e agora ele tem. Depois de rejeitar uma oferta bipartidária de US $ 1,6 bilhão pela segurança nas fronteiras, o presidente prefere manter o governo federal dos Estados Unidos como refém. ”

Para aprovar o jogo, os republicanos precisam de pelo menos nove votos democratas no Senado. Até sábado eles tinham apenas 51 das cem cadeiras e a lei, a ser promulgada, precisa do apoio de 60 legisladores.

Categories: ESTADOS UNIDOS, POLÍTICA, Politica Exterior, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

ALHEIRA NO FORNO COM MIGAS DE BROA E COUVE.

 Receita do Dia!
Alheiras 2
Broa de Milho 200 g
Couve galega ou portuguesa, cortada em juliana fina 150 g
Dentes de alho, picados finamente 2
Azeite 1 colher de sopa
Pimenta preta moída na hora adicionar q.b.
Sal usar q.b.

PREPARAÇÃO

Pré-aquece o forno a 200 ºC.

Coza a couve durante cinco minutos, num tacho com água a ferver temperada com sal. Esfarele a broa e reserve. Numa frigideira, aqueça o azeite e salteie os alhos, sem deixar ganhar cor. Junte a broa esfarelada e a couve cozida e escorrida, tempere com pimenta preta moída na hora e misture tudo.

Faça alguns furos sobre a pele das alheiras com um palito ou a ponta de uma faca.

Numa assadeira, coloque as alheiras e as migas de broa e couve. Leve ao forno aquecido durante 25 a 30 minutos, virando as alheiras a meio do tempo de cozedura. Sirva de imediato.

Categories: #Ricas Receitas, ANGOLA, CULTURAIS, Receita Angolanas, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

O Caribe.

O que hoje conhecemos como o Caribe é um território onde se forjaram essas culturas que hoje, na sua diversidade, demonstram a existência de um mundo enorme com características diferentes.

ATUALMENTE, a palavra Caribe indica uma noção que inclui não só uma diversidade cultural inquestionável estendida por várias ilhas — arquipélagos de fato, alguns ainda inexplorados — circunvaladas por territórios do continente, especialmente no arco do Golfo do México e da Flórida às costas brasileiras de São Luiz de Maranhão, passando pelas da América Central, especificamente aquelas latitudes como Puerto Limón, na Costa Rica; ou Bluefields, na Nicarágua.

O que hoje conhecemos como o Caribe era conhecido, pelo menos na primeira metade do século 20, sob o nome de Antilhas e em seus territórios se forjaram essas culturas que hoje, na sua diversidade, demonstram a existência de um mundo enorme com características diferentes. Continuar a ler

Categories: AMERICA LATINA, Caribe, CULTURAIS, SOCIEDADE, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Os tentáculos de Bolsonaro contra Cuba.

Bolsonaro está de olho em Washington e na administração Trump, facilitando seu andaime político anti-cubano e anti-venezuelano para aconselhar o binômio Jair-Eduardo, pai e filho.

SERIA ingênuo acreditar que o ataque de Jair Bolsonaro contra os médicos cubanos para que abandonassem o Brasil, não faça parte de um plano maior, cujos tentáculos estão vindo à luz, embora não tenha assumido a presidência.

Mas já está claro até que ponto consegue chegar com suas intrigas contra a Ilha que salvou a vida de milhares de seus conterrâneos e atendeu com meticuloso profissionalismo a milhões deles.

Bolsonaro está de olho em Washington e da administração Trump, que já vai para ajudá-lo, não apenas com conselhos, mas facilitando seu andaime político anticubano e anti-venezuelano para aconselhar o binômio Jair-Eduardo, pai e filho. Continuar a ler

Categories: # Cuba, #America Latina, #Bolsonaro, #Estados Unidos, CORRUPÇÃO, CUBA - ESTADOS UNIDOS, POLÍTICA, Politica agressiva contra Cuba, TERRORISMO VS CUBA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

«Vocês são um símbolo do país que os formou»

O presidente dos Conselhos de Estado e Ministros, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, ao se dirigir a uma representação dos médicos que retornaram a Cuba, disse: «O retorno à Pátria não é o fim, é um começo. Vocês chegam em um momento importante para Cuba, quando estamos prestes a aprovar a nova Constituição, que será submetida a um referendo em 24 de fevereiro».

Categories: # Miguel Díaz-Canel, #America Latina, #Cuba, Mais Medicos, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Decisão de Trump preocupa aliados.

Alemanha, França e Reino Unido, aliados dos Estados Unidos, manifestaram-se preocupados com a decisão do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de retirar as tropas norte-americanas da Síria.

Os Estados Unidos vão retirar cerca de dois mil militares destacados na Síria para combater ao lado da coligação árabe-curda, as Forças Demo-
cráticas da Síria (FDS), contra o grupo extremista Estado Islâmico.
Os Estados Unidos assinaram, domingo, a ordem para a retirada das tropas norte-americanas da Síria, um processo que o Presidente dos EUA, Donald Trump, quer “lento e coordenado” com a Turquia.
“O decreto para a Síria foi assinado”, afirmou um porta-voz do Pentágono, sem fornecer mais detalhes.
A decisão foi criticada por numerosos especialistas, que frisam que o grupo extremista islâmico continua a controlar uma série de aldeias ao longo do rio Eufrates, no leste da Síria, onde resiste há semanas a ataques sucessivos das FDS.
A retirada das tropas norte-americanas da Síria deixará a milícia curda das Unidades de Protecção Popular (YPG) sem apoio militar, já que a Turquia ameaça atacá-la, considerando os combatentes curdos como terroristas. Continuar a ler

Categories: #Estados Unidos, #Francia, alemanha, REINO UNIDO, SIRIA, Trump, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Projecto Okavango recebe unidades hoteleiras em Maio.

Iniciativa dos países da região austral vai explorar áreas ricas em turismo e ecossistemas.

Cerca de 90 mil quilómetros quadrados da província do Cuando Cubango, definidos como parte integrante de Angola no projecto turístico internacional Okavango/Zambeze (KAZA), começa a receber as primeiras infra-estruturas hoteleiras de campanha a partir de Maio do próximo ano.

De acordo com o director-geral adjunto do Pólo de Desenvolvimento Turístico da Bacia de Okavango, João Baptista Gime, numa primeira fase, os mentores do projecto, denominado “Tu-rismo Móvel”, pretendem instalar acampamentos (tendas), devido à falta de vias de acesso que se vive em quase toda a extensão do perímetro do KAZA na região.
João Baptista Gime indicou que um grupo de investidores internacionais visitou recentemente algumas áreas do KAZA na província, tendo-se mostrado maravilhados com a fauna e flora existentes nos parques nacionais de Mavinga e Luengue-Luiana e não querem esperar mais e manifestaram o desejo de começar com as actividades tão logo o período das chuvas termine. João Baptista Gime realçou que a parte angolana inserida no projecto Okavango/Zambeze dispõe de uma biodiversidade praticamente virgem, onde despontam os rios Cubango, Cuito, Cubango e Cuanavale, nos quais pesquisadores da National Geographic descobriram espécies aquáticas raras no mundo, além de possuírem extensas zonas navegáveis. Continuar a ler

Categories: ANGOLA, ÁFRICA, ECONOMIA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

O que o velho continente deixou em 2018.

Vários foram os eventos que abalaram o chamado velho continente no ano em que dissemos adeus, que injetou medos e preocupações, que pesaram sobre a sua organização, a União Européia.

Houve vários eventos que chocaram o chamado velho continente no ano entreabertos, que injetadas medos e preocupações, o que prejudicou a sua organização, a União Europeia (UE), o centro dessas linhas como bloco continental. O Granma revê alguns desses momentos dos últimos 12 meses.

Brexit, Reino Unido

Ainda restam 93 dias para o Reino Unido deixar a UE, mas neste momento ninguém sabe se haverá Brexit ou outro referendo. Falou-se em nenhum acordo para o Brexit, mas a primeira-ministra, Theresa May, chegou a um acordo que o Parlamento deveria ter votado no início deste mês. Mas May suspendeu a votação no último minuto porque ia perdê-la e anunciou que seria feita em janeiro. Continuar a ler

Categories: EUROPA, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Como a América Latina viveu o ano em que termina?

A América Latina tem vivido nos últimos anos – e a que conclui não é a exceção – um processo de direita com o surgimento de alguns governos desse alinhamento e políticas neoliberais.

A vitória de López Obrador nas eleições foi uma das grandes conquistas da América Latina em 2018.

A América Latina tem vivido nos últimos anos – e a que conclui não é a exceção – um processo de direita com o surgimento de alguns governos desse alinhamento e das políticas neoliberais, em países onde líderes populares e a esquerda estabeleceram diretrizes no inclusão social dos seus cidadãos.

Neste sentido, o Presidente cubano Miguel Díaz-Canel Bermúdez, falando durante a XXV Reunião do Fórum de São Paulo, realizada em Havana em 17 de julho de 2018, advertiu que “a esquerda enfrenta o desafio de salvar os conquistados, para acabar com o neoliberalismo que nos chega para tentar apagar as conquistas alcançadas pelos nossos povos ».

O presidente cubano disse que a Doutrina Monroe está novamente acostumada às injustas medidas coercitivas unilaterais dos Estados Unidos e alguns de seus aliados se juntam à interferência escandalosa do mar; a manipulação dos consórcios de mídia, a imprensa privada, as redes sociais como parte da guerra não convencional também criam estados de opinião que causam confusão e desânimo. Continuar a ler

Categories: #AmericaLatina, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: