Presidente da África do Sul ratifica posição firme do seu país contra o bloqueio de Cuba

El parlamento confirmó este jueves a Cyril Ramaphosa como nuevo presidente de Sudáfrica. Foto: AP

O presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, confirmou nesta segunda-feira a posição firme de seu país contra o bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto a Cuba pelos Estados Unidos, considerado injusto e ilegal.

Durante uma reunião cordial e amigável com o vice-presidente de Cuba, dos Conselhos de Estado e de Ministros, Inés María Chapman, que está em visita oficial ao país Africano, o presidente disse que o país vai continuar a defender o levantamento da cerca unilateral.

Ele advertiu que no mundo há um ressurgimento de forças reacionárias, então a atenção deve ser dada à unidade dos progressistas.

Nesse sentido, Ramaphosa disse que a África do Sul está ao lado de Venezuela e seu presidente Nicolas Maduro, “num momento em que o governo dos EUA tenta unir forças para desmantelar o governo eleito pelo povo”.

“A África do Sul está entre o grupo de países do mundo que apóia o presidente Maduro e o povo da Venezuela”, disse o presidente do Congresso Nacional Africano.

Na conversa descontraída, Ramaphosa se referiu ao processo eleitoral da chamada nação arco-íris, cujas eleições serão realizadas em 8 de maio.

O vice-presidente, por sua vez, agradeceu a África do Sul para a atitude firme em relação à questão do bloqueio e por sua vez reiterou que, apesar das medidas coercivas unilaterais injustas que o mundo rejeita, Cuba não vai parar seus programas de cooperação com as nações do continente.

Em sua conta no Twitter, ele destacou os laços de amizade entre Havana e Pretória.

Inés María Chapman Waugh @ InesMChapman
Tivemos uma reunião cordial com Cyril Ramaphosa, presidente da República da África do Sul. Fortalecimento das relações bilaterais entre #Cuba e # África do Sul, esperança, amizade, força. Obrigado # África, a luta continua, a vitória é verdadeira. # Somos Cuba. # Nós continuamos.
115
12:26 – 25 de março 2019

62 pessoas estão falando sobre isso

 

Mais de 580 cooperadores prestam seus serviços na nação africana nos setores de saúde, educação, recursos hídricos e assentamentos humanos, entre outros.

(Com informações da Prensa Latina)

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: