Fórum online sobre o líder cubano Fidel Castro realizado em Angola

PrensaLatina

Luanda, 13 de agosto (Prensa Latina) Angola foi hoje o palco de uma conferência online sobre a dimensão internacional do pensamento e da obra do líder histórico da Revolução Cubana, Fidel Castro, por ocasião dos 94 anos do seu nascimento.

Por causa da Covid-19, foi necessário recorrer ao distanciamento físico, mas o colóquio foi marcado por uma empatia especial entre os participantes ao abordar o assunto desde a dimensão conceitual e a sensibilidade humana marcada pelas experiências pessoais.

Participaram no encontro diplomatas e membros das associações familiares angolano-cubanas, ex-alunos desta nação africana na maior das Antilhas (os Caimaneros), bem como cubanos aqui residentes e o grupo de amizade entre os dois. países.

Entre os palestrantes esteve a embaixadora Esther Armenteros, que falou sobre o significado da revolução em termos de igualdade, justiça social e abertura de oportunidades para crianças como ela de uma família humilde e negra.

O governante também narrou anedotas de seu trabalho diplomático ligado à visão internacionalista de Fidel e aos laços que manteve como chefe de Estado e de governo com a África, seus povos e líderes anticoloniais.

Residente aqui há anos, a cubana Esperanza Justiz foi a primeira a falar no fórum, com a ideia de relembrar a marca imperecível do Comandante-em-Chefe dos cubanos nos mais diversos campos, desde a política, a educação, a saúde, a arte e esportes para o desenvolvimento científico avançado.

Segundo Adriano Mixinge, ele faz parte dos milhares de crianças e jovens dessa terra africana que vieram a Cuba para estudar e se formar como profissionais, que, segundo ele, traz a marca inegável de dois grandes estadistas e revolucionários: Fidel Castro e Agostinho. Líquido.

Enquanto houver desigualdade no mundo, teremos que continuar lutando, é aí que reside a validade do pensamento de ambos os dirigentes, disse o especialista em História da Arte, que valorizou o valor conferido à educação em Cuba, sob o preceito de que sem cultura não há liberdade possível.

A conversa online durou cerca de duas horas com várias intervenções, coincidindo em estimar que haverá “Fidel para sempre”.

agp / mjm

Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: