Bolívia Cocaleros del Tropic permite 48 horas para o presidente de fato renunciar

Resumo da América Latina, 17 de novembro de 2019

REPUDIANO, O DECRETO DA MORTE: DECRETO SUPREMO 4078 DE JEANINE AÑEZ.

Líderes da Coordenação das 6 Federações do Trópico de Cochabamba, repudiaram a promulgação do decreto 4078, proferido pela autoproclamada presidente de fato Jeanine Añez Chávez, em 14 de novembro, e divulgada publicamente nas redes sociais no sábado, 16 de novembro. Novembro

Na prefeitura aberta de Sacaba, os plantadores de coca repudiaram o mencionado decreto, que eles descreveram como o decreto de morte que dá a carta branca às forças armadas para matar a população mobilizada.

O decreto que isenta os militares de qualquer responsabilidade criminal estabelece em seus artigos três e quatro o seguinte:
Artigo 3. O pessoal da FF.AA., que participar das operações de restauração da ordem interna e da estabilidade pública, ficará isento de responsabilidade criminal quando, em cumprimento de suas funções constitucionais, atuar em legítima defesa ou estado de necessidade, em observância dos princípios da legalidade, necessidade absoluta e proporcionalidade, de acordo com os artigos 11 e 12 do Código. Criminoso. Lei 1760 e o Código de Processo Penal.

Artigo 4. As Forças Armadas devem enquadrar suas ações conforme estabelecido no Manual de Uso da Força aprovado pelo DS. 27977, de 14 de janeiro de 2005, podendo fazer uso de todos os meios disponíveis, proporcionais ao risco operacional, de acordo com os orçamentos da Lei 400, de 18 de setembro de 2013, sobre Controle de Armas de Fogo, munições, Explosivos e outros materiais.

CONCLUSÕES DO CABILDO DAS 6 FEDERAÇÕES DO TROPICO E OUTRAS ORGANIZAÇÕES SOCIAIS EM SACABA

1.- A renúncia da autoproclamada presidente de fato Jeanine Añez Chávez dentro de 48 horas.

2.- Implantação imediata das forças armadas em suas unidades militares para evitar mais mortes e massacres do povo boliviano.

3.- Liberte imediatamente detentos injustos entre eles líderes e autoridades eleitas democraticamente.

4.- Aprovação de uma lei curta pela assembléia legislativa plurinacional que garanta eleições nacionais dentro de 90 dias.

5.- Denunciamos e repudiamos o massacre ditatorial e a violação dos direitos humanos da presidente de fato Jeanine Añez Chávez.

6.- Pedimos respeito pela whipala, que representa as 36 nacionalidades do país.

7.- O bloqueio rodoviário interdepartamental e interprovincial em nível nacional é mantido indefinidamente, até que as demandas sejam atendidas.

8.- Pedimos às autoridades competentes e à comunidade internacional que intervenham para que investiguem e punam imediatamente as autoridades intelectuais e materiais do massacre da Ponte Huayllani na cidade de Sacaba.

9.- Respeite nossos companheiros de saias.

No momento, centenas de líderes delegados das 6 federações do Trópico de Cochabamba mantêm vigília na cidade de Sacaba, enquanto a estrada principal que passa por essa região entre os departamentos de Cochabamba e Santa Cruz fica totalmente paralisada entre as cidades de Colomi , Villa Tunari, para Bulo Bulo e Yapacani.

Publicado por tudoparaminhacuba

Adiamos nossas vozes hoje e sempre por Cuba. Faz da tua vida sino que toque o sulco, que floresça e frutifique a árvore luminoso da ideia. Levanta a tua voz sobre a voz sem nome dos outros, e faz com que se veja junto ao poeta o homem. Encha todo o teu espírito de lume, procura o empenamento da cume, e se o apoio rugoso do teu bastão, embate algum obstáculo ao teu desejo, ¡ ABANA A ASA DO ATREVIMENTO, PERANTE O ATREVIMENTO DO OBSTÁCULO ! (Palavras Fundamentais, Nicolás Guillen)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: