Cuba denuncia em chantagens da ONU dos EUA nesta organização

O embaixador de Cuba na ONU, Humberto Rivero, denunciou a chantagem e a pressão exercidas pelos Estados Unidos nessa organização com o objetivo de legitimar um golpe contra a Venezuela e suas legítimas autoridades.

Ao intervir no Grupo de Trabalho Especial sobre a Revitalização do Trabalho da Assembléia Geral, o diplomata cubano rejeitou o uso das salas das Nações Unidas para gerar e promover campanhas contra seus próprios Estados membros, como Washington está fazendo.

Tudo isso constitui uma violação aberta não apenas das resoluções e normas da ONU, mas também dos propósitos e princípios fundadores dessa organização multilateral, ressaltou.

Chancelaria de Cuba

@CubaMINREX
Intervenção do Primeiro Vice-Ministro das Relações Exteriores @MMedina_Glez no Segmento de Alto Nível da 40ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da UNHumanRights. | Veja mais https://www.minrex.gob.cu/en/intervencion-del-viceministro-primero-de-relaciones-exteriores-en-el-segmento-de-alto-nivel-del-40
63
20:02 – 27 fev 2019

46 pessoas estão falando sobre isso

Neste contexto, o embaixador cubano condenou veementemente a tentativa de impor um governo a serviço dos Estados Unidos através de um golpe de Estado na Venezuela.

Ele também rejeitou os recorrentes apelos da Casa Branca aos militares bolivarianos para se juntarem a essa acusação.

Rivero opôs à manipulação, chantagem e exercer alguma pressão sobre o Secretariado da ONU, com o propósito de violar as regras da Assembleia Geral e os procedimentos desta organização, quando eles tentam impor seus apetites imperiais.

Cuba rejeita o fórum da Assembléia Geral é utilizado e, portanto, a ONU para apoiar as agendas nacionais e manobras políticas unilaterais, destinadas a promover a ingerência nos assuntos internos de outros Estados, derrubar governos legítimos e violar a soberania e independência política ele disse.

O diplomata reconheceu que Cuba é uma obrigação de respeitar e total conformidade com a Carta das Nações Unidas, os seus princípios e propósitos.

US ofensiva do governo contra a Venezuela volta a cair quinta-feira no Conselho de Segurança da ONU, como representante do Norte pediu para votar um projeto de resolução que insiste em entregar sua suposta ajuda humanitária.

Esta entrega é considerada por vários Estados membros como pretexto para uma intervenção militar em território venezuelano.

(Com informações da Prensa Latina)

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: