Delegação #Cubana participa de conferência internacional sobre População e Desenvolvimento

O evento, que ocorre na capital do Quênia, visa solucionar esses problemas, além de acabar com a violência de gênero, o casamento infantil e a mutilação genital feminina.

 

Cover de Noticia 3swoMT_12-11-2019_15.11.10.000000.jpg

Uma delegação cubana chefiada por Rodrigo Malmierca Díaz, ministro de Comércio Exterior e Investimento Estrangeiro, participa da 25 Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (CIPD25), que hospeda a capital do Quênia entre terça e quinta-feira, 25 anos após o momento Reunião no Cairo, onde 179 governos pediram o empoderamento de mulheres e meninas em todas as áreas de suas vidas.

Um tweet do chefe da Malmierca Díaz diz que nossos representantes já participaram do debate geral desta importante reunião. “Destacamos as conquistas de Cuba em termos de população e desenvolvimento, especialmente o papel da mulher e da saúde reprodutiva, apesar do bloqueio dos EUA”, escreveu ele em seu relato da rede social Tuiter.

A delegação das Antilhas também é integrada por Ileana Núñez Mordoche, vice-ministra do Mincex; Mayda Álvarez Suárez, diretora do Centro de Estudos da Mulher da Federação das Mulheres Cubanas, e Juan Carlos Alfonso, diretor do Departamento Nacional de Estatística e Informação. Também envolvido pelo Fundo das Nações Unidas para a População (Unfpa), Rafael Cuesta Bocanegra, coordenador de programas internacionais do escritório cubano.

Rodrigo Malmierca Díaz

@R_Malmierca

Intervimos no debate geral da Cúpula de Nairobi, ICPD25. Destacamos as realizações de  #Cuba em termos de população e desenvolvimento, especialmente o papel da mulher e da saúde reprodutiva, apesar do bloqueio do #EEUU. #SomosCuba @MINCEX_CUBA

Ver imagen en Twitter

Como parte da Conferência Internacional, Malmierca Díaz cumpre uma agenda paralela de trocas. Isso foi afirmado em um tweet: «… Nos reunimos com a ministra da Saúde, Argélia Miraoui Mohammed, que co-preside a Comissão de Cooperação Intergovernamental. Analisamos o excelente estado das relações bilaterais ».

A diretora executiva da Unfpa, Natalia Kanem, durante o início da Cúpula, disse que “estamos aqui para renovar nosso compromisso com a visão extraordinária levantada durante a CIPD do Cairo em 1994: uma visão de igualdade para mulheres e meninas, e direitos reprodutivos para todas as pessoas ».

Ele também acrescentou que “essa visão está longe de ser uma realidade e que a jornada que começamos no Cairo há 25 anos está longe de terminar”. Portanto, este evento visa solucionar esses problemas, além de travar a violência de gênero, o casamento infantil e a mutilação genital feminina.

A CIPD fez progressos no fortalecimento dos cuidados de saúde materna e na expansão do acesso a informações e serviços contraceptivos de qualidade. Mas ainda há muitas pessoas que não se beneficiaram com essas conquistas, com mais de 800 mulheres morrendo durante a gravidez e o parto todos os dias e 232 milhões de mulheres que desejam evitar a gravidez, mas não estão usando um método contraceptivo moderno.

Categories: # Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, Derechos Humanos, El 10 de diciembre, Día de los Derechos Humanos, NINOS CUBANOS, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: