Diferenças entre “tornado” e “ciclone”

 

Por María Carla González

Os passeios do presidente Miguel Díaz-Canel pelas áreas afetadas pelo tornado, demonstram a vontade da mais alta direção do governo cubano em resolver, no menor tempo possível, os danos à população; sinal inequívoco das grandes diferenças que separam a democracia cubana da plutocracia americana.

Nos dias seguintes, surgirão os testemunhos dos cubanos afetados, que exemplificam o trabalho de seu líder na ânsia de trabalhar para o povo. Em contraste, há meses os testemunhos de porto-riquenhos mostram a intenção de Trump de morar em sua cidade.

Os sinais de solidariedade que se experimentam diariamente nas ruas cubanas são outra prova da legitimidade da sociedade civil cubana, trabalhando em conjunto com seus representantes.

Autor: tudoparaminhacuba

Adiamos nossas vozes hoje e sempre por Cuba. Faz da tua vida sino que toque o sulco, que floresça e frutifique a árvore luminoso da ideia. Levanta a tua voz sobre a voz sem nome dos outros, e faz com que se veja junto ao poeta o homem. Encha todo o teu espírito de lume, procura o empenamento da cume, e se o apoio rugoso do teu bastão, embate algum obstáculo ao teu desejo, ¡ ABANA A ASA DO ATREVIMENTO, PERANTE O ATREVIMENTO DO OBSTÁCULO ! (Palavras Fundamentais, Nicolás Guillen)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: