Presidentes de Cuba e Bolívia rejeitam agressões contra a Venezuela.

Quarta-feira os presidentes de Cuba e Bolívia, Diaz-Canel e Miguel Morales, respectivamente, rejeitaram os ataques contra a Venezuela, na sequência de recentes declarações do presidente dos Estados Unidos em busca de uma incursão militar no país.

Os líderes latino-americanos mostraram seu apoio ao governo bolivariano, repudiando qualquer tentativa de agressão contra os povos do continente americano.

Através de sua conta na rede social Twitter @DiazCanelB, presidente de Cuba, catalogado cínico, ameaçando e interferindo discurso de Trump, notando que a Venezuela é defender a dignidade eo direito à paz dos povos do mundo.

“Todos nós devemos enfrentar o imperialismo e exigir que ele coloque as mãos do lado de fora da Venezuela”, disse Diaz-Canel.

Enquanto isso, o presidente boliviano disse: “Juramos para parar a violência, caso contrário, Trump será responsável para retornar a morte e destruição que sempre acompanham a guerra.”

O governo da Venezuela emitiu recentemente uma declaração na qual ele exigiu a suspensão imediata de medidas coercivas contra o país, que estão em violação do direito internacional e da Carta da Organização das Nações Unidas (ONU).

Anúncios
Categories: # América Latina, # Cuba, # Venezuela, #Bolívia, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: