ONU condena decisão dos EUA suspender fundos para a OMS

O apoio da OMS “é absolutamente essencial para os esforços do mundo para vencer a guerra contra o Covid-19”, afirmou António Guterres.

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres, criticou na terça-feira a decisão do presidente dos EUA. Donald Trump cortando fundos para a Organização Mundial da Saúde (OMS) em meio à pandemia de Covid-19.

Antonio Guterres instó a respaldar las acciones de la OMS en la lucha contra la pandemia del Covid-19.

“Não é hora de cortar recursos para as operações da OMS ou de qualquer outra organização humanitária na luta contra o vírus”, disse Guterres em comunicado publicado terça-feira no site da ONU.

“Agora é a hora da unidade e da comunidade internacional trabalhar em solidariedade para impedir esse vírus e suas conseqüências devastadoras”, acrescentou Guterres.

O Secretário-Geral da ONU ofereceu essa declaração horas depois de Donald Trump anunciar que está suspendendo o financiamento para a OMS.

La Organización Panamericana de la Salud/OMS ayuda a Guatemala en la respuesta del coronavirus.

“Estou ordenando que meu governo pare de financiar, enquanto uma investigação está sendo realizada sobre o papel da OMS na má administração e na ocultação da expansão do coronavírus”, disse o presidente na terça-feira, acrescentando que os “erros” do organização “causou muitas mortes”.

Por sua parte, Guterres enfatizou que o apoio da OMS e milhares de seus trabalhadores “na linha de frente” da luta contra a pandemia “é absolutamente essencial para os esforços do mundo para vencer a guerra contra a covid-19”.

Trump anunciou na semana passada que estava considerando reter fundos para a OMS argumentando uma suposta má gestão da crise do coronavírus.

Em particular, Trump acusou a agência de favoritismo em relação à China e a criticou por se opor à sua restrição de viagens do país asiático. O presidente dos EUA também observou que a OMS perdeu tempo quando o surto começou e lamentou não ter tomado medidas “meses antes”.

Em resposta às acusações de Trump, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, pediu para não politizar a pandemia.

O coronavírus já deixou mais de 1.970.000 infectados e mais de 125.000 mortos em todo o mundo. EUA É o país com o maior número de infecções e mortes por covid-19, com mais de 600.000 infectados e mais de 25.000 casos fatais.

Categories: # yo voto vs bloqueo, #China#EEUUDonald TrumpFondo Monetario Internacional (FMI)Ivan Duque, #Donald Trump, #Estados Unidos, #ONU, #salud, #solidaridadvs bloqueo, #Trump, @Trump, Donald Trump, Estados Unidos, FORA TRUMP, OMS, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, SALUD, Trump procura reforçar o bloqueio, Um bom filho ... de Trump, Uncategorized | Etiquetas: , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: