Presidente Diaz Canel: seu primeiro ano de administração.

“Por definição, o imperialismo é agressivo, é hegemônico, é dominante, os imperialistas não só MATAM lá, aqui, em todos os lugares, ROUBAM, EXPLORAM, tomam, mentem, são a personificação de todas as coisas IMORAIS e MAUS do mundo”. “Um povo que é capaz de superar suas próprias falhas, seus próprios erros, um povo que nada teme,Continue a ler “Presidente Diaz Canel: seu primeiro ano de administração.”

O revolucionário Bertolt Brecht.

Brecht não transformou apenas o teatro alemão; seu trabalho capturou seu compromisso radical com a política socialista e a emancipação do povo trabalhador. Por Marc Silberman*, no Jacobin Bertolt Brecht foi um dos mais importantes dramaturgos, poetas e pensadores do século 20. Um marxista não ortodoxo que buscou novas maneiras de unir arte e política, duranteContinue a ler “O revolucionário Bertolt Brecht.”

Segundo lote de ajuda humanitária da Rússia chega à Venezuela.

Caracas recebe ajuda da OMS e da OPAS. O site Sputnik informa que o segundo lote de ajuda humanitária da Rússia, no âmbito dos programas de apoio da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), chegou à Venezuela. “Até onde eu sei, [o carregamento] já está aqui. Está passando por liberação alfandegária”,Continue a ler “Segundo lote de ajuda humanitária da Rússia chega à Venezuela.”

Os cubanos e a Revolução: verdades que as fake news não podem esconder.

Armando Calderón foi um gênio da minha infância e de cubanos e cubanas da minha geração. Todos os domingos, de manhã, sentávamos em frente à televisão para assistir às antigas comédias de filmes mudos às quais Calderón punha a voz. Por Iroel Sánchez, no Granma “Mata sete” era o nome com que Calderon batizava o atorContinue a ler “Os cubanos e a Revolução: verdades que as fake news não podem esconder.”

Endurecimenro do bloqueio dos EUA a Cuba afeta a Europa.

Casa Branca de Donald Trump lança ofensiva na América Latina. O governo dos Estados Unidos, presidido por Donald Trump, deve anunciar hoje o endurecimento do bloqueio econômico a Cuba como parte de uma nova rodada de sanções contra o país. A medida permitirá a cubanos que emigraram para os Estados Unidos entrar na Justiça paraContinue a ler “Endurecimenro do bloqueio dos EUA a Cuba afeta a Europa.”

UE ignora EUA e anuncia investimentos em Cuba.

Ação dos EUA contra Cuba é “ilegal”, “imoral” e “contrária ao direito internacional”,  diz embaixador europeu. A União Europeia (UE )aprovou o financiamento de 61,5 milhões de euros para projetos de cooperação com Cuba, no âmbito de um acordo bilateral assinado em Havana, na terça-feira (16). O valor, que será desembolsado integralmente pela UE naContinue a ler “UE ignora EUA e anuncia investimentos em Cuba.”

Cuba: A resposta digna de um povo altivo.

“Nenhuma ameaça de represália contra Cuba, nenhum ultimato ou chantagem do atual governo dos EUA desviará o comportamento internacionalista da nação cubana, apesar dos devastadores danos humanos e econômicos causados pelo bloqueio genocida ao nosso povo”. O Governo dos Estados Unidos da América anunciou, nesta quarta-feira (17) que irá aplicar, contra Cuba, o Título IIIContinue a ler “Cuba: A resposta digna de um povo altivo.”

A história não contada (que todos sabem) de dois republicanos na Flórida

Antes de condenar os outros, cada um deve se examinar por um longo tempo “, disse Molière, o gênio da comédia francesa, e é exatamente o que poderia ser recomendado aos senadores Marco Rubio e Rick Scott, que vieram dos Estados Unidos. o núcleo duro do ataque contra a Venezuela.

Unasur: a traição de baixar as bandeiras

Autor: Elson Concepción Pérez Quando a 23 maio de 2008 os líderes dos 12 países sul-americanos deram o passo integracionista plausível de criação da União das Nações Sul-Americanas (Unasul), ar limpo de impurezas e traições, olhou-enfim atender os anseios de Bolívar, San Martín e Martí, entre muitos outros, e caminham em direção ao essencial: a união.