Daily Archives: 21 de Outubro de 2019

Presidente chileno declara “em guerra” contra seu próprio povo

Em Valparaíso, os manifestantes atearam fogo no jornal local El Mercurio, o jornal mais antigo em circulação no Chile. Foto tirada do Infobae.

O presidente chileno, Sebastián Piñera, declarou seu país em estado de guerra contra os protestos populares que o governo enfrenta há três dias, o que levou à violência. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Brasil: Jair Bolsonaro é acusado de comprar votos para seu filho Eduardo

Eduardo Bolsonaro (esquerda), filho do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (direita), em entrevista coletiva em 7 de novembro de 2018. Foto: EFE.

Waldir Soares, chefe do bloco de deputados do PSL (Partido Social Liberal), acusou o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, no domingo de comprar os votos dos legisladores para beneficiar seu filho Eduardo e torná-lo o líder do grupo político. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Vice-presidente cubano presta homenagem no Japão às vítimas do holocausto nuclear

O cenotáfio salva os nomes de mais de 290 mil pessoas mortas devido aos terríveis efeitos da bomba. Foto: Embacuba-Japão

No primeiro dia de sua visita ao Japão, o vice-presidente do Conselho de Ministros de Cuba, Roberto Morales Ojeda, prestou homenagem às vítimas do bombardeio atômico da cidade de Hiroshima. Em nome do povo e do governo cubanos, Morales e a delegação acompanhante fizeram uma oferta floral no Monumento da Paz, cujo cenotáfio mantém o nome de mais de 290 mil pessoas mortas devido aos terríveis efeitos da bomba.

O líder cubano foi recebido pelo vice-prefeito Nobuyuki Koike, que agradeceu a Cuba por sua posição consistente em favor do desarmamento nuclear e da conquista de um mundo de paz.

Posteriormente, e sob a orientação de seu diretor, ele visitou o Museu da Paz, uma área que mostra comoventes testemunhos gráficos dos estragos da explosão. Ao assinar o livro do visitante, Morales expressou-se profundamente comovido com a história desse crime repugnante e lembrou a frase do comandante Fidel Castro Ruz, quando em 2003 ele visitou o Museu, “nunca repita tal barbárie”.

A delegação, composta pelo embaixador Carlos M. Pereira e altos funcionários do Ministério das Relações Exteriores, também visitou o Monumento à Paz das Crianças, que evoca Sadako Sasaki, a garotinha que não conseguiu completar os mil guindastes de papel antes do A leucemia vai tirar a sua vida.

Em declarações à imprensa local, o vice-presidente reiterou a firme vontade de Cuba de alcançar um mundo livre de armas nucleares, que ameaça a própria existência de nossa espécie e do planeta.

Categories: # Cuba, Japon, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

O presidente da #Cuba @DiazCanelB parabeniza os artistas pelo dia da #Cultura Cubana.

“Cuba é uma cidade que ama e acredita, e gosta de amar e acreditar”. José M


Abraços aos nossos compatriotas no Dia da Cultura Cubana, especialmente aos nossos artistas e criadores, apoio espiritual à Pátria. Cuba é cultura, ele escreveu em sua conta @DiazCanelB.

Dia da cultura cubana, espada e escudo da nação, que 151 anos atrás canta: Morrer pelo país é viver!

As efemérides lembram a entonação pela primeira vez do Hino Nacional, quando tropas de Mambian sob Carlos Manuel de Céspedes foram libertadas na cidade de Bayamo, a leste da ilha.

O advogado Pedro Figueredo escreveu os versos para eternizar o espírito rebelde dos Mambises e toda a disposição de lutar até o fim pela libertação de toda Cuba.

Categories: # Cuba, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

#Cuba “O país contempla você com orgulho” #CulturaCubana

Neste domingo, 20 de outubro, o Dia da Cultura Cubana é comemorado em todo o país. 151 anos após a captura da cidade de Bayamo pelo Exército Libertador. No meio dessa alegria, o “Bayamo Hymn”, chamado La Bayamesa, foi entoado pela primeira vez, como uma expressão de seu caráter revolucionário e o local onde nasceu a rebelião nacional.


Desde então, suas anotações presidiram todos os atos do movimento de independência.

Seria o campo de Mambí, uma mistura de homens e mulheres, de brancos, negros e chineses, de cubanos e internacionalistas da América Latina, Europa e América do Norte, onde o “ajiaco cubano” era cozido no fogo intenso da maniga. Várias formas culturais associadas ao modo de ser, fazer e pensar de Cuba e de Cuba constituíam os elementos culturais que tornavam a decisão de independência inalterável. A consciência patriótica, desde então, era a consciência revolucionária.

O destacado etnólogo e sociólogo cubano Fernando Ortiz recorreu à metáfora para descrever o processo de formação da cultura cubana: “a imagem do ajiaco crioulo nos simboliza bem a formação do povo cubano”. Uma investigação mais recente da informação genética da população de Cuba revelou a miscigenação de seus habitantes. Segundo o estudo, 70% são de europeus, 20% de africanos, 8% de aborígines e cerca de 2% de chineses.

Essa diversidade genética e cultural nos distingue como cubanos. Suas origens remontam ao século XVIII, quando ocorreram vários eventos socioculturais que permitiram o desenvolvimento intelectual da sociedade crioula, a formação da consciência nacional, o surgimento de ideais patrióticos, a realização das primeiras conspirações separatistas, que influenciaram anos depois, no pensamento da independência e na formação da nacionalidade cubana. Entre as mais representativas estão as fundações do Seminário Conciliar de San Basilio Magno, em Santiago de Cuba (1722); o Colégio de San Carlos, que mais tarde se fundiu com o de San Ambrosio, em Havana (1773); e a Universidade Real e Pontifícia de San Gerónimo de la Habana (1728).

É precisamente nestes dois últimos que vários homens foram formados, muitos dos quais resultariam na passagem do tempo, ilustres cubanos, antepassados ​​da independência. Os destaques incluem Félix Varela e Morales (1788-1853), José da Luz e Caballero (1800-1862), Carlos Manuel de Céspedes del Castillo (1819-1874) e Rafael María de Mendive (1821-1886). Em 1838, Céspedes obteve o diploma em Direito e trinta anos depois, no leste do país, deixou de lado o manto para iniciar as lutas pela independência e se tornar o Pai da Pátria. Mendive culminou a mesma carreira em 1844 e foi conhecido por seu patriotismo e extensa criação literária. Ele foi por vários anos o professor e protetor de quem se tornaria o mais universal dos cubanos: José Martí Pérez.

Gerações após gerações de cubanos cresceram e se formaram nessa escola de patriotismo e idéias revolucionárias. O movimento revolucionário da década de 1950 – liderado por Fidel – foi o resultado de um processo original, em que a conscientização política dos setores sociais envolvidos estava em ascensão. O pensamento e a ação das lutas de 1868, 1895 e 1930 como os maiores expoentes da libertação nacional, estavam inter-relacionados com as idéias de Marx e Lenin, como uma teoria científica para interpretar os problemas do país e o fundamento essencial da libertação social. Continuar a ler

Categories: # Cuba, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Alerta sobre planos de golpe de #EEUU contra #Bolivia

O recente alerta de planos de um golpe de estado com a participação dos Estados Unidos formulado pelo presidente da Bolívia, Evo Morales, hoje se encarrega de uma denúncia ao portal Rebelde da Nicarágua.

‘Se Evo Morales vencer as eleições em 20 de outubro, será instaurado um governo de transição cívico-militar. Este novo governo não reconheceria a vitória eleitoral de Evo e alegaria fraude durante as eleições ”, descreve a publicação digital.

A Rebelde da Nicarágua faz essa denúncia sob o rótulo de ‘A Embaixada dos EUA. em La Paz, ele continua suas ações secretas na Bolívia para apoiar o golpe contra o presidente Evo Morales.

Este portal acredita que, para justificar o estabelecimento de um governo paralelo no poder, a oposição precisa criar um clima de instabilidade no país sul-americano.

Para esse fim, ele acrescenta, as forças da oposição através dos comitês cívicos e em aliança com o chamado Coordenador Militar Nacional estão preparando uma tropa de choque juvenil para realizar ações violentas principalmente nas cidades de Santa Cruz e La Paz .

Segundo o portal, esses grupos seriam inseridos nos protestos convocados para provocar violentos confrontos com a polícia, como ocorreu na cidade de Santa Cruz durante o encerramento da campanha do Movimento ao Socialismo (MAS).

Simultaneamente, explica a fonte, ocorreria uma revolta militar, com ações organizadas pelo Coordenador Militar Nacional com o apoio do Sindicato dos Militares Aposentados de Santa Cruz.

Essa última cidade seria a sede do chamado governo de transição para consolidar os planos da oposição de dividir o país em duas frentes: o Ocidente e o Oriente, que gerariam caos e até uma possível guerra civil, explica Nicarágua Rebelde.

Ao se referir aos preparativos para esta operação, o portal indica que de Miami eles partiram para o porto chileno de Iquique, perto da Bolívia, embarcações com armas e munições dentro de contêineres, cuja carga foi declarada como ‘diversa’.

Pessoas não ligadas à oposição foram recrutadas e contratadas com o único objetivo de fornecer seus nomes e remover contêineres do porto.

Nicarágua Rebelde afirma que o cidadão boliviano Juan Carlos Rivero é responsável por comprar as armas nos Estados Unidos e enviá-las ao Coordenador Militar Nacional na Bolívia.

O portal acrescenta que Rivero está diretamente ligado ao político Manfred Reyes, também baseado nos Estados Unidos e à embaixada de Washington em La Paz.

Esse oponente neoliberal reapareceu recentemente na arena pública boliviana, quando, na última semana da campanha eleitoral, ele postou uma mensagem em apoio ao candidato da Comunidade Cidadã, Carlos Mesa.

A Nicarágua rebelde indica que a embaixada dos EUA seguiu permanentemente a entrega de armas e munições por meio de colaboradores secretos, e com esse objetivo eles se encontraram clandestinamente com figuras da oposição boliviana.

Categories: #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Bolívia, BOLIVIA Evo Morales Fidel Castro Hugo Chávez, eeuu, Governo boliviano denuncia violência da direita contra instituições do Estado, Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Arroz de frango grelhado

Olá amigos, boa tarde. Como sempre, trago a receita do dia. Hoje, deliciamo-lo com um prato da cozinha cubana. Comemorando nos dias de hoje sua cultura e tradições. Espero que você goste desta mistura de sabores do Caribe, recomendo-os, para mim foi uma experiência inesquecível , bom apetite

Ingredientes
1 frango de 1,5 Kg.
¾ xícara de óleo
4 cebolas
1 raminho de salsa
1 pimenta grande
2 dentes de alho
12 tomates pequenos
1 xícara de vinho seco ou vinho branco
1 colher de sopa de sal
4 xícaras de caldo de galinha
½ xícara de açafrão, bijol ou corante amarelo
½ colher de chá de cominho em pó
¼ colher de chá de pimenta moída
500 gramas de arroz
3 pimentos assados
1 cerveja
1 limão verde
1 xícara de petit pois (ervilhas)

Modo de preparação
Lave e corte o frango aos oitavos. Doe em óleo quente. Nesse mesmo óleo, refogue com a cebola e o pimentão picados, a salsa, os dentes de alho e os tomates ralados sem sementes.

Coloque o frango para que fique bem impregnado com o sofrimento, adicione o caldo e deixe ferver por alguns minutos, para que comece a amolecer. Adicione o vinho seco, sal, açafrão, cominho, pimenta e água do pimentão assado.

Adicione o arroz lavado e mexa bem. Adicione três quartos da cerveja, suco de limão e petit pois. É hora de corrigir o ponto de sal.

Cozinhe por quinze minutos. Adicione a cerveja restante e, se parecer que vai secar, mais um pouco de vinho seco. Deixe em fogo muito baixo até que esponja. Ao servir, decore com tiras de pimentão assado.

Categories: #Comer Sano, Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

O dia da cultura cubana é comemorado em Angola.

Apesar dos muitos esforços do Império do Norte para minimizar, oprimir e desonrar o povo cubano, eles conseguiram em sua cultura transcender e alcançar diferentes povos do mundo e serem amados por seus habitantes, infectando todos com o espírito alegre que os caracteriza. , desta vez, pela mão do cantor cubano Pedrito Calvo, nos deliciando com sua apresentação na bela cidade de Luanda, uma irmã que abrirá suas portas para comemorar o dia nacional da cultura cubana.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé

No centro cultural Paz Flor, em Luanda, com parte do grupo de jacarés (ex-estudantes angolanos em Cuba), organizadores da gala do 40º aniversário, finalizando os detalhes da apresentação de Pedrito Calvo em 25 de outubro.

Pedrito e seus cantores já em Luanda. Os 24, comemorando o Dia da Cultura Cubana e os 25, em Paz Flor com os jacarés. Bem-vindo

Categories: # Cuba, Cooperacion Cuba y Angola., Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Chile As pessoas na luta contra o capitalismo e sua barbárie

Continuar a ler

Categories: #Chile, Estados Unidos, Imperialismo, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Angola tem avanços nos direitos humanos

Fotografia: Mota Ambrósio | Edições Novembro

A secretária de Estado para os Direitos Humanos e Cidadania, Ana Celeste Januário, desmentiu, sábado, no Luena, que Angola seja dos piores países em matéria de respeito pelos direitos humanos.

Ao responder a um suposto relatório segundo o qual Angola é um dos piores países em direitos humanos, Ana Celeste disse que desconhece a fonte deste relatório. “Temos um sistema de alerta, trabalhamos com as instituições e não acredito que isto seja verdade. Trabalhamos com o sistema de direitos humanos africano e estamos entre os 11 países que estão a cumprir as obrigações a nível de África”, afirmou.
A secretária de Estado cumpriu, entre quinta-feira e sábado, uma visita de trabalho no Moxico, onde orientou o seminário sobre o reforço do Comité Provincial de Direitos Humanos e sua expansão para os municípios e comunas. Ana Celeste Januário insistiu que Angola é membro do Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas e tem dado passos significativos no sentido de honrar os compromissos. “Não estou a dizer que somos um paraíso, mas um país que dá passos. Se fôssemos piores, com certeza que não estaríamos nestes fóruns e nem seriamos eleitos”, sublinhou.
Relativamente ao tráfico de seres humanos, Ana Celeste Januário afirmou que Angola aderiu à campanha internacional contra o tráfico e há toda a necessidade de o Ministério da Justiça, na qualidade de coordenador desta comissão, preocupar-se com a informação sobre o crime organizado.
A secretária de Estado sublinhou que os hábitos culturais de Angola, de alguma forma, podem ajudar a facilitar estes impostores e redes de criminosos, aproveitando-se das coisas boas, como a solidariedade e irmandade para intentar algumas acções. “É normal ver hoje pessoas que vão às aldeias e dizem: “quero levar uma criança” e as pessoas entregam a criança, sem saber para onde é levada e, algumas vezes, levam-na para o estrangeiro, com promessas de estudar e ter uma vida melhor”, exemplificou.
No caso particular do Moxico, a secretária de Estado foi informada sobre alguns aspectos de confronto entre o direito costumeiro e o positivo, tendo apontado como exemplo a crença no feitiço. “Para nós, o Moxico é motivo de preocupação. Quando visitámos as cadeias, encontrámos pessoas detidas (homens e mulheres) por tentativa de fazer justiça com as próprias mãos, influenciadas por adivinhos”, disse.
O seminário sobre o reforço do Comité Provincial do Moxico de Direitos Humanos e sua expansão para os municípios e comunas juntou magistrados judiciais e do Ministério Público, advogados, membros do Governo, estudantes do curso de Direito, autoridades tradicionais e eclesiásticas.

Francisco Queiroz em Marraquexe

O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz, participa na II edição da Conferência Internacional de Marraquexe sobre a Justiça, que decorre entre hoje e amanhã, naquela cidade marroquina.
De acordo com uma nota do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, a conferência, que decorre sob o lema “Justiça e investimento: apostas e desafios”, é realizada pelo ministério homólogo marroquino, em colaboração com o Conselho Superior do Poder Judiciário e a Presidência do Ministério Público daquele país.
A conferência tem como objectivo melhorar a utilização dos mecanismos de cooperação internacional para a partilha de experiências e a uniformização das melhores práticas, de modo a serem usados para maior extensão possível e integrados no sistema de globalização.
A II Conferência de Marraquexe visa, igualmente, o estabelecimento e consolidação de pontes de comunicação e convergência entre sistemas jurídicos e judiciais e o intercâmbio contínuo de conhecimentos e informações, a fim de identificar as reformas alcançadas por cada Estado, bem como a disponibilização de propostas inovadoras, contribuindo para o desenvolvimento e valorização dos processos no sistema jurídico e judicial.
A promoção do investimento, o reforço da competitividade das empresas, o envolvimento em transformações económicas mundiais, bem como a reabilitação dos vários componentes no contexto empresarial são outros dos propósitos do encontro. Temas como “Modernização do sistema jurídico empresarial”, “O papel da Justiça na promoção do contexto empresarial”, “Uso da tecnologia de informação” e “Estacas de agrupamento regionais” estarão em discussão.
A II Conferência Internacional de Marraquexe sobre Justiça realizou-se no ano passado com o tema “A independência do Poder Judiciário, assegurando os direitos dos litigantes”.

Falha técnica

Uma falha técnica no processamento do jornal levou a que, na página 4 da nossa edição de ontem, saísse incompleta a parte final do último parágrafo da notícia sobre o encontro que o Presidente João Lourenço teve com a juventude no Cuito, província do Bié. Pelo que, com pedido de desculpas à entidade visada e aos leitores, somos a retomar a sua redacção: “Os jovens, no futuro, vão trabalhar também para o privado. Ainda bem que esta visão é também vossa”, sublinhou o Presidente, deixando claro que, ainda assim, o Estado vai continuar a empregar.

Samuel António | Luena

Categories: ANGOLA, Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: