Protestos se intensificam em Porto Rico.

Os porto-riquenhos saíram às ruas após a divulgação de mensagens enviadas pelo governador de Porto Rico, Ricardo Rosselló, em chats privados, nos quais faz piadas preconceituosas e ataca políticos, jornalistas e artistas do país, como Ricky Martin e Bad Bunny. X

O rapper porto-riquenho Rene Perez, conhecido como Residente, discursa ao lado de artistas da ilha durante protesto na quarta feira (17), na capital, San Juan - Eric Rojas - 17.jul.2019/AFP

Rosselló também é acusado de desviar US$ 15 milhões de dólares (cerca de R$ 56 milhões) de fundos federais americanos destinados à recuperação da ilha após passagem do furacão Maria, em 2017. A informação é da Agence France-Presse.

Na quarta (17), os protestos terminaram com enfrentamentos entre manifestantes e polícia, além de detenções.

“As manifestações que ocorreram nesta tarde e na noite de ontem não passaram despercebidas por mim, pela família e certamente por ninguém do povo de Porto Rico”, disse Rosselló em um comunicado.

“Reconheço o desafio que tenho diante de mim devido às controvérsias recentes”, afirmou o governador do território americano, “mas acredito firmemente que é possível restaurar a confiança e que podemos, depois deste processo doloroso e penoso, conseguirmos uma reconciliação”.
Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, mencionou Rosselló em uma publicação numa rede social. “Muitas coisas ruins estão acontecendo em Porto Rico. O governador está sitiado”, escreveu.

O presidente também chamou o governo da ilha de corrupto e afirmou que as autoridades porto-riquenhas estavam roubando do governo americano. “O Congresso insensatamente deu US$ 92 bilhões para a recuperação [da ilha] após o furacão Maria, e grande parte foi desperdiçada”, disse Trump.

Artistas como Benicio del Toro e os cantores Ricky Martin, Bad Bunny, René Pérez (conhecido como Residente) e Ileana Cabra participaram do ato.

Na madrugada da quinta-feira, após o fim da marcha, manifestantes atiraram pedras e coquetéis molotov nos policiais, que responderam com bombas de gás lacrimogêneo.

Orlando, Miami e Nova York também foram palco de protestos nos últimos dias — as cidades abrigam grandes comunidades de porto-riquenhos.

Categories: Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: