“Eu queria estar morto”

fONTE:RT

Amir Ali Hajizadeh, comandante da Força Aeroespacial do Corpo da Guarda Revolucionária Iraniana.
ATTA KENARE / AFP

"Deseé estar muerto": Un comandante de la Guardia Revolucionaria de Irán asume la completa responsabilidad por el derribo del avión ucraniano

O comandante da Força Aeroespacial do Corpo de Guardas Revolucionários Islâmicos do Irã (CGRI), Amir Ali Hajizadeh, disse no sábado que quando soube do acidente do avião de passageiros da Ukraine International Airlines, ele queria “estar morto”, segundo mídia local

“Depois de ouvir esta notícia […], eu queria estar morto”, reconheceu o oficial militar, que falou neste sábado em uma entrevista coletiva. Hajizadeh acrescentou que a CGRI aceita total responsabilidade pela destruição da aeronave e que aceitará qualquer decisão tomada pelas autoridades da República Islâmica.

O comandante iraniano explicou que o avião ucraniano foi erroneamente identificado como um míssil de cruzeiro que acabou provocando a tragédia.

Hajizadeh disse que o incidente ocorreu em meio a uma grande tensão com Washington, “maior do que no início da Revolução [iraniana]” de 1979 “, disse ele”, e que o nível mais alto de alerta estava em seu país antes de “um estado de guerra “, aguardando possíveis ataques dos EUA

O sinistro da Boeing ucraniana
Um avião ucraniano Boeing 737-800 caiu em 8 de janeiro perto do Aeroporto Internacional Imam Khomeini em Teerã. As 176 pessoas que viajam a bordo, tanto passageiros como bagageiros, morreram no acidente.

A catástrofe aérea ocorreu horas após o início dos ataques com mísseis balísticos da Guarda Revolucionária Islâmica contra duas bases iraquianas usadas pelas tropas americanas, em vingança pelo assassinato do general Qassem Soleimani, morto em um ataque aéreo. Americano na semana passada.

Após a promessa de Donald Trump de atacar 52 sites iranianos – alguns deles de alto valor cultural – se Teerã lançou ataques contra americanos ou minou seus interesses nacionais após a eliminação de Soleimani, os sistemas de defesa aérea do Irã estavam em um nível alto nível de alerta após o lançamento de mísseis contra as bases no Iraque.

Categories: #China#EEUU#Iran#Nicaragua.barco hospital naval Arca de la Paz, Conflicto en el Medio Oriente, Desastres, eeuu, Ucrânia, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: