Agência das Nações Unidas doa suprimentos médicos a Cuba para serviços de saúde materna.

Retirado do Jornal Granma

Autor:  | internet@granma.cu

O Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA) doou suprimentos médicos para serviços de saúde materna e planejamento familiar dos mais importantes hospitais maternos cubanos, cuja entrega simbólica ocorreu hoje no hospital ginec Obstétrico América Arias nesta capital, informou a ACN.

Rafael Cuestas, coordinador internacional del FPNU en Cuba, expresó el compromiso del programa para apoyar al MINSAP en sus esfuerzos por reducir la mortalidad infantil en tiempos de COVID-19

Rafael Cuestas, coordenador internacional do UNFPA em Cuba, expressou o compromisso do programa de apoiar o Ministério da Saúde Pública (MINSAP) em seus esforços para reduzir a mortalidade infantil durante o COVID-19.

Desde o início da epidemia no país, ele disse, o sistema está em coordenação com o MINSAP e redirecionando seus fundos para manter prioritariamente os serviços essenciais de saúde sexual e reprodutiva.

A doação é composta por 40 kits com contraceptivos hormonais, 200 para higiene destinados a gestantes e 60 para tratamento de complicações do trabalho de parto.

Estes últimos contêm equipamentos reutilizáveis ​​para garantir partos seguros, cesarianas e outras intervenções obstétricas; suprimentos contraceptivos incluem pílulas, injetáveis ​​e contracepção de emergência.

A Dra. Damarys Álvarez Zapata, diretora do conhecido Hospital Maternidade de Linea, expressou sua gratidão em nome das instituições de saúde beneficiadas e, principalmente, das mulheres cubanas.

Ele também destacou o valor da doação, tão necessária no serviço diário, o que contribuirá para o cumprimento dos indicadores do Programa de Assistência Materno-Infantil, um projeto de verificação sistemática do governo cubano.

Em 2019, 109.707 crianças nasceram em Cuba, com uma taxa de mortalidade infantil de 5,0 mortes para cada mil nascidos vivos.

O UNFPA, que começou a executar o primeiro de seus programas de colaboração com Cuba em 1975, está atualmente desenvolvendo o oitavo programa de país, que tem como dinâmica a população e o desenvolvimento econômico sustentável como áreas prioritárias.

Categories: # Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #ONU, #salud, #Salud en Cuba, epidemia, ONU-CUBA, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud, Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: