Um vazamento revela que Trump abandonou pacto com o Irã para apagar o legado de Obama

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deixou o acordo nuclear com o Irã para apagar o legado de seu antecessor, Barack Obama, de acordo com novas mensagens vazamentos ex-embaixador britânico agora divulgado hoje em Londres.

A nova revelação aparece na edição de domingo do jornal Daily Mail on Sunday, que na semana passada publicou outros telegramas diplomáticos em que o representante do Reino Unido para o país do norte, Kim Darroch, descreveu o governo de Trump inepto e disfuncional.

Segundo diz jornal de domingo, depois de uma visita a Washington pelo então secretário do Exterior britânico Boris Johnson no ano passado, Darroch advertiu Londres, que o governo dos EUA tinha cometido um ato de ‘vandalismo diplomática’ quando decidiu retirar-se do pacto nuclear assinado pelas potências ocidentais com Teerã em 2015.

Em sua mensagem, o diplomata acredita que por trás dessa decisão era motivações ideológicas e de personalidade, e também aponta que ninguém na Casa Branca parece ser capaz de articular uma estratégia para o ‘dia seguinte’ a quebra do acordo, e que o departamento O estado também não tinha planos de explicar às nações aliadas.

jornal britânico revelou no domingo os novos telegramas diplomáticos Darroch, apesar das advertências feitas ontem pela Polícia Metropolitana, o vice-comissário, Neil Basu, ameaçou processar a mídia para publicar tal material confidencial.

Na sequência das declarações por Basu, que também pediu o autor de filtração entrega às autoridades, vários políticos locais, incluindo os candidatos para substituir o primeiro-ministro Theresa May, Boris Johnson e Jeremy Hunt, eo líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, concordou em defender o direito da imprensa de publicar os vazamentos.

Trump, por sua vez, reagiu às opiniões dos Darroch em seu governo com uma série de epítetos contra o diplomata, acusando-o mesmo de ‘estúpido’ e ‘arrogante’, e criticou Maio, que disse ter negociado ” tolamente ‘a polêmica saída do Reino Unido da União Européia.

A crise culminou na quarta-feira passada com a renúncia do embaixador, apesar do fato de o governo britânico ter elogiado sua franqueza e expressado seu total apoio.

Até agora, a investigação iniciada pela Scotland Yard para identificar o autor do vazamento não produziu resultados.

(Com informações da Prensa Latina)

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: