NASA mostra o movimento “incomum” da lua.

As imagens foram capturadas pelo Solar Dynamic Observatory, operado pela agência espacial norte-americana.
O Solar Dynamic Observatory (SDO), a sonda espacial operada pela NASA, capturou uma ilusão de ótica, produzida pelo movimento da Lua ao longo de várias horas.

Na gravação, em 6 de março, você pode ver como o satélite cruza o Sol, pára e depois “retorna”.

A NASA explicou o fenômeno com o fato de que esse trânsito é semelhante ao movimento retrógrado quando parece que um corpo está se movendo para trás. Esse comportamento “incomum” é registrado devido à maneira pela qual vários objetos espaciais se movem em diferentes velocidades em diferentes pontos em suas órbitas, disse um comunicado.
Nos primeiros segundos do vídeo, que foram gravados enquanto as velocidades do SDO e da Lua representavam cerca de 11.007 quilômetros e 3.476 quilômetros por hora, respectivamente, é possível ver como a Lua se move da esquerda para a direita. Os especialistas indicam que o fato de a sonda ter ultrapassado a Lua durante esse trânsito fez com que o processo parecesse ser o movimento “inverso” do satélite e da Terra seria observado na direção oposta.
Ao mesmo tempo, a segunda parte foi gravada enquanto o aparelho da NASA “entrava na parte escura de sua órbita e começava a se afastar da Lua, quase paralela à sombra projetada”. Quando a Lua começou a se mover em um ritmo mais rápido que o SDO, conseguiu superá-lo. Assim, a sonda vê que a Lua se move na direção oposta, mas representa a mesma direção que podemos observar da Terra.

Segundo a NASA, o trânsito durou pouco mais de três horas e durante esse período a Lua conseguiu cobrir 92% da face do Sol.

O SDO começou a operar em 2010 como parte do programa “Living with a Star” da NASA para uma missão inicial de cinco anos, e até hoje funciona observando a superfície solar.

Autor: tudoparaminhacuba

Adiamos nossas vozes hoje e sempre por Cuba. Faz da tua vida sino que toque o sulco, que floresça e frutifique a árvore luminoso da ideia. Levanta a tua voz sobre a voz sem nome dos outros, e faz com que se veja junto ao poeta o homem. Encha todo o teu espírito de lume, procura o empenamento da cume, e se o apoio rugoso do teu bastão, embate algum obstáculo ao teu desejo, ¡ ABANA A ASA DO ATREVIMENTO, PERANTE O ATREVIMENTO DO OBSTÁCULO ! (Palavras Fundamentais, Nicolás Guillen)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: