Cuba ratifica compromisso com a paz na ALBA-TCP, diz ministro das Relações Exteriores

Escrito por  PL

Cuba ratificará compromiso con la paz en ALBA-TCP, afirma canciller

Cuba ratificará seu compromisso com a cooperação, a solidariedade e a paz, no XV aniversário da Aliança Bolivariana pelos Povos do Nosso Acordo Comercial entre os Povos da América.

Cuba ratificará seu compromisso com a cooperação, a solidariedade e a paz, no XV aniversário da Aliança Bolivariana para os Povos da América – Acordo Comercial dos Povos (ALBA-TCP), afirmou hoje o ministro das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez.

O chefe de Relações Exteriores de Cuba escreveu em sua conta no Twitter que esse compromisso ocorre em um momento marcado pela “perigosa escalada imperialista e neoliberal desencadeada contra o Our America”.

Ele também se referiu à XVII Cúpula do fórum programado para este sábado em Havana, que analisará a situação regional após o golpe de Estado na Bolívia, as mobilizações antineoliberais populares no Chile e na Colômbia e o aumento da hostilidade dos Estados Unidos contra Cuba, entre outros.

Os líderes e altos representantes políticos também celebrarão o XV aniversário da Aliança, fundada em 14 de dezembro de 2004 pelos líderes da Revolução Cubana, Fidel Castro, e pelo bolivariano Hugo Chávez.

Solidariedade, complementaridade, justiça e cooperação são os princípios defendidos pela ALBA-TCP, surgidos como uma alternativa à hegemonia do capital que ameaçava se expandir por toda a América Latina e o Caribe.

A instância promove desde a sua criação um comércio eqüitativo entre os povos, em detrimento das fórmulas neoliberais.

A erradicação do analfabetismo através do método cubano I, Yes I Can; e as operações gratuitas de visão com a Missão Milagre, fazem parte das conquistas alcançadas pelo mecanismo na esfera social.

Nomeado inicialmente como ‘Alternativa’, mudou sua nomenclatura em 2009 em uma Cúpula Extraordinária na Venezuela, refletindo seu fortalecimento.

A Aliança postula a defesa dos Direitos Humanos e da Mãe Terra, manifesta-se contra o intervencionismo e a favor da preservação e restauração da paz, e apoia a autodeterminação dos povos.

Cuba, Venezuela, Nicarágua, São Vicente e Granadinas, Dominica, Granada, Antígua e Barbuda, São Cristóvão e Nevis, Suriname e Santa Lúcia formam a ALBA-TCP, cujo secretário executivo é o ex-chanceler boliviano David Choquehuanca.

Categories: Uncategorized | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: