Daily Archives: 5 de Novembro de 2020

A epopéia de angola.

Categories: "La epopeia de Angola", # Cuba, #CubaCoopera, ANGOLA, Cooperacion Cuba y Angola., CUBA-ANGOLA, INTERNACIONALISTAS DE ANGOLA | Deixe um comentário

Marcado com o orgulho de Cuba e Angola.

Retirado do Jornal Granma .

Autor: Yeilén Delgado Calvo | nacionales@granma.cu

Ignacio ama uma mulher. Não há nada de extraordinário nele. Aprecie a poesia. Ele ama seus amigos com fidelidade. Ele é um militar e é apaixonado por sua carreira.

Aniversario 45 de la presencia internacionalista en Angola

Agora ela, sua Amália, está a milhares de quilômetros de distância, com a criança que cresce lentamente em seu ventre. Não há tempo para ler, e ele é apenas um soldado que põe todos os seus sentidos no combate e na preservação da sua vida e dos amigos que também estão ali.

Ignácio viajou de Cuba para Angola com uma convicção nascida da honra e uma vocação para a justiça. Quando a explosão de uma metralhadora inimiga rompe seu peito, fica claro que você não precisa ser de outro mundo para se tornar um herói; que o filho, a amada, os amigos, a Ilha … erguerão um monumento perpétuo de gratidão e veneração por ele.

Na vida real Ignacio não existia, mas sim. Nesta personagem da mítica série televisiva Algo mais que sonhar, está representada a entrega dos mais de 2.000 cubanos que morreram pelo internacionalismo, no âmbito da Operação Carlota, e dos que regressaram a casa com a marca indelével da guerra. .

La Operación Carlota, la mayor campaña militar de Fidel Castro - SWI  swissinfo.ch

Quando as tropas deixaram Cuba há 45 anos para apoiar o Movimento Popular pela Libertação de Angola, uma espantosa epopéia militar começou. A nação ficou chocada com a nação que não lutaria para obter dividendos, mas para manter a independência estrangeira e a integridade territorial. É por isso que as tentativas de manchar aquele episódio da história mundial falharam miseravelmente.

Entre 5 de novembro de 1975 e 1991, cerca de 300.000 militares cubanos e 50.000 colaboradores civis fizeram do altruísmo uma página diária em Angola. O sombrio apoio aos invasores, por parte dos Estados Unidos da América e da Agência Central de Inteligência, foi completamente insuficiente diante da coragem no combate e da engenhosa estratégia militar.

A derrota da invasão sul-africana, a libertação da Namíbia e a eliminação do apartheid são saldos significativos desse épico, com um impacto positivo em milhões de vidas, e que teve um motor incomparável em Fidel.

Internacionalismo, una obra a la medida de Fidel › ¡Hasta la victoria  siempre, Fidel! › Granma - Órgano oficial del PCC

Um dos participantes conta que quando o Comandante-em-Chefe os despediu, explicou honestamente que muitos não voltariam e que o mais difícil era dizer e não acompanhá-los. Sua responsabilidade para com Cuba o impedia de ir ao teatro de operações; no entanto, e devido àquele sentimento de empenho, acompanhou a prova minuto a minuto, conhecendo com surpreendente precisão cada detalhe do terreno.

Uma geração inteira de cubanos cresceu junto com a façanha que tirou os princípios do internacionalismo, tirou-os dos manuais e os fez vibrar com fogo e sangue. A efervescência revolucionária, a influência guevariana e a solidariedade se confundiram como pilares de uma pátria que é a humanidade.

Decisiva foi a contribuição militar; Porém, segundo Raúl, a glória e o mérito supremo pertencem ao povo cubano: aquele que ofereceu seus filhos, cuidou dos órfãos e ainda hoje homenageia os que morreram, apóia suas mães e abraça os combatentes.

Não te esqueças, esta é a homenagem mais fecunda, porque, como assegurou então o General do Exército, de Angola, só Cuba levaria a amizade íntima, a gratidão e os restos mortais dos caídos. Assim foi.

O dançarino, o fanático por dominó, o contador de histórias, o escritor, o amante, o tímido … eram tantos Ignacio, e há, às vezes anônimos para seus vizinhos, mas, para sempre, marcados no mapa do orgulho de Cuba, aquele que é atraído por força de coragem e desapego.

Categories: "La epopeia de Angola", # Cuba, #Cuba, #Fidel Castro Ruz, #RevoluciónCubana, ANGOLA, Cooperacion Cuba y Angola., CUBA-ANGOLA, INTERNACIONALISTAS DE ANGOLA | Deixe um comentário

Cuba com 2 das 47 vacinas candidatas contra Covid-19 em todo o mundo.

Retirado do Jornal Granma .

Autor: Juan Diego Nusa Peñalver | internet@granma.cu

A Organização Mundial da Saúde (OMS) incluiu ontem a segunda vacina candidata cubana Soberana 2 em seu site oficial de projetos em fases de testes clínicos contra COVID-19, conforme publicado, em sua conta no Twitter da rede social, o Instituto Finlay de vacinas (IFV).

A instituição BioCubaFarma destacou que a primeira vacina candidata cubana, Soberana 1, e agora Soberana 2, fazem parte das 47 contra a SARS-COV-2, registradas mundialmente pela OMS.

Destacou que, desde segunda-feira passada, iniciou-se a fase I dos ensaios clínicos do Soberana 2, que “esteve a cargo da investigadora principal, Dra. María Eugenia Toledo, do Instituto Pedro Kourí de Medicina Tropical. O ensaio clínico prossegue com a tranquilidade esperada ». Soberana 2 é uma vacina conjugada que induz uma potente resposta imunoprotetora, mesmo ao nível das mucosas, para prevenir a entrada do vírus e estimular uma memória imunitária duradoura.

Também foi sabido que executivos do IFV apresentaram à Organização Mundial e Pan-Americana da Saúde os avanços evidenciados por Soberana 1, em um encontro virtual na sede dessas organizações na capital cubana. Os especialistas discutiram o ensaio clínico de fase I-II, que validará a eficácia da vacina candidata, informou PL.

Há poucos dias, o Centro de Engenharia Genética e Biotecnologia (CIGB) apresentou o arquivo técnico de sua primeira vacina candidata ao Centro de Controle Estadual de Medicamentos, Equipamentos e Dispositivos Médicos (Cecmed).

Categories: # Cuba, #colaboracion medica cubana, #CubaCoopera, #CubaCoopera, #CubaEsSalud, #Cuba, #salud, #Salud en Cuba, Coronavirus, Organiacion Panamericana de la Salud, Organizacion Mundial de la Salud (OMS), Profesionales e la Salud | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: