Daily Archives: 26 de Novembro de 2019

Obras de macrodrenagem melhoram a vida da população do Capalanga

César Esteves

As obras de drenagem da Lagoa do Kinda, em Viana, a cargo da construtora chinesa CR20,vão ser concluídas no final do presente mês. A população do bairro Capalanga já comemora as melhorias do projecto.

Iniciado em Junho, o projecto consiste na construção de um canal de 4,5 quilómetros para escoar a água da Avenida Deolinda Rodrigues e da Lagoa do Kinda para o rio Mulenvos e resolver, de vez, o problema da falta de drenagem das águas da chuva numa das mais importantes vias da província de Luanda. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

25 mil pessoas vivem no interior do parque da Quiçama

Manuela Gomes | Quiçama

25 mil pessoas residem no interior do Parque Nacional da Quiçama, uma situação que tem preocupado o administrador daquela área de conservação, já que muitos deles se dedicam à caça furtiva de forma alarmante.

Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Presidente recebe convite para cimeira em Londres

João Dias

O Presidente da República, João Lourenço, poderá, em Janeiro de 2020, visitar Londres, onde vai participar na cimeira sobre o Investimento Reino Unido e África.

O convite do Primeiro-Ministro britânico, Boris Jonson, ao Presidente João Lourenço foi entregue na manhã de hoje, pela embaixadora britânica em Angola, Jessica Hand, durante a audiência que lhe foi concedida pelo Chefe de Estado angolano.
“O assunto principal que nos trouxe ao Palácio foi o de entregar o convite do Primeiro-Ministro britânico, Boris Jonson, ao Presidente da República, João Lourenço, a fim de participar na cimeira de Investimento em África, a decorrer em Londres, a 20 de Janeiro de 2020”, disse a embaixadora, no termo da audiência. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Díaz-Canel recebeu líderes religiosos dos Estados Unidos, Brasil e Cuba

O Presidente da República de Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, recebeu na segunda-feira à tarde Rudelmar Bueno de Faria e James E. Winkler, secretários gerais da Aliança Conjunta de Igrejas e do Conselho Nacional de Igrejas de Cristo dos Estados Unidos, juntamente com o teólogo brasileiro Frei Betto, Antonio Santana Hernández e Joel Ortega Dopico, presidente e secretário executivo do Conselho de Igrejas de Cuba, respectivamente. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

EUA mantém ataques a Cuba por solidariedade com a Venezuela

Escrito por  PL

EE.UU. mantiene ataques a Cuba por solidaridad con Venezuela

Hoje, o governo dos EUA incluiu em sua lista unilateral de entidades sancionadas por vínculos com a Venezuela a empresa cubana Corporación Panamericana S.A., em outro ataque à ilha por sua solidariedade com o país sul-americano.

Em um comunicado divulgado na terça-feira, o Departamento do Tesouro disse que deu esse passo porque a empresa mencionada “pertence ou está sob o controle da Cubametales”, outra entidade do país das Índias Ocidentais adicionada em julho passado à lista controversa. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Mentindo sobre a Bolívia

Por: Atilio Borón

O Papa Francisco recebeu o Presidente do Estado Plurinacional da Bolívia, Evo Morales Aym, no Palácio Apostólico do Vaticano. Foto: Notícias / Arquivo do Vaticano. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Ministro das Relações Exteriores de Cuba denuncia interferência dos EUA nos assuntos internos de Cuba

O ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez, denunciou hoje que o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, chama sua embaixada em Havana para “intervir nos assuntos internos de um país soberano que não permitirá”. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Olá amigos, o que você acha de uma lasanha para este dia ….

Categories: #Comer Sano, Comer saudable, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Bolívia Um “acordo de paz” entre o governo de fato e a COB e alguns movimentos sociais foi assinado em La Paz

Resumen Latinoamericano

25 de novembro de 2019

“Este acordo é redirecionar e redirecionar não apenas o país, mas também as estruturas orgânicas que o povo boliviano possui, através da organização que é a Central Obrera Boliviana”, disse o secretário executivo da COB Juan Carlos Huarachi.

O secretário executivo da COB, Juan Carlos Huarachi, mostra à imprensa o acordo alcançado com o governo Foto: Ministerio de Gobierno

O Ministério do Governo da ditadura foi palco da assinatura de “um acordo de pacificação” que trabalha com setores sociais desde sábado e que “imediatamente dá lugar a trabalho pela libertação de detidos nos últimos atos de violência” e à aprovação de uma lei no Legislativo para consolidar a paz na Bolívia ».

O ministro de fato do governo, o racista Arturo Murillo, e os líderes do Pacto de Unidade, à frente do líder da Central Boliviana dos Trabalhadores (COB), Juan Carlos Huarachi, assinaram o documento que inclui as demandas da segunda-feira dos setores que foram mobilizados e bloqueados após a renúncia de Evo Morales.

«Temos de nos olhar como iguais. Faremos todos os esforços para que os bolivianos nunca mais os enfrentem ”, disse Murillo, que fez parte das negociações mediadas pela Conferência Episcopal Boliviana e pela União Européia.

Para Guarachi, o trabalho deve ser realizado desde terça-feira sobre a libertação de detidos em La Paz, Cochabamba e outros lugares após 10 de novembro, dia em que Morales renunciou sob pressão das ameaças dos golpistas aos quais um motim policial foi adicionado. exigência do então comando militar de renunciar.

“Quatro setores importantes formarão essa comissão chefiada pelo Ministério do Governo, a Central de Trabalhadores da Bolívia, o Pacto de Unidade, Direitos Humanos e também representantes de organizações internacionais (pela libertação)”, afirmou.

Não há certeza sobre o número de detidos neste período de conflito.

Do acordo, «a própria Assembléia Legislativa Plurinacional recebe trabalho, de acordo com a reunião de sábado. Estes são os empregos imediatos e vamos dar seguimento “, relatou Huarachi.

É precisamente na Assembléia Legislativa Plurinacional (ALP) que o projeto de pacificação do país, com 13 pontos e cujo consenso entre organizações e o Governo, começou no último sábado no Palácio do Governo, com a participação da autoproclamada “presidente” Jeanine Áñez.

Entre os pontos apresentados pelas organizações sociais estavam a retirada das Forças Armadas, a convocação imediata de eleições gerais com a designação de probos vocais e sem filiação política, e a continuidade dos projetos em favor das regiões deixadas pelo governo anterior.

«Temos o prazer de mostrar ao povo da Bolívia que, na continuidade da reunião que tivemos no sábado até as primeiras horas do domingo, realizamos reuniões com os senhores do Pacto de Unidade, à frente da Central Operária Boliviana, conseguimos concluir nossa acordo de paz do país », afirmou Murillo no início da conferência de imprensa.

No escritório estavam líderes da Confederação Única dos Trabalhadores Camponeses da Bolívia (CSUTCB); Confederação Nacional das Mulheres Camponesas Originais da Bolívia – Bartolina Sisa; Confederação Sindical das Comunidades Interculturais da Bolívia (CSCIB); a Confederação dos Povos Indígenas do Leste Boliviano (CIDOB); e o Conselho Nacional de Ayllus e Markas del Qullasuyu (Conamaq)

No domingo, a Câmara dos Senadores suspendeu a análise do projeto de pacificação do país até que o governo e as organizações cheguem, precisamente, a um acordo definitivo.

Por outro lado, as organizações sociais do Coordenador das Seis Federações dos Trópicos recuaram para uma emergência ampliada que ocorrerá nesta terça-feira em Lauca – para analisar o cumprimento dos acordos assinados no domingo com as autoridades governamentais.

Categories: #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Bolívia, América Latina e do Caribe como Zona de Paz, forças em favor da paz, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

12 imagens de seu povo e 10 de suas frases mudas inesquecíveis …. Forever Fidel

A escada da Universidade de Havana vibrou com a homenagem da juventude ao comandante em chefe, no terceiro aniversário de sua partida para a eternidade. O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, participou deste espaço de lembrança e compromisso com o legado de Fidel.

Autor:  | internet@granma.cu

“Eu dou tabaco e digo que é veneno. Eu digo a eles: se você gosta de fumar, pode voluntariamente cometer suicídio ou fazer o que quiser com sua saúde, mas a melhor coisa a fazer com essa caixa de cigarros é entregá-la ao inimigo”.

Nota: Discurso de encerramento da Pedagogia 2005, 4 de fevereiro de 2005.

“Todas as classes reacionárias de todas as épocas históricas, quando o antagonismo entre exploradores e explorados atinge sua tensão máxima, prenunciando o advento de um novo regime social, se voltam para as piores armas de repressão e difamação contra seus adversários”.

Segunda Declaração de Havana (4 de fevereiro de 1962)

“Se fôssemos feitos de barro, se fôssemos com clara de ovo, se fôssemos macios, o que restaria deste país? O que restaria dessa Revolução?”

Encerramento do VI Congresso da UJC, 4 de abril de 1992

. “Nem cometeremos suicídio com concessões covardes e rendidas, nem nos destruiremos, não desistiremos de nossa independência, não desistiremos de nossa unidade sólida, não perderemos esperança, não desistiremos das oportunidades que a vida nos deu para construir nosso destino sem se importar condições difíceis de hoje. E para tirar o que temos, eles terão que nos exterminar, se puderem nos exterminar! “

Encerramento do VI Congresso da UJC, 4 de abril de 1992

“As idéias nem precisam de armas, na medida em que são capazes de conquistar as grandes massas”.

Discurso de 3 de agosto de 1985 na sessão de encerramento da reunião sobre a dívida externa da América Latina e do Caribe

“Nascemos em um país livre que nossos pais nos deixaram, e primeiro a ilha afunda no mar antes de consentirmos em ser escravos de alguém”.

Exercer sua própria defesa no julgamento pelo ataque ao quartel de Moncada (setembro de 1953).

“Quando os homens têm o mesmo ideal em mente, nada pode impedi-los, nem os muros de uma prisão, nem a terra dos cemitérios, porque a mesma memória, a mesma alma, a mesma idéia, a mesma consciência e dignidade encoraja a todos “.

– Exercer sua própria defesa no julgamento pelo ataque ao quartel de Moncada, em setembro de 1953

“Me condene, não importa, a história vai me absolver.”

Defesa no julgamento pelo assalto ao quartel de Moncada

 “¡Cuando un pueblo enérgico y viril llora, la injusticia tiembla!”.

Discurso proferido em 15 de outubro de 1976, no duelo das vítimas do ataque terrorista em Barbados contra um avião da Cubana de Aviacion.

“Quem não é capaz de lutar pelos outros, nunca será capaz o suficiente para lutar por si mesmo.”

Discurso de 5 de dezembro de 1988.

Categories: #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Fidel, #YoSoyFidel, Fidel Castro Ruz, Historia de Cuba, Fidel, el ejemplo imperecedero de Maceo y Che,, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: