Daily Archives: 14 de Janeiro de 2019

Venezuela descreve a suposta detenção de Juan Guaidó como um programa de mídia de direita

Vice-presidente venezuelano de Comunicação, Turismo e Cultura, Jorge Rodriguez, relatou falsos positivos sobre a alegada prisão do deputado à Assembleia Nacional em desprezo, Juan Guaidó, que afirma ter direito constitucional à presidência hoje.

“Estamos na presença de uma oposição marcada pela elevação permanente do programa de mídia de falsos positivos, de intenção de obstruir e dificultar a paz, a paz dos venezuelanos”, Rodriguez disse em um telefone transmitido pela Venezolana de Television.

Ele explicou que, imediatamente depois que eles começaram a aparecer elementos nas redes sociais, que usa permanentemente os níveis de venezuelanos e internacionais de extrema direita para atacar a República, ouvido uma situação irregular, segundo a qual um grupo de funcionários do Serviço Bolivariano A Inteligência Nacional (Sebin), unilateralmente, conduziu um procedimento contra o deputado.

Neste sentido, Rodriguez disse que a situação está completamente resolvido, e serão demitidos esses funcionários e aplicará medidas disciplinares graves.

Ele também explicou que as investigações serão iniciados para determinar a razão para os funcionários para “emprestar” para executar este.

“Não é coincidência que, no momento em que começa a aparecer em redes sociais que irregular feito com o vice-Juan Guaidó, jornalistas da mídia internacional, os americanos e colombianos estavam estacionados na sede da Sebin procurando uma foto para continuar seu show mídia “, disse ele.

(Com informação AVN)

Categories: Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, Uncategorized | Deixe um comentário

O aquecimento do mar equivale a 1,5 bombas atômicas por segundo desde 1871

 

A crise ambiental e ecológica resultante da atividade humana, da industrialização e da mudança climática é sem precedentes, a menos que falemos de cataclismos como o Cretáceo, quando, há 65 milhões de anos, um meteorito quase acabou com a vida na Terra. No entanto, há lugares onde as mudanças estão afetando de maneira mais drástica. Especificamente, aquelas produzidas pelas emissões de carbono criadas pela civilização do Homo sapiens.

Um novo estudo, assinado por cinco pesquisadores da Universidade de Oxford (Reino Unido) e publicado na Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, aponta que, apesar do aumento dos fenômenos climáticos extremos que afetam os ecossistemas terrestres, nos oceanos onde as conseqüências são mais drásticas, o que obviamente tem consequências para os seres que habitam o planeta, incluindo o ser humano.

Pesquisadores examinaram as perturbações na temperatura do oceano desde 1871, comparando-as com outros estudos sobre o aquecimento global e como isso afeta os mares do mundo. E a conclusão é assustadora: eles sugerem que com o aumento brutal das emissões de gases de efeito estufa nos últimos 150 anos, o aquecimento dos oceanos durante esse período é equivalente à detonação a cada segundo desde 1871 de 1.5 bombas atômicas como a lançado em Hiroshima e Nagasaki em 1945, de acordo com o cálculo feito pelo The Guardian na sequência do estudo, uma figura que o professor Laure Zannat, um dos autores do mesmo estudo, confirmou.

A coisa não está lá. O aumento das emissões nas últimas décadas aumentou ainda mais a taxa de aquecimento dos mares, com a qual desde 1990 a comparação correta seria com três bombas atômicas. Zannat, de fato, apontou outra comparação para o jornal britânico: o aquecimento oceânico desde 1871 é equivalente a mil vezes a energia usada pelo total da humanidade por ano.

Calor nas profundezas.

Como observado por estudiosos, “desde o século XIX, o aumento da concentração de gases de efeito estufa têm causado o oceano absorve a maior parte do calor e do aquecimento global”. Na verdade, seus cálculos, também consistente com outras pesquisas mostrando que “o oceano absorveu muito calor durante o período de 1921-1946 como durante os anos de 1990 a 2015”.

Isto ocorreu, de acordo com o estudo, a expansão térmica e do nível do mar ascensão, o que fez com que “os oceanos desempenham um papel importante no balanço energético da Terra”.

Hoje, como afirmado por esses pesquisadores, os oceanos absorvem 90% das emissões de carbono causadas por seres humanos, sendo as profundezas dos oceanos onde o calor está sendo armazenados, causando entre outros fenômenos, um aumento do nível mar e sua temperatura que causa perturbações atmosféricas muito mais poderosas.

Retirado de Cubadebate

Categories: Aquecimento Global, Mudanças Climáticas, Meio Ambiente, Oceanos, Temperaturas, Uncategorized | Deixe um comentário

ONU pede a Ivan Duque que responda aos assassinatos de líderes sociais

O representante do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos na Colômbia, Alberto Brunori, pediu neste domingo ao presidente da nação sul-americana, Ivan Duque, que responda com urgência ao aumento dos assassinatos de líderes sociais.

O cientista político italiano se referiu nesta capital à escalada de crimes contra defensores dos direitos humanos e reivindicadores de terras em regiões como o departamento de Cauca, no sudoeste da Colômbia.

Nos poucos dias de 2019 há muitos mortos e a maioria na região de Cauca, ressaltou o representante das Nações Unidas em referência aos sete líderes mortos na primeira semana do ano.

Brunori aplaudiu a reunião do governo na última sexta-feira, na qual o Plano de Ação foi avaliado, uma estratégia lançada para combater a violência social na Colômbia.

No entanto, ele considerou que as medidas devem ser aceleradas para garantir um sistema de proteção eficaz para os líderes sociais.

Segundo a Ouvidoria, desde a assinatura do Acordo de Paz há dois anos, 358 colombianos foram mortos por causa de sua posição política ou ligados a tarefas de demanda social.

Organizações de direitos humanos estimam que esse número seja ainda maior e excede 400 vítimas, cerca de uma centena delas ex-combatentes das antigas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – Exército do Povo.

No dia anterior, além disso, o Procurador Geral da Nação, Néstor Martínez, reconheceu pela primeira vez que há um padrão de assassinato sistemático de líderes sociais na Colômbia.

(Com informações do PL)

Categories: Assembléia Geral da ONU, Colômbia, Organização das Nações Unidas (ON, Uncategorized | Deixe um comentário

Não passaram! Evo Morales denunciou os planos de golpe dos EUA na Venezuela

El Mandatario boliviano enfatizó que "América Latina es zona de paz y libre de injerencia imperialista".

O presidente boliviano enfatizou que “a América Latina é uma zona de paz e livre de interferências imperialistas”.

O presidente do Estado Plurinacional da Bolívia, Evo Morales, denunciou a conspiração do golpe que o governo dos Estados Unidos está promovendo, que fez apelos públicos às Forças Armadas Nacionais Bolivarianas (Fanb) para realizar um golpe contra o presidente constitucional. da República, Nicolás Maduro.

“O golpe não vai acontecer”, disse Morales em mensagem publicada através de sua conta na rede social Twitter, onde enfatizou que “a América Latina é uma zona de paz e livre de interferências imperialistas”.

Recentemente, o Presidente Maduro denunciou que um golpe de Estado promovido pelo Departamento de Estado estava em desenvolvimento, pelo que instou o povo venezuelano e a comunidade internacional a condenarem essas ações e ficarem alertas.

Evo Morales Ayma

Evo @evoespueblo
Condenamos o golpe de Estado de #EEUU que insta as Forças Armadas a perpetrar um ataque contra a democracia da #Venezuela e o governo constitucional e legítimo do irmão Pdte @NicolasMaduro. A América Latina é uma zona de paz e livre de interferências imperialistas. O golpe não vai acontecer

3,447
16h30 – 13 de janeiro de 2019
Informações e privacidade dos anúncios do Twitter

3,492 people are talking about this
Tirada com o baralho Dando

 

 

 

Categories: Evo Morales denunciou os planos de golpe dos EUA na Venezuela, Uncategorized | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: