Cuba e agências da ONU apresentarão projeto de cooperação.

Presentarán proyecto de cooperación Cuba y agencias de ONU

Um projeto de cooperação das agências da ONU e do Ministério da Agricultura (Minag) será apresentado amanhã no hotel Meliá Habana.

A introdução de novos métodos agrícolas para a conservação e uso sustentável da biodiversidade, incluindo recursos genéticos de animais e fito, em paisagens produtivas em áreas selecionadas de Cuba, é o seu título.

Por um período de cinco anos, a iniciativa conta com o apoio do Fundo para o Meio Ambiente Mundial (GEF) e da Food and Agriculture Organization das Nações Unidas (FAO), disse Sarah Paz Martin, um especialista na representação deste último em Havana.

Segundo o programa, os gerentes do GEF, FAO e organizações da Administração Central do Estado devem comparecer à reunião.

Além disso, produtores agrícolas de várias províncias, pesquisadores, técnicos das áreas protegidas selecionadas e outros convidados.

Graciano da Silva, Diretor Geral da Organização FAO, recebeu em fevereiro passado José Carlos Rodríguez Ruiz, Representante Permanente de Cuba junto às Organizações Internacionais, com sede em Roma, Itália.

Ambos os diplomatas discutiram o desenvolvimento econômico-social cubano, entre cujos setores estratégicos estão o setor agroindustrial, suas relações com o grupo e outras questões sensíveis para a América Latina e o Caribe, disse o Ministério das Relações Exteriores cubano.

Da Silva expressou sua satisfação pelo aumento do volume de recursos para a cooperação entre sua instituição e Cuba, que inclui o aumento da capacidade técnica em práticas agrícolas.

Isso significou a próxima aprovação de dois novos projetos da FAO para a ilha, com recursos do Fundo Verde para o Clima e do Fundo Global para o Meio Ambiente.

A reunião discutiu os perigos que ameaçam a América Latina e o Caribe, particularmente para a segurança alimentar, com base na interferência externa e no uso de alimentos para pressão política.

Embaixador cubano sublinhou a importância de respeitar e fazer cumprir as disposições da Proclamação da América Latina e do Caribe como Zona de Paz, aprovada por unanimidade na II Cúpula da Comunidade de Estados da América Latina e das Caraíbas (CELAC), realizada em Havana em 2014

Categories: Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: