45% dos americanos passam por julgamento político contra Trump, segundo pesquisa

De acordo com uma pesquisa publicada na segunda-feira passada pela Reuters, 45% dos americanos apóiam a possibilidade de um julgamento político contra o presidente Donald Trump.

Com uma diferença de oito pontos percentuais em relação à semana passada, as acusações contra Trump de supostas pressões contra o governo ucraniano para difamar seu rival político democrata, Joe Biden, em face das eleições de 2020, inclinam a balança contra ele.

34% das pessoas ouviram falar “muito” sobre o escândalo ucraniano nesta semana, enquanto outros 30% disseram ter ouvido “alguns” detalhes sobre o escândalo. Quanto à credibilidade das informações que receberam, 43% deram crédito à história.

Nancy Pelosi

@SpeakerPelosi

The most startling thing about @realDonaldTrump’s behavior is how he fails to recognize the severity of his abuses of power. @60Minutes

https://pbs.twimg.com/media/EFrDQonW4AAb5ik?format=jpg&name=small

Segundo os resultados da investigação, 60% dos entrevistados condenam o fato de um funcionário eleito recorrer a um governo estrangeiro para atacar um rival político, neste caso, o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskiy.

A investigação para iniciar um processo de impeachment (julgamento político) começou na semana passada pela Câmara dos Deputados, depois de receber o relatório afirmando que Trump tentou tirar vantagem de quase US $ 400 milhões em ajuda dos EUA em troca de um favor político de Zelenskiy.

Esta pesquisa, realizada de 26 a 30 de setembro para mais de 2.200 adultos nos EUA, mostrou que quase metade deles apóia a demissão do magnata republicano, em comparação com 41% que rejeitam essa opção.

Entre os partidários democratas, 74% apoiam o impeachment de Trump, enquanto apenas 13% dos republicanos optaram por essa medida. Quanto aos independentes, ele permanece com 37% de apoio.

Segundo o cientista político da Universidade de Michigan, Nicholas Valentino, a opinião pública varia de acordo com a posição dos partidos políticos.

Quando a investigação terminar, se a Câmara dos Deputados votar a favor do impeachment, o caso será encaminhado para o Senado, onde os republicanos têm maioria e, somente se alcançarem os votos necessários para aprovação, o processo político prosseguirá.

(Retirado da Telesur)

Quem são as principais figuras do impeachment?

Dentro dos próximos meses, o processo de impeachment (julgamento político) contra o presidente dos EUA, Donald Trump, apresentará várias figuras da política americana como protagonistas, enquanto controla o processo com o qual a oposição democrata procura resolver Trump da Casa Branca.

O processo foi iniciado por uma queixa de um informante anônimo (um membro do corpo de inteligência) que revelou a existência de uma conversa telefônica na qual Trump sugeriu ao presidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky, que investigasse o ex-vice-presidente Joe Biden.

Essa chamada foi interpretada pelos críticos de Trump como uma tentativa ilegítima de pressionar um governo estrangeiro a obter informações incriminadoras sobre um rival eleitoral. Por sua vez, a Casa Branca considera que foi simplesmente uma ligação “normal” entre dois líderes.
Quais números serão relevantes?

Em primeiro lugar, Nancy Pelosi, considerada a mulher mais poderosa do país e a terceira pessoa mais importante na política americana, atrás apenas do presidente Trump e do vice-presidente Mike Pence.

Após a vitória de seu partido nas eleições de novembro de 2018, Pelosi voltou a ser presidente da Câmara, então teve que silenciar uma revolta nas fileiras de seu partido, onde um grande grupo de jovens legisladores pedia uma revezamento geracional urgente.

Dessa forma, Pelosi procurará impulsionar o processo de impeachment, mantendo a unidade nas fileiras democratas e controlando os tempos para tentar impedir que essa operação se torne uma arma que reforça a candidatura de Trump à reeleição.

Por outro lado, aparece o presidente do Senado dos EUA, o republicano Mitch McConnell, que desde 2006 é o líder dos republicanos no Senado, embora só em 2015 ele assumisse a presidência dessa instância.

A partir dessa posição, ele exerce um forte controle sobre as prioridades legislativas e orçamentárias que a Câmara Alta vota e se destaca por não votar em inúmeras propostas aprovadas pelos democratas que chegaram às mãos da Câmara dos Deputados.

O impeachment deve passar para o Senado, onde a remoção do presidente é submetida a votação. Portanto, se esse processo prosseguir sem problemas e chegar à câmara alta, McConnell terá um papel fundamental na decisão sobre o futuro político de Trump.

Também destaca o papel de Adam Schiff, legislador democrata que preside o Comitê de Inteligência da Câmara dos Deputados, um dos seis comitês responsáveis ​​por fazer as investigações iniciais a partir das quais será decidido se o impeachment contra Trump continua.

Este congressista, eleito pela Califórnia desde 2001, tem confrontos com a Casa Branca há anos, como membro do Comitê de Inteligência foi responsável por participar de investigações sobre a suposta interferência russa nas eleições presidenciais de 2016 nos EUA.

Foi assim que Schiff anunciou que seu comitê já havia tomado as providências necessárias para realizar uma audiência com o informante anônimo que fez a denúncia sobre a ligação entre Trump e o presidente da Ucrânia.
Finalmente, destaca-se a influência de Jerrold Nadler como presidente do Comitê Judiciário da Câmara dos Deputados.

Essa instância será a que receberá os resultados das investigações feitas pelos outros seis comitês e é aí que, em primeiro lugar, será decidido se Trump é considerado submetido ao julgamento e quais devem ser as acusações.

Assim, esse legislador democrata é responsável por uma etapa central de todo o processo.

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: