Eles não são defeitos, mas negativos dos EUA. UU.

Apenas quando desfrutamos do grande apoio dos fãs camagueianos do All-Star Game e aguardamos a segunda fase da 59 National Baseball Series, vale lembrar que o bloqueio do esporte cubano pelos EUA estava piorando

Autor: 

Juego de estrellas Occ vs Ort Camaguey 2019

O All-Star Game foi um teste confiável de como os torcedores cubanos apreciam seu esporte. Foto: Ricardo López Hevia
No momento em que desfrutamos do grande apoio dos fãs camagueianos do All-Star Game e aguardamos a segunda fase da 59ª Série Nacional de Beisebol, vale lembrar que o bloqueio americano ao esporte cubano estava piorando.

Além de ter quebrado o possível acordo entre a Federação Cubana de Beisebol e a Major League Baseball (MLB), essa disciplina é uma daquelas que o governo Trump tentou afetar na aquisição de seus implementos, porque cerca de 70% dos As melhores faturas são fabricadas por empresas americanas.

Esse fechamento resultou no fato de que, para a 59ª série, os apanhadores dos receptores, as luvas de batedura, os morcegos e outras equipes chegaram à Ilha quase quando deram a voz de “jogar”, graças a entidades amigáveis ​​que assumem a responsabilidade. risco de contribuir para o desenvolvimento do esporte em nosso país.

A proibição de negociar com empresas como Lousville, Wilson, XBat, Easton e Rawlings obriga a procurar os implementos mencionados em países terceiros, com um aumento entre 30 e 40% do seu preço.

A HISTÓRIA DOS TRAMPOLINES

Após o reparo da capital que devolveu seu esplendor ao Complexo de Piscinas de Baraguá, surgiu uma dificuldade com a aquisição das oito pranchas de mergulho para o mergulho.

Manuel Trobajo, chefe de garantia do Inder, que não conseguiu administrar perante os fornecedores dos EUA, cujos trampolins são aprovados como oficiais pela Federação Internacional de Esportes Aquáticos, refere-se.

Dado o compromisso assumido por Cuba na organização do Campeonato da América Central e do Caribe de mergulho e na preparação de seus atletas para o Campeonato Pan-Americano de Lima 2019, foi necessário um desembolso extra para trazê-los de um país terceiro.

Superar a armadilha, a competição se desenvolveu com sucesso.

Também os elencos que participaram de Lima 2019 enfrentaram dificuldades. Os trajes da ginástica rítmica e seus calçados, dada a impossibilidade de obtê-los nos Estados Unidos, chegaram à capital peruana pouco antes do início do evento.

Os sapatos de Fencer tinham o mesmo destino, enquanto os veleiros eram alugados em Lima quase no início da tampa. A isso se acrescenta a recusa em fornecer a Cuba os meios de arco e flecha, reconhecidos como a melhor qualidade do mundo, bem como os equipamentos utilizados no atletismo, afirmou Trobajo.

Categories: Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: