Federação das Mulheres Cubanas da Embaixada de Cuba em Angola saúda o 60º aniversário da organização.

Retirado do site da Embaixada de Cuba em Angola.

Declaração da delegação da Federação das Mulheres Cubanas da embaixada de Cuba em Angola, por ocasião do 60º aniversário da fundação da FMC.

A delegação da Federação das Mulheres Cubanas da embaixada de Cuba em Angola, comemora hoje, juntamente com todas as mulheres do nosso país, os 60 anos da organização de massas, criada com o objectivo de desenvolver políticas e programas que visem a concretização do plena igualdade das mulheres em todas as áreas e níveis da sociedade.

Num contexto mundial convulsivo derivado da crise gerada pela Covid-19 e, no caso particular de Cuba, agravada pela intensificação do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos; em meio a novos discursos e campanhas que promovem o ódio a Cuba, a falta de empatia, sensibilidade e solidariedade entre os cubanos; e cientes dos muitos desafios inerentes a cada sociedade, homenageamos todas as mulheres que ao longo da história contribuíram para alcançar a independência e os plenos direitos das mulheres.

José Martí disse que “As campanhas populares só são fracas quando o coração da mulher não está alistado nelas, mas quando a mulher estremece e ajuda, encoraja e aplaude, quando a mulher culta e virtuosa unge o trabalho com mel. de seu afeto, o trabalho é invencível ”.

Hoje celebramos a unidade e a força que ela implica; o papel da mulher cubana na sociedade e a vontade de fazer e crescer, como mulher e como país. Nestes tempos difíceis e desafiadores, clamamos por força, sabedoria, educação e respeito.

Que nossas mãos sejam forjadoras de um caminho de bem. Essa sensibilidade, perseverança e empatia prevalecem sobre qualquer adversidade. Que nosso trabalho perdure.

Parabéns federados!

Publicado por tudoparaminhacuba

Adiamos nossas vozes hoje e sempre por Cuba. Faz da tua vida sino que toque o sulco, que floresça e frutifique a árvore luminoso da ideia. Levanta a tua voz sobre a voz sem nome dos outros, e faz com que se veja junto ao poeta o homem. Encha todo o teu espírito de lume, procura o empenamento da cume, e se o apoio rugoso do teu bastão, embate algum obstáculo ao teu desejo, ¡ ABANA A ASA DO ATREVIMENTO, PERANTE O ATREVIMENTO DO OBSTÁCULO ! (Palavras Fundamentais, Nicolás Guillen)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: