Movimento artístico e literário cubano rejeita as mentiras de Vargas Llosa

Declaração da União de Escritores e Artistas de Cuba (Uneac)

Para ele, é claro, tudo passa pela democracia eleitoral que é governada pelas leis de oferta e demanda, pelas regras do neoliberalismo e pela manipulação pública da opinião pública. Não há uma linha sobre os protestos no Chile, Colômbia e Brasil. O escritor prefere manter o silêncio cúmplice nesses casos.

Presidente cubano en el IX Congreso de la Uneac.Foto: José Manuel Correa

Há algum tempo, o escritor peruano-espanhol Mario Vargas Llosa lhe dá receitas, como um meio ao seu alcance, sobre o perfeito regime político na América Latina.

O discurso mais recente contra os povos de Nossa América teve uma intervenção reproduzida por um canal de televisão nos Estados Unidos, especialmente projetado para Cuba para fins subversivos. Na entrevista, replicada pela mídia muito influente da região, reitera-se que a Venezuela e Cuba são os culpados pelos atuais surtos sociais no continente. Ele mencionou o golpe contra o presidente boliviano Evo Morales como “uma demonstração de que se pode se livrar da má influência da Venezuela, Cuba, Nicarágua”.

Obviamente, Vargas Llosa não nos conhece. Por muito tempo ele perdeu a noção da realidade de tudo o que acontece entre nós. Tente estimular, com um presságio vergonhoso e delirante, a iniciativa de um levante interno, que obviamente teria o apoio do Império e de seus aliados. Ele prevê que “a qualquer momento o povo cubano nos dará uma surpresa”.

Profecia ofensiva e difamatória. A “surpresa” que o povo cubano oferece todos os dias é ser mais revolucionária, mais firme, mais criativa, mais solidária, mais socialista e mais digna. O de estar cada vez mais unido em torno dos ideais de Martí e Fidel.

A vanguarda do movimento artístico e literário cubano rejeita categoricamente os insultos e mentiras que Vargas Llosa propaga sem corar. Juntamente com o seu merecido reconhecimento literário, ele sem dúvida terá um lugar na “história universal da infâmia”.

Presidência da UNEAC.

Categories: # Cuba, #Cuba #CIA, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #Diálogo Cuba e União Europeia sobre direitos humanos, #Salud en Cuba, BLOQUEIO VS CUBA, Uncategorized | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: