Silenciou um operador da agência de vídeos Ruptly

O assassinato de Saaf Ghali ocorreu depois que o operador acabou de filmar uma demonstração sobre o papel do Iraque no confronto nos EUA. e Irã para a mídia local.

Um grupo de pessoas armadas não identificadas matou o operador Saaf Ghali da agência de notícias em vídeo Ruptly, pertencente ao grupo RT, na cidade iraquiana de Basra na sexta-feira.

O cinegrafista foi morto após filmar material para a mídia local sobre uma demonstração sobre o papel do Iraque no confronto militar entre Washington e Teerã.

Segundo a AFP, no momento do ataque, Ghali estava junto com o correspondente de televisão iraquiano Ahmad Abdessamad, que também morreu no incidente. “Homens armados os atacaram e os cobriram com balas na noite de sexta-feira, o que matou Abdessamad. Seu cinegrafista foi levado ao hospital da cidade, onde ele morreu”, disse o Observatório Iraquiano de Liberdades Jornalísticas, divulgado pela agência.

Saaf Ghali é autor de aproximadamente 30 peças publicadas por Ruptly, incluindo algumas sobre recentes protestos contra o governo e a dispersão de manifestantes pela polícia iraquiana. O cinegrafista também trabalhou para uma rede de televisão local.

Categories: Conflicto en el Medio Oriente, interesses dos EUA, INTERVENÇÕES HUMANITÁRIAS DOS EUA, secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo,, submissão aos EUA desestabilizar a Venezuela, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: