Ministro das Relações Exteriores de Cuba denuncia interferência dos EUA nos assuntos internos de Cuba

O ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez, denunciou hoje que o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, chama sua embaixada em Havana para “intervir nos assuntos internos de um país soberano que não permitirá”.

O chefe de Relações Exteriores descreveu no Twitter as ações da representação diplomática dos EUA em Cuba, endossada por Pompeo.

Essas atividades buscam minar a ordem constitucional cubana, violar a Convenção de Viena, o acordo para restaurar as relações e as leis cubana e americana, acrescentou Rodríguez na rede social.

Bruno Rodríguez P
✔ @ BrunoRguezP

O Estado do #EEEU, que aplaude golpes e ignora assassinatos, atos de barbárie, repressão e violações do #DDHH por seus aliados, chama sua Embaixada em #Cuba para intervir nos assuntos internos de um país soberano Isso não permitirá. | #CubaEsNuestra

425
13:54 – 26 Nov 2019
Informações e privacidade do Twitter Ads
442 pessoas estão falando sobre isso

Ele acrescentou que Pompeo aplaude golpes e ignora assassinatos, atos de barbárie, repressão e violações dos direitos humanos por seus aliados.

As autoridades cubanas acusaram recentemente Washington de promover uma campanha de calúnia e desacreditação pela prisão do contra-revolucionário José Daniel Ferrer, como parte da crescente política de hostilidade contra a nação do Caribe.

Especificamente, o jornal cubano Granma divulgou uma nota na qual aponta aqui a Embaixada dos Estados Unidos como “o veículo fundamental de atenção, orientação e financiamento do comportamento de Ferrer, em clara interferência nos assuntos internos de Cuba”.

Bruno Rodríguez P
✔ @ BrunoRguezP
6h

O Estado do #EEEU, que aplaude golpes e ignora assassinatos, atos de barbárie, repressão e violações do #DDHH por seus aliados, chama sua Embaixada em #Cuba para intervir nos assuntos internos de um país soberano Isso não permitirá. | #CubaEsNuestra

Bruno Rodríguez P

@BrunoRguezP

As ações ilícitas da Embaixada dos EUA em #Cuba constituem uma interferência nos assuntos internos do país e buscam atacar nossa ordem constitucional. Eles violam a Convenção de Viena, o acordo de restauração de relacionamentos e as leis cubanas e americanas.

A gerente de negócios dessa missão diplomática, Mara Tekach, lidera pessoalmente a instigação aberta à violência, à perturbação da ordem e ao desprezo da polícia por esse cidadão, disseram as informações.

Também denuncia que a embaixada dos EUA em Cuba e particularmente Tekach se concentrou nos últimos meses no propósito fracassado de recrutar mercenários, promovendo divisão e confusão entre a população da ilha.

(Com informações da Prensa Latina)

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: