Daily Archives: 10 de Junho de 2020

Luanda começa nova fase da cerca sanitária

Numa altura em que o país regista mais quatro casos da Covid-19 importados da Rússia, o Governo decidiu, ontem, através de um Decreto Executivo Conjunto dos Ministérios do Interior e da Saúde, manter a província de Luanda sob cerca sanitária.

Em conferência de imprensa ontem, em Luanda, sobre a evolução da pandemia da Covid-19 em Angola, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, justificou a medida com o facto de se registar ainda um elevado risco de propagação da Covid-19 nas comunidades. A ministra afirmou que o novo ciclo da cerca sanitária começou a vigorar à meia noite de hoje e vai até às 23h59 do dia 24 deste mês.

dd

“As autoridades de saúde pública reconhecem que a província de Luanda encontra-se numa situação epidemiológica que, por esta altura, poderá estar eventualmente em risco de transmissão comunitária activa, significa que ainda continua a existir o risco de propagação da doença e elevar para uma cadeia de transmissão. Por este motivo, decidiu-se a manutenção da cerca sanitária de Luanda”, disse a ministra da Saúde.

O Decreto Executivo Conjunto impõe a interdição da circulação e permanência de pessoas na via pública, excepto para deslocações urgentes, necessárias e inadiáveis, nomeadamente venda e aquisição de bens alimentares e farmacêuticos, acesso a unidades de cuidados de saúde. Segundo o documento, só é, igualmente, permitida a entrada e saída de Luanda dos profissionais de saúde, das forças de defesa e segurança, regresso ao local de residência habitual, devidamente justificadas e autorizados.

Durante a conferência de imprensa, a ministra da Saúde afirmou que os quatro novos casos positivos são importados da Rússia. Trata-se de três cidadãos do sexo masculino e um do sexo feminino, com idades compreendidas entre 21 e 32 anos, que já se encontram internados no centro de tratamento da Covid-19 na Zona Económica Especial (ZEE), em Viana, arredores de Luanda.

Polícias detidos por envolvimento em mortes

Dez efectivos das forças de Defesa e Segurança, acusados de envolvimento em mortes de cidadão durante o Estado de Emergência estão detidos e vão responder criminalmente, informou ontem, em Luanda, o subcomissário, Waldemar José. Durante a conferência de imprensa, Waldmar José explicou que os processos já foram encaminhados para os magistrados do Ministério Público.

O subcomissário da Polícia Nacional pediu desculpas a toda sociedade, em especial às famílias que perderam ente queridos devido ao “excesso de zelo” praticado por alguns agentes de Defesa e Segurança. As forças de Defesa e Segurança, referiu Waldemar José, não recebem orientações para violentaram o cidadão, mas sim, para garantir a ordem e a tranquilidade pública.

Durante os primeiros 15 dias da situação de calamidade, frisou, foram detidos 1.671 cidadãos, dos quais 267 por desobediência às autoridades, 110 por violação a cerca nacional e 107 a cerca provincial. No mesmo período foram também detidos 190 cidadãos por desacato e 996 por violação da fronteira nacional, bem como a e apreensão de 2.516 viaturas, das quais 413 por excesso de lotação.

Deste modo, o país registou um total de 96 casos, dos quais quatro óbitos, 38 recuperados – incluindo o “Caso 26” – e 54 activos. Um destes casos requer atenção especial e os restantes estão clinicamente estáveis em unidades sanitárias de referência, em Luanda. Sílvia Lutucuta realçou que a actividade laboratorial continua a ser feita nas instalações do Instituto Nacional de Investigação de Saúde, Hospital Militar, Luanda Medical Center e em unidades privadas.

Dos exames recolhidos laboratorialmente, 96 resultados são positivos, 12.047 negativos e 781 estão em processamento, num total de 12.924 tratados.
Ontem foram dadas alta em quarentena institucional a 12 cidadãos, sendo nove na província do Bié, dois em Cabinda e um na Huíla. Neste momento, existem 457 casos suspeitos, 1.160 contactos sob vigilância e estão em quarentena institucional 816 cidadãos.

A ministra da Saúde anunciou que ontem foi levantada a cerca sanitária de Massabi, em Cabinda, mas as da Clínica Multiperfil e do bairro Hoji-ya-Henda, em Luanda, permanecem.

Jornalistas foram testados

Ao todo, 38 jornalistas que fazem cobertura no CIAM foram submetidos a testes da Covid-19. Sílvia Lutucuta considerou, na ocasião, que os testes fazem parte de um programa alargado, justificando que os jornalistas estão constantemente num ambiente fechado, sendo importante saber a sua situação de saúde como forma de prevenção.

A ministra da Saúde garantiu que os resultados dos testes dos profissionais da Saúde que trabalham na Clínica Multiperfil serão conhecidos nas próximas 72 horas. Sílvia Lutucuta esteve reunida ontem com direcção da clínica, na sequência de uma manifestação protagonizada por médicos, enfermeiros e técnicos de laboratórios que acusam morosidade na entrega dos resultados. A Comissão Multissectorial impôs desde 30 de Maio um cordão sanitário à clínica na sequência da Covid-19 lá diagnoticados.

Fonte: JA/BA

Categories: #salud, Africa, ANGOLA, epidemia, Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Morreu Presidente da República do Burundi Pierre Nkurunziza .

O presidente do Burundi, Pierre Nkurunziza, morreu na segunda-feira, aos 55 anos, alegadamente na sequência de uma “paragem cardíaca”, anunciou hoje, em comunicado, o governo do país.

dd

“O Governo da República do Burundi anuncia com grande tristeza morte de Pierre Nkurunziza, Presidente da República do Burundi, que morreu inesperadamente na sequência de uma paragem cardíaca”, refere o comunicado. A mesma fonte adianta que o chefe de Estado foi internado num hospital durante a noite de Sábado, depois de se ter sentido mal, pareceu melhorar no Domingo, mas “para grande surpresa” piorou “abruptamente” na segunda-feira de manhã, não tendo sido possível reanimá-lo.

O Governo do Burundi declarou uma semana de luto. A morte de Nkurunziza acontece semanas antes de o candidato do partido no poder, Evariste Ndayishimiye, ser empossado como chefe de Estado depois de ter vencido as eleições de Maio.

Apesar do comunicado, no Burundi há suspeitas de que Nkurunziza teria morrido de Covid-19. “Quando a mulher de Nkurunziza foi enviada de avião para o Quénia, vítima da Covid-19, muitos no Burundi suspeitavam que o próprio Presidente estava doente”, disse Justin Nyabenda, um residente em Bujumbura, citado pela agência Associated Press.

O governo minimizou a pandemia e promoveu a realização de eleições e grandes comícios de campanha apesar dos riscos de propagação da doença. As autoridades expulsaram os funcionários da Organização Mundial de Saúde do país poucos dias antes das eleições, depois de a OMS ter manifestado a sua preocupação com as multidões nos comícios eleitorais.

O país tem oficialmente 83 casos de infecção pelo novo coronavírus. Nkurunziza tomou posse em 2005, depois de ter sido escolhido pelo parlamento para liderar o país na sequência da guerra civil de 1993-2005, que matou cerca de 300.000 pessoas.

style=”text-align: justify;”>O processo de paz conhecido por Acordos de Arusha especificava que o mandato de um presidente só podia ser renovado uma vez, mas Nkurunziza, que ganhou um segundo mandato em 2010, anunciou que era elegível para um terceiro mandato em 2015 porque no primeiro termo não tinha sido eleito por sufrágio universal.

O Burundi vive uma grave crise política desde as eleições de 2015, de que já resultaram pelo menos 1.200 mortos e mais de 400 mil refugiados, acontecimentos alvo de uma investigação do Tribunal Penal Internacional. A violência foi desencadeada pela contestação ao possível terceiro mandato de Pierre Nkurunziza, considerado inconstitucional pela oposição.

O Chefe de Estado surpreendeu, no entanto, ao anunciar, em Junho de 2018, que não se recandidataria, apesar de a nova Constituição, aprovada por referendo nesse mesmo ano, lhe permitir ficar até 2034 no poder. Nkurunziza sobreviveu a uma tentativa de golpe de estado pouco depois da votação de 2015.

O Burundi realizou a 20 de Maio eleições presidenciais que foram ganhas por Evariste Ndayishimiye, candidato apoiado por Pierre Nkurunziza. Os resultados eleitorais foram contestados pelo líder da oposição e candidato que ficou em segundo lugar, Agathon Rwasa, mas o Tribunal Constitucional do Burundi confirmou em 04 de Junho a votação e rejeitou as queixas de irregularidades apresentadas por Rwasa.

O tribunal confirmou a vitória do candidato do partido no poder, Evariste Ndayishimiye, com 68% dos votos, tendo Rwasa recebido 28%. Com a sua saída da presidência Nkurunziza receberia o título de “Líder Supremo”, com vários analistas a admitirem que continuaria a exercer o poder nos bastidores.

Fonte: JA/BA

Categories: #salud, Africa, epidemia, POLÍTICA, Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Novas parcelas de espionagem ilegal na América Latina

Categories: "Liberdade", "democracia", "racismo" e "direitos humanos", #América Latina, #Nicarágua, #Bolívia, #Venezuela, #Cuba, #Argentina, #Brasil, #Brasil se alinha aos #EUA, #Brasil, Corrupción, #Jair Bolsonaro, #Colimbia, #Costa Rica, Brasil, Colômbia, CORRUPÇÃO, Gobierno de Ivan Duque ., Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Mais de 40 organizações européias já reivindicam o Nobel das brigadas médicas cubanas

Mais de 40 organizações europeias apóiam a proposta de conceder o Prêmio Nobel da Paz às brigadas médicas cubanas do Henry Reeve Contingent, por sua contribuição ao confronto global com o COVID-19, segundo a agência de notícias Prensa Latina.

Especial: campanha mundial pelo Prêmio Nobel da Brigada Médica Cubana “Henry Reeve” Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Personalidades republicanas se distanciam de Trump

trump triste f cubadebate

Uma lista de nomes de grandes personalidades do Partido Republicano está definitivamente se distanciando de Donald Trump e já antecipam que não votarão em sua reeleição como Presidente dos Estados Unidos. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , | Deixe um comentário

Alegação contra heresia

Alegato contra la herejía

Os números oficiais * são precisos quando se referem ao número de homens e mulheres que, em Crema, foram “vítimas” de preocupação, perseverança, vigilância, inteligência, conhecimento e até mesmo uma piada de humor – quanta traição, que horror – de médicos e enfermeiros cubanos. E eu digo “vítimas”, sim, porque quando tudo isso é combinado e cai repentinamente ou cai, não importa, para uma única pessoa, o mínimo que pode carregar é corar e corar, sabe, de uma maneira que dói . Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

EUA e império sofrem marchas e ódio racial de Trump

Por Diego Olivera Evia

Violência na América Latina por direitos criminais

Assim, eles mantiveram oculta por muitos anos a verdadeira face de um sistema construído sobre as premissas de violência, carreira, exploração e desigualdade racial, que transforma não-brancos e pobres em cidadãos de segunda classe, enquanto os Estados Unidos. Ele se apresenta como um defensor dos direitos humanos e um modelo a ser imitado pelo resto das nações, uma suposição da qual ele sanciona e ataca outros estados cujos regimes não são do seu agrado. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Especialistas cubanos na Venezuela “contêm” COVID-19 na fronteira com o Brasil

Colaboradores médicos cubanos na frente contra o COVID-19 na Venezuela. Foto: Extraído de CubaMinrex

Uma equipe multidisciplinar formada por colaboradores da missão médica cubana na Venezuela ocupa a primeira frente de contenção da pandemia de COVID-19 na fronteira com o Brasil, antes do afluxo de milhares de migrantes repatriados daquele país. Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , , | Deixe um comentário

Díaz-Canel participará de conferência virtual sobre Economia, Finanças e Comércio da ALBA-TCP

Díaz-Canel participará en conferencia virtual sobre Economía, Finanzas y Comercio del ALBA-TCP

Miguel Díaz-Canel Bermúdez. Presidente da República de Cuba. Foto: Estudos da Revolução.

O Presidente da República de Cuba, Miguel Díaz – Canel Bermúdez, participará da “Conferência de Alto Nível sobre Economia, Finanças e Comércio no âmbito do Covid-19”, convocada pela Aliança Bolivariana para os Povos da América – Tratado de Comércio dos Povos (ALBA-TCP). Continuar a ler

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: