Daily Archives: 6 de Janeiro de 2020

Removidos 38 dispositivos explosivos em Lunda Sur

Em declarações à Angop, além do acidente que matou cinco pessoas no domingo passado e feriu oito na comuna do Alto Chicapa (município de Cacolo), o funcionário disse que a falta de esboços e mapas de localização das áreas minadas dificultou Trabalho dos sapadores.

Em 2018, o INAD não participou de operações de mineração, apenas realizou trabalhos administrativos e de balanço das atividades realizadas.

Segundo José Dumba, o trabalho é realizado apenas em locais onde há denúncias feitas pelas populações.

“Mal colocamos sinais de alerta, com o objetivo de despertar as pessoas sobre a suspeita de artefatos explosivos na área”, disse ele.

Ele explicou que, no município de Cacolo, trabalha a 14ª Brigada da Unidade Especial de Extração da Casa de Segurança do Presidente da República, à qual se junta uma das FAA e outra do INAD, que realizam desminagem na província.

Ele disse que a área de Sayema ​​é propensa à mina e que nenhum trabalho de limpeza foi realizado, porque não foi incluído na lista de programação da Comissão Executiva de Extração, mas com o acidente será uma prioridade este ano.

Ele explicou que a província possui mais de 30 áreas suspeitas de minas, com destaque para Hidrochicapa 2, (Saurimo), cidade de Chiluange, Xinge e Calunga (Cacolo), cujas áreas são prioritárias para este ano.

Na província de Lunda Sur, este é o segundo caso de acidentes com minas. O primeiro ocorreu em 2017, nas mediações do Aeroporto Deolinda Rodrigues (Saurimo).

O Instituto Nacional de Extração de Minas (INAD) de Lunda Sur, de 1997 a 2018, limpou uma área de 53 milhões de 564 mil 64 metros quadrados de terra, o que resultou na coleta de 16 mil 267 vários dispositivos explosivos não detonados.

O INAD possui 47 técnicos de extração, mais de 50 detectores de metal e vários meios para apoiar o processo.

Categories: "Miss Angola", ANGOLA, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Vários mortos e gravemente feridos pela explosão de minas em Angola

Luanda, 6 de janeiro (Prensa Latina) As minas enterradas durante a guerra em Angola continuam a causar estragos na população, com várias mortes e feridos graves na província oriental de Lunda Sul, confirmaram hoje as autoridades locais.

Três dos cinco internados no Hospital Geral de Lunda Sul devido à explosão de outro dispositivo explosivo apresentam um quadro clínico preocupante, disse o diretor do Gabinete de Saúde da província, Antonio Viegas, na segunda-feira.

O acidente ocorreu na estrada que liga o município de Cacolo à comuna de Alto Chicapa, a cerca de 17 quilômetros do distrito de Sayema, quando um Toyota Land Cruiser, com 13 pessoas a bordo, operava uma mina que se presume ser antitanque, causando cinco mortes e ferimentos graves aos oito sobreviventes.

Médicos e enfermeiros do centro de saúde contam com os serviços da equipe de saúde da ala militar, disse a autoridade no diálogo com jornalistas.

O motorista do carro de 29 anos, Moses Coneia, explicou que, devido à chuva, o veículo ficou preso e, na tentativa de acelerar, saiu da estrada e operou a mina, mas no local não havia sinal sobre a existência. de perigo

Dados do governo confirmaram que, nos últimos anos, o país gastou 60 milhões de dólares na eliminação de minas terrestres, após a guerra (1975-2002)

Cerca de 99 mil minas diferentes foram extraídas do território nacional nos últimos 25 anos, com a aspiração de concluir o processo em 2025.

A maioria dos campos a serem limpos estão localizados nas províncias do Huambo, Bié, Benguela, Cuanza Sur e When Cubango.

Como estado signatário do Tratado de Proibição de Minas Terrestres, Angola está determinada a limpar os 1.200 campos minados restantes, a fim de cumprir o prazo de 2025 acordado pela comunidade internacional, disse o executivo.

tgj / mjm

Categories: "Miss Angola", ANGOLA, Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Reforma da Previdência na França entra em semana decisiva

Por Waldo Mendiluza Paris, 6 de janeiro (Prensa Latina) A reforma do sistema de aposentadoria entra na França hoje em uma semana decisiva, tanto para o governo, que descarta retirá-lo, quanto para os sindicatos que se opõem a ele.

Os dias de expectativa começam quando 33 dias de greve são cumpridos em rejeição ao projeto que consiste em estabelecer um sistema universal de pontos, que substitui os atuais 42 esquemas de aposentadoria e uma idade de equilíbrio de 64 anos, que deve ser atingida para evitar descontos, embora sem alterar o oficial de aposentadoria (62).

O serviço de trens internacionais e entre regiões e cidades da França apresenta melhorias notáveis nesta segunda-feira, enquanto o transporte público parisiense ainda é bastante afetado, com apenas duas das 16 linhas de metrô operando normalmente, e o tráfego de veículos é iniciado às 09: 00, hora local com mais de 400 quilômetros de engarrafamentos.

A primeira reunião em 2020 do Conselho de Ministros ocorrerá hoje antes da nova rodada de diálogo programada para amanhã entre o governo e os sindicatos, após várias sessões no final do ano passado sem progresso significativo, após a ratificação de posições opostas. pelas partes

Em seu discurso em 31 de dezembro, o presidente Emmanuel Macron descartou a renúncia à reforma e disse ao primeiro-ministro Edouard Philippe, que está encarregado das negociações com os atores sociais, a avançar com as organizações que estão dispostas a fazê-lo.

Os sindicatos são separados em dois blocos, um liderado pela influente Confederação Geral do Trabalho (CGT), que exige a eliminação da iniciativa em sua totalidade, e outro pela poderosa Confederação Democrática Francesa do Trabalho (CFDT), uma entidade reformista e perto do partido no poder, apenas interessado em cancelar a idade de equilíbrio de 64 anos.

Ontem, o secretário geral da CGT, Philippe Martinez, insistiu na determinação de manter e fortalecer a greve, aceitando como único resultado a retirada do plano do governo.

Também o principal líder do CFDT, Laurent Berger, ratificou a oposição à idade do equilíbrio, que ele descreveu como injusta e inútil.

O cenário já tenso devido à greve e à falta de acordos tende a se complicar nas próximas horas, com a chamada de alguns setores para começar amanhã e por 96 horas o bloqueio das refinarias francesas, medida considerada ilegal pelo governo.

Por sua vez, o Intersindical, movimento liderado pela CGT, reuniu pela primeira vez na mesma semana duas grandes mobilizações contra a reforma, uma na quinta-feira e outra no sábado, após os dias 5, 10 e 17 de dezembro centenas de milhares de pessoas saíram às ruas para reivindicar o cancelamento do projeto.

A greve alcançou há alguns dias uma extensão sem precedentes, excedendo os 28 dias de execução em transporte público no inverno de 1986-1987.

Segundo pesquisas, a maioria dos franceses discorda da reforma da aposentadoria e cerca de metade apóia a greve, um apoio que vem declinando nas últimas semanas.

Categories: #Francia, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Isabel dos Santos está cada vez mais afastada de Angola.

Com cidadania russa e morada nos Emirados Árabes Unidos, a empresária angolana gere o seu património longe de Luanda.

A empresária angolana Isabel dos Santos mudou a sua residência para o Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, avança o jornal Expresso neste sábado. Os Emirados Árabes Unidos são um paraíso fiscal que não taxa rendimentos singulares e das empresas. A filha do antigo presidente de Angola mantém ainda estruturas em Malta e Holanda.

Com cidadania russa, Isabel dos Santos está cada vez mais afastada de Angola, onde diz estar a ser alvo de uma “perseguição política”. Esta semana, a empresária viu o Tribunal Provincial de Luanda decretar o arresto de activos e contas bancárias de Isabel dos Santos, do seu marido Sindika Dokolo e do português Mário Filipe da Silva.

Luanda acusa os três de “ocultar património obtido às custas do Estado” e afirma que a filha do antigo Presidente de Angola, “por intermédio do seu sócio Leopoldino Fragoso do Nascimento, está a tentar transferir alguns dos seus negócios para a Rússia, tendo a Polícia Judiciária portuguesa interceptado uma transferência de dez milhões de euros que se destinava à Rússia”, segundo se lê no despacho do tribunal a que o PÚBLICO teve acesso.

Em respostas ao PÚBLICO, Isabel dos Santos diz que o arresto de bens em Angola abrange “um património superior a dois mil milhões de euros”, pelo que satisfaz, em excesso, a medida preventiva requerida”.

Através de um vídeo divulgado em directo no Instagram, onde respondeu a algumas questões dos seus seguidores, Isabel dos Santos afirmou ter sido “apanhada de surpresa” pelo arresto de bens e que não lhe foi dada a oportunidade de se defender.

Categories: "Miss Angola", #Rússia, ANGOLA, CORRUPÇÃO, RUSSIA, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

PR pede apoio externo no combate à corrupção

Fonte : ANGOP

O apelo do Chefe de Estado vem expresso numa nota de imprensa, distribuída no final de um encontro com o homólogo da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi, na província de Benguela.

João Lourenço enfatiza o respeito ao princípio da observância da separação de poderes e assegura que o Executivo angolano não interfere na acção da Justiça.

FOTO: CORTESIA DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

A nota refere que os Chefes de Estado consideraram ter havido grande magnanimidade da parte do Estado angolano, ao estabelecer um período de graça de seis meses no âmbito da Lei n.º 9/18, de 26 de Junho, sobre Repatriamento de Recursos Financeiros, oportunidade não aproveitada no devido tempo.

Segundo o documento, de 10 pontos, os Estadistas consideraram que, passado um ano, após o fim desse período de graça, o Estado angolano tem toda a legitimidade de accionar os meios legais, judiciais, diplomáticos e outros que julgar necessários, para defender os interesses do país.

Trata-se de mecanismos legais que visam garantir “o efectivo repatriamento dos capitais colocados ilicitamente fora do país e providenciar a recuperação de bens em território nacional, ao abrigo da Lei n.º 15/18, de 26 de Dezembro, sobre Perda Alargada de Bens e Repatriamento Coercivo de Capitais”.

O documento sublinha que o melhor caminho, para os visados, será a máxima colaboração com as autoridades competentes do Estado e com a justiça angolana.

Noutro domínio, João Lourenço e Félix Tshisekedi reafirmaram o engajamento em prosseguir com os processos de transição política nos respectivos países, de forma pacífica e harmoniosa, no interesse dos dois povos.

Zona de Interesse Comum

No encontro deste domingo, João Lourenço e Félix Tshisekedi abordaram o dossier sobre a Zona de Interesse Comum de exploração petrolífera (ZIC), tendo acordado a realização, “o mais brevemente possível”, de um encontro entre equipas técnicas dos dois países que partilham 2.500 quilómetros de fronteira terrestre.

A reunião dos técnicos, cuja data não foi indicada, deverá estabelecer o cronograma de acções para a implementação do projecto conjunto.

O comunicado informa que os Chefes de Estado analisaram as consequências da decisão do Tribunal Provincial de Luanda, de 30 de Dezembro de 2019.

A 30 Dezembro último, o Tribunal Provincial de Luanda determinou o arresto preventivo dos bens de Isabel dos Santos, de Sindica Dokolo e de Mário Leite da Silva, actual presidente do Conselho de Administração do Banco de Fomento de Angola (BFA).

O despacho-sentença resulta de uma providência cautelar intentado pelo Estado angolano, na sequência de um processo que corre trâmites, em que este solicita o pagamento de USD 1.136.996.825,56 (mil milhões, cento e trinta e seis milhões, novecentos e noventa e seis mil, oitocentos e vinte e cinco dólares e cinquenta cêntimos).

O montante é resultante de vários negócios entre empresas do Estado angolano e os requeridos.

O Presidente Félix Tshisekedi, que chegou hoje a Benguela para um encontro de trabalho com homólogo João Lourenço, deve regressar ao seu país ainda neste domingo.

Categories: "La epopeia de Angola", "Miss Angola", ANGOLA, Congo Democrático, CORRUPÇÃO, República Democrática do Congo, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Substituto de Soleimani quer levar os EUA do oriente médio

 Fonte: teleSUR

O novo comandante da Força Quds da Guarda Revolucionária do Irã, Brigadeiro-General Esmail Ghaani, disse que seu objetivo é expulsar os Estados Unidos do Oriente Médio.

El nuevo jefe de la Fuerza Quds prometió vengar la muerte del general Qassem Soleimani.

Ghaani, nomeado no lugar do general Qassem Soleimani, morreu em 2 de janeiro durante um bombardeio aéreo liderado pelos EUA. em Bagdá, no Iraque, ele disse que seria “a única compensação” a que o governo iraniano pode aspirar.

“Prometemos continuar o caminho do mártir Soleimani com a mesma força … e a única compensação para nós seria expulsar os EUA da região”, disse Ghaani, entrevistado pela televisão estatal iraniana.

O novo líder da força de elite Quds disse que “certamente serão tomadas medidas”.

Ghaani tem sido “um dos comandantes mais ilustres do Corpo de Guardiões da Revolução na defesa sagrada (guerra do Irã e do Iraque 1980-1988) e serviu na Força Quds na região por muitos anos ao lado do comandante do mártir”. Ali Khamenei, o supremo do Irã, disse em comunicado ao anunciar a nomeação.

Em declarações anteriores, Ghaani falou aos iranianos: “Seja paciente e você verá os corpos dos americanos em todo o Oriente Médio”.

Categories: #China#EEUU#Iran#Nicaragua.barco hospital naval Arca de la Paz, #Conspiracion, antilatinoamericana agenda geopolítica belicista e Donad Trump alinhados, confrontar Donald Trump da câmara baixa, Donald Trump, Donald Trump,, Donald Trump, Estados Unidos, Donald Trump, Estados Unidos, militares, República Democrática del #Congo, Emiratos Arabes Unidos, ex-diplomata tem uma história sombria na América Latina e no Oriente Médio,, FORA TRUMP, Guerra sem Fronteiras, guerras não convencionais do século XXI, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Trump Google, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Zoran Milanovic vence as eleições presidenciais na Croácia

O ex-primeiro-ministro social-democrata croata Zoran Milanovic venceu as eleições presidenciais no país neste domingo, derrotando o atual chefe de estado e candidato conservador Kolinda Grabar-Kitarovic.

Ver imagen en Twitter

Com 99% dos votos contados, as autoridades eleitorais confirmam que Milanovic venceu Grabar-Kitarovic por 52,9, que obteve 46,7% dos votos. Dessa forma, o social-democrata vence a presidência no segundo turno, aumentando sua diferença em relação ao primeiro turno levantado em 22 de dezembro, onde obteve 29,5% sobre os 26,5 do candidato conservador.

O dia das eleições ocorreu alguns dias depois que a Croácia assumiu a presidência rotativa da União Europeia (UE), que está administrando o palco após o Brexit, quando o Reino Unido deixa a organização.

“Vamos permanecer unidos em nossas diferenças (…) Os quatro milhões de croatas buscam seu lugar na Europa, que é, apesar de todos os problemas, o melhor lugar para se viver, o projeto mais pacífico em que a Croácia pode encontrar seu lugar” disse Milanovic.

Após a vitória presidencial, os social-democratas teriam a possibilidade de recuperar seu poder no Parlamento. As eleições nesse caso ocorrerão no final de 2020.

Categories: Croácia, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Eles condenam grave escalada na região do Oriente Médio

Responsive image

Autor:  | internet@granma.cu

O ministro das Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez Parrilla, condenou veementemente o bombardeio dos Estados Unidos nesta sexta-feira em áreas do aeroporto de Bagdá e o uso de mísseis para assassinatos seletivos.

Por sua vez, os chefes da diplomacia russa, Sergey Lavrov e China, Wang Yi, respectivamente, rejeitaram os ataques dos EUA ao Iraque e se declararam reduzidos a tensões na região. Por meio de uma declaração publicada pelo ministro das Relações Exteriores Jorge Arreaza, a Venezuela expressou sua firme convicção e disse que “é uma ação que claramente levanta tensões na região, sem nenhuma base no Direito Internacional”.

Depois disso, no Oriente Médio as tensões pioraram nos últimos dias. Enquanto o presidente dos EUA, Donald Trump, alertou no domingo que seu país “gastou apenas dois bilhões de dólares em armas bonitas que usaria contra o Irã sem hesitação”, o Parlamento iraquiano aprovou uma resolução que obrigava a retirada de tropas estrangeiras, incluindo as de Estados Unidos, após o assassinato do general iraniano, Qasem Soleimani. A resolução vinculativa também se refere ao não uso por forças estrangeiras do território nacional, das águas e do espaço aéreo da nação árabe por qualquer motivo. Trump, desafiador como sempre, twittou que “somos os melhores e os melhores do mundo”.

“Permita que isso sirva como um aviso de que, se o Irã atacar qualquer cidadão ou ativo dos EUA, criamos 52 sites iranianos, alguns de nível muito alto e muito importantes para a cultura iraniana e iraniana”, escreveu Trump no Twitter.

Nesse contexto, o Pentágono iniciou o deslocamento de algumas

3.500 soldados para o Oriente Médio. As tropas serão transportadas da base militar de Fort Bragg, na Carolina do Norte, para o Kuwait e constituirão uma brigada de rápida implantação, conhecida como Força de Resposta Imediata.

O Irã alertou que “cerca de 35 alvos dos EUA na região estão ao nosso alcance”. A esse respeito, e de acordo com relatos do site digital árabe Al Mayadeen, o secretário geral do movimento Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah, alertou neste domingo que “quando ele fala de uma resposta ao crime cometido pelos Estados Unidos, ele não se refere às pessoas daquele país ou para seus profissionais, jornalistas, empresários ou indivíduos civis, eles não têm nada a ver com isso ». Hassan Nasrallah disse que “três anos depois de Trump assumir a presidência dos Estados Unidos, há falhas, déficits e confusão, e não há nada para oferecer ao povo americano no nível da política externa à medida que as eleições se aproximam”. E ele concluiu: «Nos EUA. uu um primeiro objetivo foi estabelecido e é derrubar o sistema político no Irã, e isso foi expresso por John Bolton, ex-assessor de Segurança Nacional ».

Ele também lembrou que “na campanha eleitoral, Trump costumava dizer que o petróleo do Iraque é dele. Eu costumava dizer que não há estado iraquiano e nós. uu é ele quem deve controlar os campos de petróleo enviando forças militares e depois extrair o petróleo e vendê-lo.

Os eventos justificam que o presidente dos EUA propôs encerrar o sistema político iraniano e apreender os recursos petrolíferos do Iraque e da Síria.

Categories: # Cuba, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Trump, A guerra dos Estados Unidos, ex-diplomata tem uma história sombria na América Latina e no Oriente Médio,, FORA TRUMP, GUERRA FRIA, Guerra sem Fronteiras, guerras não convencionais do século XXI, relações bilaterais, o governo Donald Trump, Trump Google, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

#Venezuela rejeita intervenção do #EEUU em seus assuntos internos

Fonte:Mi Cuba Por Siempre

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, rejeitou no domingo a intervenção do governo americano de Donald Trump nos assuntos internos da Venezuela e de suas instituições.

Por meio de uma mensagem divulgada na rede social Twitter, Arreaza disse que a nação bolivariana é um país independente e soberano, que o governo dos Estados Unidos não entende direito.

“Eles devem lidar com o desastre que pretendem provocar com novas guerras do petróleo”, escreveu o chefe da diplomacia venezuelana na plataforma de comunicação.

Em outra mensagem, o chanceler denunciou as reações dos ‘satélites da região’ dos governos sobre a atual situação política do país, enfatizando que é o mesmo roteiro, falso e interferência.

As declarações do ministro das Relações Exteriores da Venezuela são baseadas nas mensagens emitidas no Twitter pelo secretário assistente adjunto do Gabinete de Assuntos do Hemisfério Ocidental do Departamento de Estado dos EUA, Michael Kozak.

O funcionário dos EUA tenta garantir que a sessão da Assembléia Nacional (AN), desprezada, não tenha um quorum legal, de modo que Juan Guaidó – ex-chefe do Parlamento – é o presidente interino do país.

Essas declarações de Kozak surgem após a tomada de posse da nova diretiva AN para o período legislativo 2020-2021, liderada por Luis Parra, do Primeiro Partido da Justiça, como presidente do Parlamento.

Franklyn Duarte (Comitê Independente de Organização Política Eleitoral-Copei) foi empossado como primeiro vice-presidente, enquanto José Gregorio Noriega (Vontade Popular) é o segundo vice-presidente e Negal Morales (Ação Democrática) o secretário.

O novo conselho de administração foi apoiado por 81 votos dos 150 deputados presentes, dos quais 30 pertencem à oposição do país.

Após a tomada de posse, Parra denunciou Guaidó pelos obstáculos impostos à realização das eleições, por não atingir os votos necessários para ser reeleito.

Categories: # Argentina, #Canadá, #Caracas, #Colombia, Grupo de Lima, #Jorge Arreaza, #Perú, #venezuela, # Venezuela, #10 de enero, #Asamblea Nacional Constituyente, #Nicolás Maduro, #Tribunal Supremo de Justicia, #venezuela, #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #EUA contra uma possível intervenção militar na# Venezuela, #Venezuela, #Nicaragua, A Venezuela que a mídia nos diz, agressão internacional contra a Venezuela,, ALBA, ALBA-TCP, Cuba, Fidel Castro Ruz, Hugo Chávez Frías, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Caracas, #Estados Unidos, Golpe de Estado, #Mike Pence, Militar, #Nicolás Maduro Moros, #Venezuela, Estados Unidos Venezuela, Estados Unidos, Golpe de Estado, Injerencia, Lima, Nicolás Maduro Moros, Venezuela, Estados Unidos, Nicolás Maduro Moros, Política, Rússia, Sociedade, Venezuela, EUA contra a Venezuela na ONU, governo de transição na Venezuela, guerras não convencionais do século XXI, interessados na Venezuela?, invasão militar contra a Venezuela, Los impulsores de la intervención norteamericana en Venezuela, MNOAL_Venezuela, Nicolás Maduro Moros, Revolución Bolivariana, Venezuela, O golpe na Venezuela e a ascensão da nova ditadura mundial, ONU continuará trabalhando com a Venezuela, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Papa Francisco chama # diálogo e autocontrole em uma convenção #World

O Papa Francisco pediu neste domingo “diálogo e autocontrole” nas relações internacionais antes do “terrível ar de tensão” que é respirado em diferentes partes do mundo, como alertou após a oração do domingo Angelus.

“Queridas irmãs e irmãos. Em muitas partes do mundo, é percebido um terrível ar de tensão. A guerra apenas leva à morte e destruição. Exorto todas as partes a manterem acesa a chama do diálogo e do autocontrole ”, afirmou na janela do Palácio Apostólico.

O pontífice exortou a comunidade internacional a “evitar a sombra da inimizade”, em um momento de crescente tensão, especialmente entre os Estados Unidos e o Irã, embora ele não tenha mencionado esse caso específico em seu apelo à pacificação.

Após seu breve discurso, Francisco pediu para orar em silêncio por alguns momentos para esse fim, às centenas de fiéis que o ouviam da Praça de São Pedro.

O papa foi informado e segue com preocupação a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã, alimentada após a operação americana que matou o poderoso general iraniano Qasem Soleimaní no Iraque.

No sábado, ele publicou um novo pedido de paz em seu perfil oficial do Twitter em nove idiomas, incluindo inglês e árabe.

“Precisamos acreditar que o outro tem a mesma necessidade de paz. A paz não é alcançada se não for esperada. Peçamos ao Senhor o presente da paz! ”Ele escreveu.

O núncio no Irã, monsenhor Leo Boccardi, informou o papa sobre esses eventos e afirmou que está “apreensivo” após a situação, segundo o portal de notícias da Santa Sé.

O diplomata pontifício salientou que a posição do Vaticano é um chamado para “diminuir a tensão, convocar todos para a negociação e acreditar no diálogo ciente de que, como a história sempre mostrou, guerra e armas não são a solução” .

Por sua parte, o bispo auxiliar de Bagdá, Shlemon Warduni, pediu ao mundo que orasse pela paz nesses momentos “críticos, muito difíceis”, criados “apenas por interesses pessoais”.

Questionado sobre como a comunidade cristã está vivendo agora, ele disse que “todo mundo tem medo de ir à guerra”, algo que seria “uma coisa tremenda”.

O patriarca da Igreja Católica Chaldean, presente no Oriente Médio, Louis Raphael Sako, diz que os iraquianos estão “impressionados” com os últimos acontecimentos e temem que seu país se torne um campo de batalha novamente.

“Em circunstâncias tão críticas e tensas, é aconselhável realizar uma reunião na qual todas as partes interessadas se sentem à mesa para manter um diálogo civil e razoável e salvar o Iraque de conseqüências imprevisíveis”, diz ele.

Categories: #China#EEUU#Iran#Nicaragua.barco hospital naval Arca de la Paz, #Donald Trump, #Estados Unidos, #Trump, @Trump, América Latina e do Caribe como Zona de Paz, COLOMBIA ACUERDO DE PAZ, Cuba, Donald Trump, Estados Unidos, Iglesia, Ley Helms-Burton, Relaciones Cuba Estados Unidos, Religión, Donald Trump, Donald Trump, Estados Unidos, Donald Trump, Estados Unidos, militares, República Democrática del #Congo, FORA TRUMP, forças em favor da paz, Golpe de Estado #John Bolton #Nicolas Maduro Dialogo de Paz, mobilização pela paz, Religión, Religión, Vaticano, Trump Google, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized, Venezuela é firme, em paz e ninguém consegue isolá-lo | Etiquetas: , , , , | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: