Os 41 anos de Havana como capital do cinema contra-hegemônico

O Festival Internacional do Novo Cinema Latino-Americano foi inaugurado ontem

Autor:  | internet@granma.cu

Foto: Tirada da Internet

Quarenta e um anos atrás, Havana já recebeu cineastas da América Latina e do resto do mundo em uma reunião cinematográfica que possibilita a convergência e o crescimento dos participantes e do público em geral. O Festival Internacional do Novo Cinema Latino-Americano – dedicado desta vez ao centenário de Santiago Álvarez, 60 anos do Icaic e 60 anos da Revolução Cubana – bate às portas desta animada cidade.

Hoje, às seis horas da tarde, o Teatro Karl Marx sediará cineastas, artistas, roteiristas e público em uma gala inaugural, onde, pela primeira vez neste festival de cinema, será apresentado o Balé Nacional de Cuba, em homenagem a sua prima bailarina assoluta Alicia Alonso. A odisseia dos giles, longa de ficção de Sebastián Borensztein, será o filme que abrirá o evento, no qual 167 obras, em oito seções, disputarão Coral.

Categories: "Las izquierdas latinoamericanas debemos pensar porque los pobres ya no no apoyan tanto", antilatinoamericana agenda geopolítica belicista e Donad Trump alinhados, antilatinoamericano, arte, Cine, Comunidad de Estados Latinoamericanos y Caribeños (CELAC), Cuba, Organización de Estados Americanos (OEA), Festival do Novo Cinema Latino-americano, Latinoamerica, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: