Um em cada três pacientes atendidos por cubanos na Lombardia já recebeu alta

Desde sua chegada à Itália, os médicos cubanos prestaram mais de 400 serviços em diferentes especialidades. Foto: Embaixada de Cuba na Itália
Toda a capacidade profissional e humana disponível para os membros da brigada médica cubana localizada na região da Lombardia, no norte da Itália, é totalmente utilizada para salvar vidas, e em dez dias de trabalho eles já alcançaram a recuperação e alta médica de um terço dos 36 pacientes covid-19 admitidos em suas fazendas e atendidos por eles.

Autor: Dilbert Reyes Rodríguez | dilbert@granma.cu

Medics and paramedics from Cuba pose upon arrival at the Malpensa airport of Milan, Italy, Sunday, March 22, 2020. 53 doctors and paramedics from Cuba arrived in Milan to help with coronavirus treatment in Crema. For most people, the new coronavirus causes only mild or moderate symptoms. For some it can cause more severe illness, especially in older adults and people with existing health problems. (AP Photo/Antonio Calanni)

Em comunicação com o programa de televisão Mesa Redonda, o chefe do grupo de médicos, Dr. Carlos Pérez Díaz, explicou que somente no primeiro dia de trabalho eles receberam 16 casos dos serviços intensivos do hospital na cidade de Crema – muito perto de onde As instalações da campanha em que eles oferecem seus serviços estão em alta e, no final de 3 de abril, o esforço conjunto de médicos italianos e cubanos havia prestado 428 serviços nas diferentes especialidades médicas.

Entre os infectados com o novo coronavírus sars CoV-2, Pérez Díaz relatou a transferência de cinco pessoas para terapias hospitalares, de acordo com os protocolos do país, e relatou a morte de apenas um cidadão.

Ele destacou “o alto grau de moral, firme e disposto” no cumprimento da perigosa missão de assistência, deu detalhes da organização do trabalho por turnos e transmitiu tranquilidade ao povo cubano, enfatizando as rigorosas medidas de biossegurança que adotam para cuidar de si mesmas saúde, a fim de “devolver a todos e voltar bem” à Pátria. (D.R.R.)

Categories: # Cuba, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, epidemia, Itália, MINSAP, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Politica Exterior, Profesionales e la Salud, SALUD, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: